O que é controladoria

O que é controladoria e minha experiência nesse setor da Rock Content

É fundamental que as empresas em crescimento saibam o que é controladoria. Neste artigo aponto o porquê e também como tem sido a minha experiência de trabalhar nesse setor dentro da Rock Content.
Cursos de Marketing Digital para empresasPowered by Rock Convert

Antes de começar a falar sobre como dei início à área de controladoria na maior empresa de Marketing de Conteúdo da América Latina, é preciso ressaltar alguns conceitos muito importantes.

O que é controladoria?

A controladoria consiste em doutrinas e conhecimentos relativos à gestão
econômica das empresas, com o objetivo de orientá-las para a eficácia.

O que é contabilidade?

De acordo com a Lei 6.404/1976, a contabilidade é obrigatória para todas as pessoas jurídicas do Brasil. Ela consiste no estudo e registro das variações quantitativas e qualitativas que ocorreram no patrimônio da empresa e tem como objetivo extrair informações relevantes das atividades diárias da empresa a fim de controlar as operações dela, facilitar o planejamento estratégico e apoiar os administradores na tomada de decisões.

E a controladoria contábil?

Este ramo específico serve para dar suporte ao responsável pela contabilidade da empresa com base nas avaliações de dados importantes que extrai das atividades diárias dela.

Isso implica na realização de tarefas como acompanhamento de novas leis e normas contábeis, de auditorias e da elaboração de demonstrações financeiras bem estruturadas.

Tais informações são fundamentais para a gestão financeira e para o planejamento de orçamentos, pois servem para estabelecer metas e acompanhá-las por meio de diversos indicadores financeiros.

O que um analista de controladoria faz?

Essa pessoa é responsável por estabelecer, manter e coordenar os controles contábeis sobre todas as informações de pagamentos, recebimentos e provisões realizadas na empresa, bem como prepará-los e processá-los mensalmente.

Além disso, deve elaborar e revisar os orçamentos de cada área, as receitas e despesas, entradas e saídas, analisar e rever a necessidade e viabilidade de possíveis financiamentos e resolver quaisquer discrepâncias contábeis apontadas pela contabilidade e/ou auditoria contábil.

Faz parte do dia a dia de um analista de controladoria manter as bases de dados financeiros sempre atualizadas e organizadas, preparar e conferir os relatórios contábeis mensais, interagir com auditores internos e externos para auxiliá-los a obterem as informações corretas e explicar as políticas contábeis para funcionários, fornecedores e clientes quando for necessário.

Agora posso começar a contar como cheguei à Rock Content

Estava trabalhando em uma das quatro maiores empresas de auditoria externa e consultoria do mundo durante 4 anos quando percebi que queria mudar o rumo da minha carreira e estar “do outro lado” para ver como era.

Afinal, nessa empresa, eu visitava os clientes para analisar e testar as demonstrações contábeis que eram preparadas pelo setor de contabilidade deles para, no final, o sócio de auditoria assinar essas demonstrações e dar o tão temido (e ao mesmo tempo desejado) parecer.

Passei por clientes de diversos ramos como construtoras, fornecedoras de equipamentos para construção, bancos, previdências, supermercados, restaurantes, frigoríficos, fábricas de colchões, garrafas térmicas, entidades públicas com foco no desenvolvimento do estado de MG, entre outros.Cada lugar desses tinha suas particularidades contábeis e financeiras e seus processos específicos de compras e vendas.

O trabalho de um auditor requer que o profissional esteja sempre em alerta e tenha uma rotina de trabalho bem intensa, pois é pautado por prazos curtos e sempre acontecem diversos imprevistos ao longo do projeto.

Um dos maiores desafios de quem segue esta carreira, na minha opinião, é encontrar um equilíbrio entre a vida pessoal e a profissional devido à grande pressão por bons resultados. No entanto, além do conhecimento técnico adquirido, tive experiências que me ajudaram a desenvolver habilidades de planejamento e organização e aprendi a lidar com situações desafiadora que pareciam ser impossíveis de serem resolvidas.

