capa álbum Taylor Swift

Taylor Swift: lições de empreendedorismo de uma das artistas mais bem pagas do mundo

Mostraremos como você, enquanto empreendedor, pode colocar em prática algumas ações que tornaram Taylor Swift uma das artistas mais bem pagas do mundo.

Você provavelmente já ouviu falar no nome “Taylor Swift”, certo?

Se a resposta for não, é bem possível que você reconheça a cantora e compositora de 27 anos a partir de alguma foto, música, comercial ou entre milhares de notícias que saem semanalmente no meio das celebridades internacionais.

O que, porém, teria Taylor Swift a ver com empreendedorismo e carreira?

É justamente sobre isso que vamos falar neste post!

A partir de características não tão conhecidas ou mencionadas (como o fato de ela ter adquirido mais de 10 empresas de forma discreta ao longo da carreira), mostraremos como você, enquanto empreendedor, pode colocar em prática algumas ações que tornaram uma adolescente do interior da Pensilvânia em uma das artistas mais bem paga do mundo.

Tenha persistência, nem tudo dá certo de primeira

Ainda com 11 anos de idade, a cantora já sabia que queria conquistar o mundo com suas composições. Acreditando no potencial da filha, Andrea Swift, a mãe de Taylor, viajou com a filha ao redor do estado do Tennessee para entregar pessoalmente algumas fitas demo de músicas interpretadas pela jovem.

O pensamento foi bem estratégico, já que o Tennessee é considerado como a “mina de ouro” de promessas e destaques do country.

A jornada, no entanto, não foi tão positiva. A cantora afirma que recebeu uma série de nãos consecutivos, e nenhuma gravadora se interessou realmente em escutar mais do que alguns segundos das fitas.

Taylor, porém, não recuou. Muito pelo contrário, o primeiro pensamento que surgiu em sua mente foi o seguinte:

“Todos em Nashville estão pensando em fazer exatamente a mesma coisa que eu. Em um mercado tão saturado, o que eu tenho de diferente? Qual é a característica que vai me fazer ganhar destaque no meio?”

É possível ter a certeza que o resto da história deu certo. Após se reinventar, estudar muito e focar em composições próprias, a cantora começou a ganhar oportunidades inicialmente como compositora, que se transformaram em contratos para CDs e fizeram com que ela prosperasse e se tornasse quem é hoje.

Sabendo disso, não desista na primeira oportunidade. Encontre aquilo no qual você é bom e, mais do que isso, saiba como se destacar em meio a um mercado que já está lotado de pessoas querendo prosperar justamente igual a você.

Pense de maneira estratégica, e isso envolve correr riscos

Fato que muitas vezes gera crítica da parte da grande mídia e do público geral é que a cantora monetiza o máximo de coisas possível e transforma cada uma delas a seu favor.
Mas quem disse que, enquanto empreendedor, isso é ruim?

Sendo fã ou não, não é preciso ir muito longe para constatar que Taylor Swift realmente tem uma capacidade de liderança que a permite controlar sua própria carreira de forma inteligente, sistemática e minuciosa.

E por mais que o assunto gere uma discussão gigante e interminável entre fãs, não fãs, jornalistas, especialistas e a população em geral, é fato que as ações realizadas pela cantora foram responsáveis por aumentar consideravelmente sua conta bancária.

É uma lição que reforça o seguinte: esteja realmente a frente do seu negócio e saiba onde você quer chegar. Dessa forma, trace alguns objetivos que te ajudarão a chegar lá.

Em sua carreira, ela fez isso de algumas maneiras:

Correndo um certo risco ao excluir suas músicas de serviços de streaming

No ano de 2014, Taylor anunciou que retiraria todas as suas músicas de plataformas de streaming (como Spotify, Apple Music, TIDAL, entre outras).

Em um comunicado divulgado para a imprensa, a justificativa foi que essas companhias não pagavam valores justos para os artistas que disponibilizam suas músicas, ou seja, não é um negócio nada rentável.

Quem imaginava que algum artista em meio ao “boom” do consumo de música por streaming simplesmente retiraria todo o seu catálogo do ar? Gostando ou não, o fato fez que fãs da cantora e pessoas que estavam curiosas a respeito de cada novo lançamento precisassem comprar o material de outras maneiras.

Não tenha medo de correr riscos. Ser agressivo e competitivo em meio a um mercado é muito importante.

Realizando parcerias para gerar visibilidade

Por mais que a intenção não seja tão perceptível, a cantora usa de grandes parcerias e negócios com marcas consolidadas para gerar ainda mais visibilidade.

Em 2016, após terminar sua turnê e não realizar tantas aparições em público, Taylor realizou um show no Gran Prix de Fórmula 1. Foi seu único show de 2016! Isso fez com que não apenas o público alvo da cantora a assistisse, mas também aqueles interessados em assistir a competição de esportes.

