aumente seus preços

Uma ótima estratégia, aumente seus preços

Preparamos este post para mostrar que uma estratégia de precificação pode ser muito temida por muito. Então, confira o post e aumente seus preços sem medo!

A dica de hoje foi dada por Tim Berry no seu blog Up and Running

Esqueça os conceitos básicos de economia quando diziam que preço baixo significa maior volume. Isso se aplica à indústria de carvão no início do século 20. Hoje em dia, preço baixo só significa um grande volume para grandes varejistas como McDonald’s ou Walmart.

Para o resto de nós, especialmente empresas nascentes e pequenos negócios, ter algo valor agregado e cobrar por isso tem uma probabilidade muito maior de funcionar.

Bons restaurantes, boas empresas de design, serviços profissionais, hotéis, etc. Você sempre compra pelo preço ou quase nunca?

Na última vez que você precisou de hospedagem você ficou em um hotel vagabundo ou preferiu um hotel de 3-4 estrelas que tinha certa marca? Qual foi a última vez que você comeu no restaurante mais barato da sua cidade?

Infelizmente, muitos empreendedores focam em vender produtos ou serviços mais baratos do que o concorrente. Isso é muito difícil. Dificilmente funciona tão bem quanto uma proposta mais focada e com maior valor agregado, mesmo que mais cara.

Lógico que não defendemos sair metendo a faca por aí, a questão é que sempre existirá alguém disposto a trabalhar por menos que você. É muito melhor ter um serviço diferenciado ao invés de depender de preços mais baixos.

Para se aprofundar no assunto, recomendamos nossa sessão sobre formação de preço.

Se quiser mais dicas diárias para sua empresa, assine nosso RSS ou siga-nos no Twitter: @empreendemia.

  • Pena que, infelizmente, essa regra nem sempre funciona… clientes que optam por um preço baixíssimo sem se dar conta da suposta falta de qualidade do serviço, entre outras. 🙁

  • Só frisando, não basta aumentar os preços, tem que ter diferencial. Por que tem muita gente que gosta do caminho mais fácil e simplesmente vai ler : “Aumente o valor cobrado” e não é por ai.

    Diferenciação e sempre o fator chave para pequenos negócios, que estão entrando no mercado competindo com os grande. Muitas vezes o valor cobrado é uma forma do cliente ver o seu produto como um produto superior, principalmente se ele for.

    O preço diz muito sobre o produto ou serviço.

  • Francisco,

    Na verdade isso não chega a ser uma regra, é uma estratégia que pode ser aplicada ou não. No longo prazo, quem presta um serviço diferenciado ao invés de lutar pelo preço baixo tem uma tendência muito maior ao sucesso do quem fica reduzindo custo ao máximo.

    É tudo uma questão de posicionamento, nem sempre os resultados aparecem no curto prazo.

    Abraços!

  • Fabio,

    A ideia é justamente essa. Não adianta cobrar caro por um produto/serviço porcaria. O importante é criar algo que valha a pena ser caro, ou seja, que tenha algum diferencial.

    Muito obrigado pelo comentário.

    Abraços!

  • Douglas L. Figueiredo

    Ótimo texto!

  • Valeu Douglas!

  • Vi no Ted, 

  • Ótimo levantar essa questão.
    Vi no TED uma história mais ou menos assim:

    a moça tem uma loja de jóias e estava quase falindo. após tentar quase tudo, resolve sair de férias para desestressar, mas antes deixa uma nota para o assistente reduzir os preços pela metade.

    quando ela volta das férias, o assistente diz que a ideia foi genial e que as vendas deslancharam. porém, há porém, o assistente havia DOBRADO os preços, pois não entendeu corretamente o bilhete. 🙂

    a justificativa é de que, com o preço mais alto, as pessoas passaram a perceber maior valor nas jóias e acabavam comprando. moral da história ? se teu trabalho é bom, valorize.

  • Alan Cristian Santos Rocha

    Ótimo texto Millor Machado