O que empreendedores e heróis têm em comum

“Um herói lendário é normalmente o fundador de algo. De uma nova era, uma nova religião, uma nova cidade ou de um novo estilo de vida.

Para fundar algo novo, o herói precisa largar sua vida anterior e partir em uma jornada em prol de uma ideia. Uma ideia inicial que tem o potencial de fazer esse algo novo criar vida”

Joseph Campbell em O Herói de Mil Faces

Todos os grandes heróis, desde Simba até os Smurfs, tem algumas características em comum. O conteúdo da história pode até mudar um pouco, mas a história é sempre a mesma.

E o que isso tem a ver com empreendedorismo?

Apesar de existirem empreendedores de todos os tamanhos, cores, formatos e nacionalidades; a história dos empreendedores de sucesso normalmente têm o mesmo formato. Ainda digo mais! O formato dos casos de empreendedorismo é muito parecido com as histórias de heróis lendários.

![Como começar empresa](http://files.saiadolugar.com.br/uploads/2011/02/Bem-vindo-300x225.jpg "Bem vindo")"Cedo ou tarde você vai perceber, como eu, que há uma diferença entre conhecer o caminho e percorrer o caminho"
**Nós nos identificamos com o protagonista** Como dito no artigo [Empreender é mais legal](http://saiadolugar.com.br/2009/02/05/empreender-e-mais-legal/),  as pessoas se identificam com o empreendedor. Ele é uma pessoa normal, que teve coragem o suficiente pra correr atrás de um sonho.

Se você parar para pensar, todas as histórias de heróis começam mostrando seu dia-a-dia pacato, para que possamos nos identificar com ele.

O chamado
Em algum momento, algum fato marcante acontece, o herói fica muito puto motivado e decide começar sua jornada.

No caso do herói, esse acontecimento normalmente está relacionado a algum vilão aterrorizando pessoas inocentes. Felizmente, para o empreendedor a motivação normalmente é algo mais feliz, criar algo útil que faça do mundo um lugar melhor e pague as contas no final do mês.

Alguns até começam a jornada apenas pelo dinheiro, mas dificilmente chegam muito longe. Para se aprofundar nos motivos para empreender, confira o artigo Empreender é uma arte.

O início da jornada
Para entender esse momento mágico, assista o vídeo a seguir sob a perspectiva de um empreendedor entregando a documentação necessária para o contador dar entrada na criação da empresa.

[![Vídeo de Matrix](http://files.saiadolugar.com.br/uploads/2011/02/Matrix.png "Matrix")](http://www.youtube.com/watch?v=te6qG4yn-Ps)Clique na imagem para ver o vídeo
(Link para o vídeo no [Youtube](http://www.youtube.com/watch?v=te6qG4yn-Ps))

O período das vacas magras
Depois de um período fantástico de empolgação, a realidade começa a bater na porta e as dificuldades começam a aparecer. O produto demora mais tempo do que o esperado para ser lançado, a projeção “pessimista” de vendas não é alcançada e os custos são maiores do que o previsto.

Tudo isso é normal na jornada. Todo herói empreendedor passa por isso. É justamente superar essa fase que separa os que têm suas histórias contadas nas próximas gerações dos meros figurantes.

Os companheiros de jornada
Em sua jornada, o herói sempre tem escudeiros, companheiros e mentores que o aparecem no momento em que tudo parece perdido.

É justamente nesse momento em que o empreendedor colherá bons frutos da rede de contatos que é criada desde o começo da jornada. Vale a pena conferir o artigo 7 bons motivos para aumentar sua rede de contatos.

O sucesso
Depois de sofrer por muito tempo, finalmente o herói se depara com uma batalha épica em que ele se tornará o vencedor e será admirado por todos.

No caso do empreendedor, normalmente não acontece só uma batalha épica, mas é claro que depois de certo ponto o empreendimento ganha musculatura o suficiente para andar com as próprias pernas. Nesse momento, o empreendedor completou seu trabalho.

Manter o sucesso também é sem dúvida  algo extremamente importante, mas aí já fica pra um próximo capítulo da trilogia.

Abraços,
Millor Machado (extremamente feliz por não precisar tomar a pílula azul)

Para se aprofundar no tema, vale a pena conferir o artigo As características do empreendedor.

comments powered by Disqus