empreendedor demonstrando o que é liderar

O que é liderar: criar uma empresa com valores sólidos

Pronto para enxergar com clareza os valores que vão guiar a sua carreira de empreendedor daqui por diante? Ótimo! Então entenda o que é liderar!

Não vamos começar este texto sobre o que é liderar chovendo no molhado. Provavelmente, você já leu e releu na internet que um líder deve ser organizado, comedido, servir como inspiração para a sua equipe e outras coisas do tipo.

Justamente por estar cansado de ouvir isso, pode ser que precise de um texto diferente que fale não apenas sobre o que é liderar, mas também como fazer isso.

Em outras palavras :qual é a chave que um empreendedor precisa virar dentro de si mesmo para se tornar o tipo de líder que precisa ser? Como ele pode fazer nascer e aplicar no dia a dia do seu empreendimento os valores sólidos que uma empresa precisa para prosperar?

Essas são as perguntas — mais profundas, mais relativas, mas tão possíveis de responder quanto qualquer outra — que vamos discutir no artigo de hoje.

Pronto para enxergar com clareza os valores que vão guiar a sua carreira de empreendedor daqui por diante? Ótimo! Então mãos à obra:

Liderar é ir além de um conceito de liderança

Há todo um discurso motivacional sobre liderança pulverizado pelos quatro cantos da internet. Ele aborda a capacidade de influenciar pessoas, motivá-las, ensina que deve-se exalar autoridade sem se tornar autoritário e por aí vai.

Porém, uma coisa não é dita: liderar é, antes de qualquer outra coisa, ter autoconhecimento e saber se situar.

Um bom líder é alguém que tem perfeita consciência do seu papel num pequeno negócio, média empresa ou enorme corporação. Por isso, ele começa a se destacar dentre os colegas por não se colocar objetivos que não pode cumprir.

Se quiser uma boa maneira para começar a praticar a sua habilidade de liderança, aqui está ela: não perca o seu tempo ou o dos seus comandados corrigindo coisas nas quais eles são melhores do que você.

Mais que isso: não contrate gente para cumprir funções que eram suas e cobre delas que façam exatamente o que e como você fazia. Isso não é possível, quando se trata de pessoas.

Ainda sobre saber exatamente qual é o seu lugar, tem mais uma coisa: pensando de forma macro, há duas grandes categorias em que as tarefas de uma empresa podem ser divididas:

1. Tarefas operacionais

Sabe aquela pessoa que atende o telefone e responde emails para você? Ou aquela outra que cuida da organização dos documentos importantes da sua empresa? O gerente que organiza toda a distribuição de um produto que você vende?

Esses são exemplos de cargos operacionais. São tarefas que mantém uma empresa funcionando, ou seja, procedimentos muitas vezes repetitivos e diretamente responsáveis pela faturamento.

Entregas, tarefas de almoxarifado, a redação (em agências de marketing ou publicidade) e assim por diante.

2. Tarefas estratégicas

Agora, para a sua empresa continuar precisando entregar produtos, organizando documentos e mesmo enviando emails, ela tem que vender seus produtos e serviços. E para que isso aconteça é preciso criar uma estratégia.

Em outras palavras, é preciso decidir coisas como posicionamento de marca, precificação, marketing, branding e assim por diante.

Um líder, em geral, começa se destacando nas tarefas operacionais, mas logo atinge uma visão mais estratégica de um setor ou situação.

Se você pretende liderar, mas passa o tempo todo dando ordens como, por exemplo, mandar o seu designer centralizar um logo num email antes de enviar, tem perdido minutos preciosos de liderança do seu dia.

Novamente, liderar é se desapegar das tarefas operacionais e concentrar esforços nas estratégias.

É, também, ir além dos conceitos de liderança. Enxergar benefícios e problemas de planejamento onde outras pessoas só são capazes de ver regras operacionais.

No fundo, a única grande regra de liderança é a estratégia.

Outras competências de um líder

Mais algumas capacidades que um líder deve desenvolver:

Reconhecer outros líderes

Um líder começa bem se souber distinguir pessoas parecidas consigo mesmo. À medida que a sua empresa cresce, alguns anseios partem de seus funcionários. Eles querem melhores salários, mas não só isso: vislumbram cargos que exijam mais e lhes coloquem maiores desafios profissionais.

Então anote aí: se um colaborador tem prazer de entregar um trabalho bem-feito, e de minimizar o erro e realizar com capricho tarefas repetitivas, ele tem um grande perfil operacional.

Agora, se ele se mostra crítico (no bom sentido, claro), analítico e tem boas ideias para melhorar a produção constantemente, você está de frente para um talento estratégico.

Reconheça isso, dê a cada um o lugar que quer e merece e entenda que nenhum dos dois é melhor que o outro. Eles se complementam.

Somar forças, em vez de disputar

O pior defeito de um líder é ser inflexível e egocêntrico.

Isso você provavelmente já ouviu por aí. Mas há uma capacidade nas pessoas inflexíveis e egocêntricas que é muito perigosa: elas não se enxergam como tal.

