Planejamento: Não subestime a estaca zero

A dica de hoje foi dada por Seth Godin em seu blog.

A dica de hoje foi dada por Seth Godin em seu blog.

Talvez o pior que a maioria das pessoas imagina em um projeto é ter que “voltar à estaca zero”. Aparentemente, a estaca zero é um lugar infeliz e muito longe.

Ei, se você está perdido e pegou o caminho errado, não faz sentido acelerar e continuar correndo na estrada errada.

Ao invés disso, a coisa esperta a se fazer é voltar para o último ponto em que você teve a chance para achar o caminho certo.

Estaca zero, muito melhor do que as pessoas acham.

Para dicas sobre qual estrada seguir, siga-nos no Twitter: @empreendemia.

Observação: Essa dica é especialmente dedicada ao nosso leitor e amigo Francisco Gabas que teve que voltar à estaca zero, parou para afiar seus machados e em breve estará mais veloz do que nunca na estrada certa.

  • Pingback: Tweets that mention Planejamento: Não subestime a estaca zero | Saia do Lugar -- Topsy.com()

  • Pois é Millor…

    Parar para afiar os machados às vezes é necessário né?! Não digo que eu tenha voltado à estaca zero, pois muita coisa já foi construída e não foi em vão, mas tenho certeza que às vezes, pra gente conseguir dar um pulo é preciso dar um passo pra trás.

    Abraços… parabéns pelo ótimo trabalho.

    Chico

  • Pois é Millor…

    Parar para afiar os machados às vezes é necessário né?! Não digo que eu tenha voltado à estaca zero, pois muita coisa já foi construída e não foi em vão, mas tenho certeza que às vezes, pra gente conseguir dar um pulo é preciso dar um passo pra trás.

    Abraços… parabéns pelo ótimo trabalho.

    Chico