homem no computador elaborando a planilha de preços

Planilha de preços: 5 dicas para montar a sua

A planilha de preços é uma ferramenta fundamental , por isso listamos algumas dicas para que você consiga montar a sua e saia na frente da concorrência!

A precificação correta de produtos, serviços e projetos é um ponto fundamental na hora de elaborar a gestão de empresas e é vista como uma das maiores dificuldades dos empreendedores. Portanto, uma planilha de preços deve considerar uma série de fatores que vão além do percentual de lucro.

É preciso pensar no valor de mercado, na concorrência, no custo e também fazer com que a empresa obtenha lucro sem deixar de pensar em valores justos e competitivos.

A planilha de preços é uma ferramenta fundamental nessa hora, por isso listamos algumas dicas para que você consiga montar a sua e saia na frente da concorrência ao pensar em uma gestão saudável.

1. Usar ferramentas como o Excel

O Excel é um programa de planilhas completo e capaz de automatizar a gestão da empresa, especialmente quando se trata de planilhas de controle.

Nessa ferramenta — que faz parte do pacote Office da Microsoft — é possível utilizar fórmulas que retornam valores inteiros ou percentuais. Sendo assim, é fácil descobrir a diferença financeira entre o valor da compra e da venda e qual é a margem de lucro de determinado produto ou serviço.

2. Separar os valores de acordo com a categoria dos produtos

Cada produto deve fazer parte de uma categoria: mais vendido, maior valor agregado ou tempo dispensado na realização de um serviço.

Por mais que os produtos ou serviços façam parte do mesmo mix, eles podem ter preços diferentes ao se considerar a taxa de imposto, a necessidade de um funcionário que execute alguma tarefa, o transporte etc. Os custos são diferentes, logo o preço de venda poderá ser diferente também.

3. Usar estruturas diferentes para planilhas de produtos, serviços e projetos

Produtos

A planilha de produtos deve considerar elementos como preço de compra, pró-labore, salário de funcionários, despesas fixas para manter a empresa em funcionamento e lucro.

Serviços

No caso de serviços, a planilha de preços se torna ainda mais complexa. Isso porque o custo relativo à fabricação que já vem incluso na compra de um produto não existe na hora de prestar serviços. Portanto, o cálculo deve considerar o deslocamento, a hospedagem, a alimentação dos funcionários responsáveis pelo transporte, o tempo necessário para a execução do serviço e o lucro.

Projetos

Apesar de ser considerado um serviço, ao realizar um projeto é preciso entender que existem etapas de elaboração. Nesse caso, é fundamental lançar os dados de acordo com a ocorrência sem deixar de considerar o custo total e a margem de lucro no final do projeto.

4. Considerar as peculiaridades de cada precificação para lançar na planilha

Precificar um produto é uma atividade com um certo grau de complexidade. Antes de descobrir o valor a cobrar é necessário saber o preço de custo, já considerando matéria-prima, impostos, custo de fabricação, faturamento como colaborativo para pagar outras despesas da empresa e lucro.

A planilha deve conter esses dados para evitar o erro de lançar um percentual apenas para se estabelecer no mercado e obter prejuízos no longo prazo.

5. Formatar a planilha para resultados automáticos

Uma planilha eficiente não depende que em cada etapa seja realizada uma fórmula nova para descobrir os valores. Assim que os valores forem lançados, a planilha deve retornar o percentual que precisa ser acrescido para que o resultado seja o lucro.

Sobre isso, é possível modificar as margens para se enquadrar na média do mercado, no valor agregado e no plano de marketing. Se a planilha for exata, o empreendedor terá clareza do quanto poderá flexibilizar seu faturamento sem o risco de prejuízos.

Elaborar uma planilha de preços pode parecer simples, mas é preciso ter bastante cuidado para garantir o fluxo de caixa, evitar prejuízos e garantir a lucratividade.

Quer aprender mais sobre gestão? Então acesse este post, e saiba como potencializar o desempenho da sua equipe!