Apesar do nível de entrega e dedicação ser muito alto e de ter que abrir mão de muita coisa, o aprendizado, amadurecimento, crescimento profissional e pessoal e as lições de vida, foram enormes e são inegáveis!

Após 4 anos exercendo essa função, decidi mudar o rumo da minha carreira e foi então que resolvi entrar em contato com a Luíza Drubscky (professora deste curso maravilhoso de Produção de Conteúdo para a Web) para saber mais sobre a Rock Content.

Ela passou meu currículo para o CFO que logo entrou em contato comigo. Fiz 3 entrevistas e fui selecionada para assumir a controladoria da empresa. Como as mudanças sempre trazem novos desafios, vou contar um pouco das minhas “primeiras vezes” aqui.

Como foram os primeiros passos

A minha entrada coincidiu com a saída da estagiária responsável pela área de contas a pagar. Então, todas as tarefas dela passaram a ser minhas, e sobrava pouco tempo para me dedicar à controladoria de fato. Mas, ao realizar essas atividades, pude implementar diversas melhorias que impactaram diretamente nos controles da empresa.

Além disso, comecei a ter contato com a contabilidade que é terceirizada e a entender como a Rock funcionava como um todo, como eram feitos os lançamentos que compunham os balancetes, razões e as composições de algumas contas.

Como foi a primeira auditoria

Os processos recorrentes foram sendo otimizados, os controles foram aumentando e os números ficando cada vez mais reais. Então, achamos que estava na hora de passar pela primeira auditoria da história da Rock.

Fechamos um contrato com a KPMG (umas das
quatro maiores empresas que citei anteriormente) para emitirmos as demonstrações financeiras com data base de setembro e de dezembro de 2017. Essa foi a minha primeira vez estando “do outro lado” e a primeira demonstração financeira que fiz do zero!

Foi um desafio enorme e tive que estudar bastante para entregar a melhor versão possível da mesma. Após algumas correções, ajustes e outras sugestões de mudanças na forma de apresentar as informações, obtivemos o tão esperado parecer do sócio da auditoria responsável pelo nosso projeto!

E o melhor de tudo: sem nenhuma ressalva ou ponto de atenção! Esse, com certeza foi um dos momentos no qual senti mais orgulho do meu trabalho e de todos da equipe que ajudaram a tornar isso possível.

Como foi o primeiro contato com o budget

Em junho de 2018 mudei novamente de função na Rock e fiquei responsável pela organização e atualização do budget. Durante a transição, passei diversas das minhas tarefas para a pessoa que me substituiu e me dediquei a reestruturar o orçamento.

Mais uma vez foi uma oportunidade enorme de aprendizado, estudei as métricas específicas da indústria SaaS, as melhores práticas para ter uma boa análise dos números apresentados e as particularidades que a Rock tem.

Mesmo após meses trabalhando com ele, continuo tendo grandes desafios, uma vez que ele deve refletir todas as mudanças que ocorrem na empresa diariamente, desde promoções, alterações salariais, mudanças de times, desligamentos, até inclusão de novos setores e mudança de cargos de liderança.

E quais foram os resultados obtidos?

À medida que uma empresa cresce, a necessidade de controle dos números aumenta. É preciso saber exatamente aonde quer chegar e onde se está no momento para entender quais devem ser os próximos passos. Além disso, as previsões de gastos e receitas devem ser cada vez mais assertivas, assim como a qualidade dos dados para que as análises sejam precisas.

Desde que entrei, foi possível acompanhar essas melhorias e o aumento da confiança e consistência nos números da Rock, devido, principalmente, ao maior alinhamento entre o time, a contabilidade e os objetivos da empresa. A tendência agora é que os controles sejam cada vez mais efetivos e que o crescimento seja uma constante na realidade da Rock!

Se esta explicação sobre o que é controladoria foi útil para você e se acredita que esta minha história possa inspirar outras pessoas que estejam ou tenham interesse pela área, compartilhe este post nas suas redes sociais!