O fantástico poder da simplicidade

Sempre defendemos bastante a simplicidade e inclusive a consideramos uma das principais características de uma boa ideia. Agora vamos enfatizar a simplicidade vista pelo cliente, o que facilitará muito a entrada do seu produto no mercado.

Sempre defendemos bastante a simplicidade e inclusive a consideramos uma das principais características de uma boa ideia. Agora vamos enfatizar a simplicidade vista pelo cliente, o que facilitará muito a entrada do seu produto no mercado.

Simplifique o seu negócio

Como ser simples aos olhos do cliente?

  • Resuma sua comunicação a 3 argumentos
    Não adianta enumerar 7 vantagens do seu produto, as pessoas não lembrarão delas. Dizem, e eu concordo, que 3 é o número mágico de argumentos a serem usados. Esses argumentos podem ser quebrados em sub-pontos, mas ainda são 3 argumentos.
    Exemplo: O MS Office tem milhares de funções, mas na prática serve para trabalhar com documentos, planilhas e apresentações. 3 coisas.
  • Torne o uso do seu produto o mais intuitivo possível
    Ninguém gosta de ler manuais ou passar horas aprendendo a usar um produto. Facilite a vida das pessoas e crie coisas intuitivas de serem usadas, você será recompensado com a felicidade dos clientes. Ou seja, vendas.
  • Tenha soluções simples para os possíveis problemas
    As pessoas são muito criativas, elas conseguirão  burlar seu sistema de segurança ou quebrar peças “inquebráveis”. Proteja ao máximo o produto contra falhas e oriente o usuário a usá-lo de forma correta. Por fim, tenha um bom serviço de atendimento ao cliente já que, como diria o filósofo americano F. Gump, “Sh*t happens!”.

As vantagens de ser simples?

  • Será mais fácil de entender o que a sua empresa faz e por que você é melhor que o concorrente. Isso te diferencia na multidão, o que atrairá a atenção dos clientes.
  • As pessoas lembrarão de você.
  • Clientes felizes são clientes fiéis. De uma forma ou outra eles te trarão novos clientes.
  • Sendo simples você economiza tempo e dinheiro que seriam gastos explicando o uso correto do produto e tendo que resolver problemas que ocorreram porque o cliente não te entendeu e fez “caquinha” na hora de usá-lo.

Como testar a simplicidade do seu produto?

  • Se você precisa mais de 10 slides ou mais de 5 min para convencer alguém de que a ideia é boa, algo está errado.
  • Se as pessoas não conseguem usar o produto da forma certa, a falta de esperteza não é delas, é sua que não ouviu o cliente e fez um produto complicado.
  • Não deixe que “Por favor, leia a página 72 do manual” seja a resposta padrão quando alguém quiser tirar dúvidas ou entender melhor o produto.

Para finalizar, compartilho uma apresentação que vi no blog do Enrico Cardoso. Recomendo vê-la em tela cheia.Os segredos da simplicidade

Abraços,
Millor Machado (simples assim)

P.S.: Não se prenda ao número mágico 3, podem ser usados 4 argumentos de vez em quando, nunca mais do que isso.

Se você está lançando seu produto, vale a pena ler nosso livro sobre desenvolvimento de produtos. Confira agora o Desenvolvimento de Produtos sem enrolação.

  • Existe um princípio na Engenharia, usado muito na área de programação, mas aplicado em várias outras áreas como animação, literatura, planejamento estratégico e tático, e até mesmo nas artes, chamado O Princípio KISS – sigla para Keep It Simple, Stupid! (ou Keep It Short and Simple).

    O princípio nos diz que o planejamento pela simplicidade deve ser a chave para o sucesso, e toda a complexidade e esforço desnecessários devem ser jogados fora.

    Da Vinci já usava conceitos do Princípio KISS, tal como Albert Einstein.

    Ainda, na área de programação, existe um princípio chamado YAGNI (You Ain’t Gonna Need It), que simplesmente nos diz para simplesmente não adicionar funcionalidades desnecessárias.

    Parecem coisas óbvias, mas muita gente não dá bola para a simplicidade e no final acaba dando merda!

    Abraços!

  • Existe um princípio na Engenharia, usado muito na área de programação, mas aplicado em várias outras áreas como animação, literatura, planejamento estratégico e tático, e até mesmo nas artes, chamado O Princípio KISS – sigla para Keep It Simple, Stupid! (ou Keep It Short and Simple).

    O princípio nos diz que o planejamento pela simplicidade deve ser a chave para o sucesso, e toda a complexidade e esforço desnecessários devem ser jogados fora.

    Da Vinci já usava conceitos do Princípio KISS, tal como Albert Einstein.

    Ainda, na área de programação, existe um princípio chamado YAGNI (You Ain’t Gonna Need It), que simplesmente nos diz para simplesmente não adicionar funcionalidades desnecessárias.

    Parecem coisas óbvias, mas muita gente não dá bola para a simplicidade e no final acaba dando merda!

    Abraços!

  • Pingback: Dica ao empreendedor: 10 dicas para melhorar sua produtividade diária | Saia do Lugar()

  • Oi, Millor!

    Muito bacana o seu blog (eu ainda não conhecia) e ainda mais esse seu artigo sobre simplicidade. Só devemos tomar cuidado com os extremos, pois, tempos depois li um outro livro que me fez repensar alguns conceitos. Olha só aqui: http://ligiafascioni.com.br/blog/?p=1456

    Abraços e parabéns!

  • Oi, Millor!

    Muito bacana o seu blog (eu ainda não conhecia) e ainda mais esse seu artigo sobre simplicidade. Só devemos tomar cuidado com os extremos, pois, tempos depois li um outro livro que me fez repensar alguns conceitos. Olha só aqui: http://ligiafascioni.com.br/blog/?p=1456

    Abraços e parabéns!

  • Na minha opinião, não existe nenhuma solução ótima que não seja simples, ou em outras palavras, não existe nenhuma solução cuja simplificação não a melhore.

    Alguém conseguiria imaginar um produto melhor e mais simples do que o clip de papel?

    Acho que simplificação deveria ser uma espécie de disciplina obrigatória em nossas escolas.

  • Na minha opinião, não existe nenhuma solução ótima que não seja simples, ou em outras palavras, não existe nenhuma solução cuja simplificação não a melhore.

    Alguém conseguiria imaginar um produto melhor e mais simples do que o clip de papel?

    Acho que simplificação deveria ser uma espécie de disciplina obrigatória em nossas escolas.

  • Pingback: Dica ao empreendedor: 10 dicas para melhorar sua produtividade diária | Marcelo Divaldo Brake()

  • Thiagodejesusferreira

    muito bom 

  • Pingback: Darker growth outlook pushes UK austerity plan off track | Strange Funny Facts()