Quer inovar? Confira alguns financiamentos disponíveis

A dica de hoje foi dada por João Paulo Oliveira Souza no site da sua empresa, o BASCOS igroup

A dica de hoje foi dada por João Paulo Oliveira Souza no site da sua empresa, o BASCOS igroup

O grande desafio de inovar está em equacionar: criatividade, design, utilidade e custo, com as oportunidades de mercado geradas por novas tecnologias, novos grupos de consumo e demandas individuais e globais. Esse desafio é um convite agressivo ao empreendedorismo!

Porém, não podemos nos esquecer de uma “singela” variável: como financiar a inovação?

Seguem algumas dicas de fundos de financiamentos para projetos que tenham como foco a Inovação. Muitos deles disponibilizam recursos a fundo perdido (não é necessário devolver o financiamento), ou cobram contrapartidas irrisórias:

Fundações estaduais de amparo à pesquisa:

Fundos nacionais:

  • CNPQ – Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
  • FINEP – Financiadora de Estudos e Projetos

Nesses sites você vai encontrar diversas linhas de financiamentos de projetos e bolsas para continuidade dos estudos. Para consegui-los, um bom currículo Lattes pode ajudar muito!

Nos editais normalmente são contemplados investimentos em: equipamentos, despesas de viagens, bolsas, certificações e homologações, adequações de instalações e eventos técnicos.

Dessa forma, uma boa ideia tem mais chances de sair da garagem!

Mas não bastam apenas boas ideias, design moderno e transpiração! É preciso ter foco em resultados e direcionamento das ações empreendidas para obter o sucesso esperado para o projeto.

Uma dica bacana enviada por nosso leitor Pablo Santos são iniciativas do Sebrae de estímulo a inovação, confira aqui.

Receba diariamente dicas para te ajudar a inovar assinando nosso RSS ou seguindo-nos no Twitter: @empreendemia

  • Pablosantos

    Millor, muito legal essa questão dos financiamentos de apoio. Saiu um post sobre isso esses dias no Faça Diferente, vc chegou a ver? tem mais algumas fontes interessantes. Vc pode querer complementar o seu post! Caso não tenha visto: http://www.facadiferente.sebrae.com.br/2010/03/

  • Valeu Pablo!

    Não tinha visto o post do Faça Diferença, achei bastante interessante.
    Coloquei o link no post. Muito obrigado pela dica.

    Abração!

  • O ideal é participar do edital se você tem um projeto que atenda as especificações técnicas exigidas pelo edital, e não o contrário.
    Se você quiser sempre participar dos editais, alterando o projeto para se adequar, cuidado! Você perde o foco rápido e muitas vezes o projeto não consegue executar o que se propôs na ideia inicial.