Trate o cliente como uma celebridade

Trate o cliente como uma celebridade

Dê importância ao seu cliente, como se ele fosse uma celebridade

A dica de hoje foi dada por César Souza no livro Superdicas para conquistar clientes e para um atendimento 5 estrelas.

Quem não gosta de ser bem tratado? Quem quer se sentir comum, sem atrativos? Quem não deseja receber um tratamento especial?

Não deixa que a rotina ou a sobrecarga faça você perder a oportunidade de valorizar algum aspecto peculiar do cliente. Faço-o sentir-se único, especial.

As pessoas sentem-se importantes não apenas com mimos e cortesias, mas, principalmente, com a capacidade de ter seus problemas solucionados pelos funcionários da empresa quando mais precisam dela.

Faça um teste: simbolicamente, estenda um “tapete vermelho” para os clientes quando eles entrarem na sua loja, consultório, repartição. Ofereça algo para que se sintam únicos. Se você trabalha em telemarketing, o seu tom de voz, ao saudar o cliente, pode fazer com que ele se sinta uma celebridade.

O cliente será fiel à sua marca se tiver boas lembranças do relacionamento com você. Lembre-se apenas de não exagerar. Um relacionamento eficaz não é sinônimo de puxa-saquismo nem de overdose de cortesias, que acabam incomodando o cliente.

Trate-o como uma celebridade, e o cliente jamais se esquecerá de você!

Receba mais dicas sobre bom atendimento através do nosso Twitter: @empreendemia

  • No assunto “Trate o cliente como uma celebridade” eu me lembro do Mestre Cmte. Rolim. Creio que ninguém praticou isso com tanta propriedade!

  • No assunto “Trate o cliente como uma celebridade” eu me lembro do Mestre Cmte. Rolim. Creio que ninguém praticou isso com tanta propriedade!

  • gabrielfranco

    Isso é muita verdade!

    A Talento é conhecida por seu tratamento VIP aos expositores e visitantes. Todos os anos recebemos feedbacks sobre isso e há empresas fieis que sempre mencionam o atendimento da comissão ao fechar negócio para o próximo ano.

    Abraços!

  • Bom atendimento é tudo!

    A Zappos está aí pra mostrar que bom atendimento é muito mais importante do
    que propaganda, o poder de “acumular” clientes é algo que trará um
    crescimento fortíssimo para as empresas/evento/qualquer coisa que precise da
    atenção das pessoas.

    Abraços!

  • gabrielfranco

    Isso é muita verdade!

    A Talento é conhecida por seu tratamento VIP aos expositores e visitantes. Todos os anos recebemos feedbacks sobre isso e há empresas fieis que sempre mencionam o atendimento da comissão ao fechar negócio para o próximo ano.

    Abraços!

  • Bom atendimento é tudo!

    A Zappos está aí pra mostrar que bom atendimento é muito mais importante do
    que propaganda, o poder de “acumular” clientes é algo que trará um
    crescimento fortíssimo para as empresas/evento/qualquer coisa que precise da
    atenção das pessoas.

    Abraços!

  • Olha, na verdade nunca fui muito adpeto da frase “o cliente sempre tem razão”. Ele, mais do que ninguém, sabe as necessidades de sua empresa, mas normalmente ele apenas ACHA que sabe como resolvê-las, mas se soubesse, não precisaria de um profissional para fazê-lo, certo? Mas nesse caso, com certeza você tem razão. Não só o cliente, mas todo mundo gosta de ser bem tratado. O que devia ser uma obrigação, hoje em dia infelizmente é visto como diferencial. Por mais que os atendentes de telemarketing de algumas empresas de telefonia sejam educados, você se sente ofendido por eles nunca conseguirem resolver seu problema. Acho que o “tapete vermelho” vai além de ser educado, mas é como o Millor disse. Tapete vermelho é atender bem, e isso quer dizer, se preocupar realmente com as necessidades do seu cliente e fazer o que puder para resolvê-lo. Hoje em dia, isso é um diferencial, mas na verdade, deveria ser o trivial. Muito bom o post!

  • Cesar,

    A ideia é bem essa mesmo. Lógico que não dá pra toda hora baixar a cabeça
    pro cliente e fazer tudo que ele quer. Tratar bem é diferente de mimar.

    Realmente uma pena que hoje em dia isso seja diferencial ao invés de ser
    obrigatório. O que podemos fazer é a nossa parte, além de fazer bem é uma
    forma de nos diferenciarmos no mercado.

    Abraços!

  • Pingback: Global Comunic – Comunicação Integrada » 4 razões para sempre conversar com seu cliente()