É muito comum ouvi-las reclamar que estão constantemente cedendo, que ninguém enxerga o seu esforço. Aqui vai uma novidade um pouco impactante: se essas reclamações fazem parte da sua rotina, pode ser que o problema seja você.

Quando você é egocêntrico, qualquer pessoa parece caprichosa demais. E quando você é inflexível, costuma achar que toda ação um pouco mais humana que executa é excesso de flexibilidade.

Some forças em vez de disputar. Reconheça seus defeitos, pois líderes erram. Os que acertam sempre são os iludidos.

Vantagens de contar com alguém que sabe o que é liderar

A estabilidade nas relações internas de um negócio é fruto dos valores que essa empresa transmite. Afinal de contas, quem lidera não o faz com autoridade, experiência ou competência.

Liderar é algo que se faz com valores. Até porque a autoridade é adquirida por meio desses mesmos valores e os seus liderados só vão te respeitar por causa deles. Sem eles, a experiência mais atrapalha do que ajuda.

Por outro lado, experiência aliada a valores se transforma logo em competência. A maior vantagem de contar com alguém que sabe o que é liderar é se assegurar de que esses valores vão ser transmitidos e treinados.

O ato de criar e manter uma empresa com valores sólidos une e mantém os funcionários, fazendo com com que a química para resolver problemas aconteça.

Com um líder que sabe o seu lugar e ajuda os liderados a saberem o seu sem precisar forçá-los a perceber isso, qualquer setor ou empresa opera como um relógio suíço.

Algumas dicas de liderança

De certa forma, o que vimos até aqui deve dar algum direcionamento para os seus estudos sobre liderança. E, principalmente, sobre a prática dela.

Como dissemos, liderar é, antes de tudo, cometer erros — e, claro, aprender com eles também. Logo, a prática importa muito mais que a teoria.

Para que você consiga reunir essas duas coisas, aqui vão algumas dicas:

Entenda um pouco do que cada um dos seus liderados faz

Você nunca vai superar a maioria dos especialistas que lidera. Aliás, são grandes as chances de que nunca consiga mesmo se equiparar a algum deles. E não há nada de mal nisso. Um líder, deve desenvolver o pensamento estratégico de modo a organizar e tirar o máximo de proveito do trabalho operacional dos seus colegas.

Por outro lado, isso não significa que você deva ignorar os aspectos mínimos do trabalho deles. Se fizer isso, a sua estratégia vai ser descabida, suas decisões não vão fazer o menor sentido e os colaboradores vão ficar confusos.

Nem tanto à terra, nem tanto ao mar: aprenda um pouco sobre o trabalho dos outros colaboradores. Está sem ideia de onde buscar esse conhecimento? Que tal dar uma lição de humildade e buscar perguntando para eles mesmos?

Nunca pare de estudar

Vivemos uma época em que se informar e aprender ficou muito fácil. E fazer isso é quase obrigatório, já que o conhecimento hoje em dia é também muito fluido e não há mais espaço para certezas imutáveis.

Seja estudioso e flexível. Valorize a capacidade de aprender; ela é mais importante do que o próprio conhecimento adquirido. E desenvolva, com isso, a habilidade de aprender rápido.

Dê e receba feedbacks

O maior inimigo do aprendizado, do trabalho em equipe e da liderança é o ego. E esse é um defeito que costuma partir de cima para baixo, num ambiente empreendedor ou organizacional.

Emita opiniões sobre o trabalho das pessoas e peça a opinião delas sobre o seu trabalho também. Acima de tudo, não faça desse procedimento uma grande demagogia: anote esses feedbacks e tente colocá-los em prática.

Se fizer isso, vai parecer justo quando cobrar a mesma postura deles. Aqui, vale colocar em prática a mais comum ação encontrada nos manuais de boa conduta organizacional: elogie em público e critique em particular.

Dê a conhecer os objetivos

Não incorra no erro de avaliar subjetivamente o seu trabalho ou o dos seus colaboradores. Distribua objetivos claros, possíveis e com prazos bem definidos. Pergunte à pessoa que vai desempenhar essas tarefas se a meta parece factível para ela.

E se ela disser que não, compreenda. Cada colaborador tem seu ritmo e vale a pena ter flexibilidade quanto a isso.

Conclusão

Há diversas formas de liderar e todas podem ser efetivas se forem coerentes. Um líder que respeita, aprende, dá feedbacks e é claro ao definir com a equipe as metas e objetivos é uma fonte permanente de respeito e confiança.

Pronto para encarar esse desafio? Esperamos que sim. Comece agora mesmo a colocar em prática essas dicas, afinal, um grande líder não nasce bom: ele se constrói.

Que tal ler a respeito de outra qualidade muito relacionada com os conceitos sobre o que é liderar? Confira o nosso artigo O que é empatia e qual a sua importância para uma liderança de sucesso!

  • Acredito muito nisso que o Tim Berry comentou, vestir a camisa é fundamental, tem muito empreendedor que acha que o colaborador tem que vestir a camisa pelo simples fato de pagar seu salário, doce engano, tem um conjunto de fatores por trás disso e o empreendedor deve ser o responsável por identificar tudo isso.

    Na minha empresa a gente toma red bull, esse negócio de água não esta com nada.

    Abraço!!