Mais recentemente, há algumas semanas atrás, ela fez a mesma coisa. Logo após lançar um single (que gerou muito buzz na mídia, por sinal), ninguém esperava que outro material seria lançado tão cedo.

A população americana foi de surpresa assistir o comercial de um jogo da liga universitária de futebol americano, que tem muito alcance nos Estados Unidos, e perceberam que o trecho de uma nova música seria lançado justamente no intervalo do jogo.

O que isso gerou? Muita curiosidade! Novamente, até aqueles que não acompanhavam a cantora, foram levados a conhecerem um pouco mais de seu novo trabalho.

Parcerias com empresas que não caminham exatamente pelo mesmo segmento de seu empreendimento ou plano de negócio podem ser uma ótima alternativa para alcançar um público ainda não familiarizado com o seu trabalho, o que gera alcance e visibilidade.

Saiba que situações negativas vão acontecer eventualmente, mas é preciso lidar com elas

A carreira da cantora, que ganhou notoriedade em 2009, já começou repleta de escândalos.

Por mais que nenhum envolvesse ações diretas da cantora, afinal ela sempre cuidou minuciosamente para que sua imagem fosse preservada, Taylor Swift conseguiu lidar com diversas situações negativas a partir da visão de que nelas existia uma oportunidade de lucrar e prosperar ainda mais.

É válido citar a mais recente, que envolve todos os escândalos, fofocas e temas negativos que já passaram pelo caminho da cantora.

Em sua mais nova música de trabalho, Swift não hesitou em pegar literalmente tudo aquilo que a constrangia em forma de música e videoclipe, e é possível deduzir que seu novo CD também vai girar um pouquinho em torno disso.

No videoclipe como um todo, a cantora faz uma caricatura dos estereótipos criados pela mídia e reproduz escândalos que já trouxeram prejuízos para a sua carreira de forma artística e aparentemente “inocente” (já que ela nunca chegou a esclarecer nada de forma explícita, ou seja, deixando com que a mídia e a população realize o seu trabalho por si só).

Alguém que poderia se esconder ou rebater em entrevistas todo e qualquer rumor que surgia a respeito de si mesma, conseguiu monetizar e transformar em oportunidade de negócio algo que acaba afetando muita gente de forma negativa.

Sendo assim, é preciso aprender a lidar com situações de crise com criatividade, produtividade e foco.

Lembre-se: reinventar é preciso!

Taylor Swift mostra que a frase “não mexa em time que está ganhando” muitas vezes pode ser equivocada.

Taylor Swift

A cantora que conquistou o mundo enquanto cantava música country soube aproveitar o mercado da melhor forma possível.

Encontrando voz em um momento onde nomes mais jovens não existiam de maneira tão expressiva, ela conseguiu se tornar a estrela do gênero e expandi-lo até lugares onde o consumo do country não existia quase que em nada, como em países da Europa e Ásia.

Após um álbum que continuou estourando nas paradas, a surpresa foi grande: seu sucessor seria completamente pop, aposentando o gênero que a consagrou. Isso causou um estranhamento gigante nas pessoas, que não conseguiam encontrar um motivo que justificasse a mudança.

Nesse momento, Taylor Swift mostrou uma lição de empreendedorismo muito grande e é possível usar mais um ditado para ilustrar o conceito: nada é tão bom que não possa ser melhorado.

Em qualquer fase de um empreendedor, ou seja, na prosperidade também, é importante continuar pensando em ações que continuem deixando sua marca em evidência.

Está errado quem acredita que é preciso se reinventar apenas quando tudo vai mal! Pense em como você pode continuar inovando para que não se torne o mesmo num mar de iguais, mantendo o interesse do seu público alvo e gerando engajamento constante.

Nossa intenção com este artigo foi mostrar que você pode se inspirar a partir das atitudes de grandes figuras de literalmente qualquer área para ser um bom empreendedor.

As características que tornam essas pessoas notáveis são peças chave e adaptáveis para as mais diversas realidades, podendo ser reproduzidas nos mais diversos modelos de negócio – ou até no seu estilo de vida como um todo.

Sabendo disso, não deixe de acompanhar os nomes que ganham destaque junto à mídia por serem exemplo de sucesso e prosperidade na carreira. Eles, com certeza, vão te ensinar lições muito preciosas!

Tomando nota dessas dicas de empreendedor encontradas na vida de uma popstar, existem algumas outras características importantes que certeza já estão presentes no seu dia a dia, porém só precisam ser colocadas em ordem! Vem ver como você pode ser um empreendedor de sucesso a partir de 8 dicas preciosas.