o que faz um profissional de marketing digital

Afinal, o que faz um profissional de Marketing Digital?

O Marketing Digital reúne profissionais vindos de muitas áreas: comunicação social, administração, letras, até mesmo direito e engenharia, entre outras. Apesar da diferença entre essas áreas, todos costumam ter uma dúvida em comum: afinal, o que faz um profissional de Marketing Digital?
Cursos de Marketing DigitalPowered by Rock Convert

Por mais que algumas faculdades tenham disciplinas de Marketing Digital, a parte prática não costuma ser muito explorada, o que dificulta o ingresso dos estudantes nessa área que se formam sem ter uma ideia precisa de como esse trabalho é feito. Por isso, decidimos redigir este artigo.

Basicamente, o planejamento de Marketing Digital é constituído de três pilares: atração, engajamento e conversão. Portanto, independente do nicho em que for atuar, todo profissional de marketing precisa conhecer bem esses três pontos.

Assim, vejamos seus significados assim como quais estratégias e ações são feitas em cada um deles.

O que faz um profissional de marketing em termos de atração?

Para que uma empresa consiga gerar novos clientes por meio do marketing, o primeiro passo é captar o público com potencial de comprar o produto ou serviço oferecido. Isso é feito no estágio de atração que tem início na composição da estratégia.

Como é feita uma estratégia de Marketing Digital?

Basicamente a estratégia deve reunir informações sobre o público que deve ser atraído e os caminhos que ele traça para se tornar cliente. Isso é feito a partir da criação da persona e do funil de vendas.

O que é persona?

A buyer persona é um personagem semi-fictício que representa o cliente ideal que a empresa quer conquistar. Afinal, direcionar uma mensagem a um público vasto é muito difícil. Se ele é composto por homens e mulheres, de idade entre 15 e 60 anos, por exemplo, como saber se a mensagem está sendo coloquial demais para agradar os mais jovens ou formal demais para captar as pessoas com mais idade?

É por isso que a persona existe. Ao reunir as principais características do público-alvo numa só pessoa, torna-se muito mais fácil e assertivo criar conteúdos para ela e atrair os potenciais compradores.

O que é funil de vendas?

O funil nada mais é do que a jornada de compra, ou seja, o caminho que uma pessoa traça até se tornar um cliente. 

Vejamos um exemplo: uma universidade abre as matrículas para o próximo semestre. A partir do momento em que uma pessoa se interessa pelo curso de direito, ela entra no funil que é composto por três estágios:

  • topo do funil: é chamado de estágio do problema, seguindo o exemplo, a pessoa quer crescer na carreira, mas ainda tem dúvidas sobre como um curso superior a ajudará;
  • meio do funil: aqui, a pessoa já sabe a importância de um curso superior na sua carreira, apenas não sabe ao certo se o curso de direito é o mais apropriado e por qual universidade deve optar;
  • fundo do funil: por fim, a pessoa optou pelo curso de direito e pela universidade que parece ser a mais adequada ao objetivo dela, assim termina a jornada de compra ou funil de vendas.

Conhecer essa jornada é fundamental para a criação de conteúdos nos canais online sobre os quais falaremos agora.

A escolha dos canais de marketing digital

Quando você precisa saber de alguma informação na internet, a qual canal online você recorre? Independente da sua resposta, a maioria usa o Google. Portanto, os principais canais online que uma estratégia de Marketing Digital precisa ter devem ser visíveis nos resultados dos motores de busca. Ou seja: é preciso ter um site e um blog.

Enquanto o site traz um conteúdo institucional voltado àqueles que já se encontram no fundo do funil, o blog deve ser composto de artigos úteis e informativos para quem ainda está no topo ou meio do funil.

Levantamento de palavras-chave para sites e blogs

Para que o site e blog apareçam nos resultados de busca do Google, é fundamental que seus conteúdos tenham palavras-chave que o público insere no buscador. 

Para saber quais palavras-chave são essas, você pode usar ferramentas como KeyWord Planner e SEMRush. E para fazer uma estrutura completa de SEO, é recomendável aprender tudo sobre o assunto.

Powered by Rock Convert

Produção dos conteúdos

Quando falamos sobre escrita para blogs ou sites, não nos referimos apenas a um texto bem feito e inserção de palavras-chave.

Outros fatores como escaneabilidade, bom uso das palavras-chave e uso da persona para a escrita também contam. Por isso a importância de saber como funciona a produção de conteúdo para web.

O que faz um profissional de marketing em termos de engajamento?

Já não vivemos mais a época do marketing tradicional em que o público apenas recebia as mensagens das empresas de forma passiva. Nesta era do marketing 3.0, o engajamento entre marcas e público é essencial e pode ser feito por dois principais canais: redes sociais e e-mail.

Como funciona o engajamento por redes sociais?

Por mais que se fale em como vender pelas redes sociais, uma coisa é certa: redes sociais não são canais de vendas, e sim de engajamento.

Por isso é necessário estar presente nas redes sociais (que a sua persona use) para manter o público-alvo engajado via curtidas e compartilhamentos, além de estar em comunicação com ele por meio de comentários e mensagens diretas. Aprender gestão de mídias sociais é muito importante nesta fase.

Como funciona o engajamento por e-mail?

Antes de qualquer coisa, o e-mail não morreu. Ele continua a ser o principal meio de comunicação entre público e marcas. Por isso, enviar newsletter e usar fluxos de nutrição são muito importantes ao aprender como fazer E-mail Marketing e converter leads em clientes. E por falar nisso, vamos ao terceiro e último pilar.

O que faz um profissional de marketing em termos de conversão?

Da mesma forma que atração é voltada ao topo do funil e engajamento ao meio do funil, a conversão refere-se ao fundo do funil, isto é, vendas. 

Venda Simples X Venda Complexa

As vendas simples são aquelas que o consumidor não precisa de uma ajuda extra para comprar. Por exemplo: ao acessar um e-commerce que vende calçados, basta escolher o modelo desejado e clicar em “comprar”.

Já as vendas complexas requerem o contato com um representante comercial cuja função é explicar como adquirir o produto ou serviço e os benefícios que cada cliente terá.

Inside Sales

Dentro de vendas complexas, as técnicas de Inside Sales são destinadas àquelas que são feitas dentro da empresa de forma remota por telefone, Hangouts ou Skype.

Por se tratar de um tipo de venda que requer mais tempo e dedicação por parte do vendedor, é recomendável saber como fazer Inside Sales de uma forma efetiva.

Sucesso do cliente

Mais do que captar clientes, é fundamental mantê-los em sua base visto que reter clientes é mais em conta do que atrair novos. Para isso, em casos de vendas complexas, é preciso ter alguém que entenda bem de como funciona o sucesso do cliente.

Também chamado de Customer Success, é a área destinada acompanhar o sucesso que o cliente vem tendo após adquirir o produto ou serviço.

Após ler este conteúdo sobre o que faz um profissional de marketing, você já deve saber todas as ações envolvidas. E se você quiser se especializar em alguma delas (ou mesmo todas), a Universidade Rock Content conta com cursos online que você pode começar a fazer hoje mesmo