No começo, motive-se com medidas alternativas de sucesso

No começo, motive-se com medidas alternativas de sucesso

O sucesso absoluto não do dia pra noite. Saiba aproveitar a jornada e enxergar os sinais alternativos de sucesso

A dica de hoje foi dada por Matt Thomas. Matt é autor do blog Entre-Propel, dedicado a passar mensagens de motivação para empreendedores.

Faturamento e lucros são as medidas de sucesso mais óbvias para um negócio.

Infelizmente, novos negócios normalmente sofrem para conseguir pouco ou nenhum lucro. Portanto, empreendedores se sentem desencorajados devido à grande quantidade de trabalho com pouco retorno. Isso pode atrapalhar sua motivação e ambição.

Para lutar contra isso, é importante que o novo empreendedor estabeleça outras métricas, além dos lucros.

Medir quanto você aprendeu, as técnicas de marketing que você testou, até as lições aprendidas com as falhas podem ser ótimas formas de analisar seu sucesso.

Tenha em mente que quanto mais você insiste, mais perto você está do sucesso. Por isso é importante medir seu sucesso de formas alternativas para preservar sua motivação no empreendimento.

Para receber dicas diárias sobre como manter-se motivado, siga-nos no Twitter: @empreendemia.

  • Acredito que é algo constante, e a motivação pelo aprendizado deve sim ser algo motivacional em paralelo e gratificante, pois quanto mais você aprende mais você vê novas possibilidades para o seu negócio. Tudo é questão de começar a testar o que foi aprendido.

    E se o lucro ainda não veio, penso que que é preciso parar e analisar a situação mesmo. O negócio pode até continuar, mas é legal observar se existe falha interna na empresa, ou no projeto, ou no planejamento, pra então arrumar a tempo, e testar aquelas técnicas todas estudadas por você. 😉

  • Acredito que é algo constante, e a motivação pelo aprendizado deve sim ser algo motivacional em paralelo e gratificante, pois quanto mais você aprende mais você vê novas possibilidades para o seu negócio. Tudo é questão de começar a testar o que foi aprendido.

    E se o lucro ainda não veio, penso que que é preciso parar e analisar a situação mesmo. O negócio pode até continuar, mas é legal observar se existe falha interna na empresa, ou no projeto, ou no planejamento, pra então arrumar a tempo, e testar aquelas técnicas todas estudadas por você. 😉

  • Não acredito que a insistência te aproxima do sucesso, é um grande dom, talvez ainda maior que o da perserverança, saber desistir. Somos instruídos e criados para não desistir, porém existem vezes na vida que por mais insistente que vc seja, as vezes simplesmente, vc esta inisistindo contra seu talento, contra as oportunidades etc. Um opinião

  • Não acredito que a insistência te aproxima do sucesso, é um grande dom, talvez ainda maior que o da perserverança, saber desistir. Somos instruídos e criados para não desistir, porém existem vezes na vida que por mais insistente que vc seja, as vezes simplesmente, vc esta inisistindo contra seu talento, contra as oportunidades etc. Um opinião

  • Gustavo

    Acredito que devemos desistir quando o que estamos fazendo não é exatamente o que queríamos, não nos dar prazer ou satisfação pessoal ou profissional. Neste caso, acredito sim que a desistência é o melhor caminho. Caso contrário, se o que estamos buscando, em nossa opinião, vale a pena, então acredito que não se deve desistir e a máxima que estaremos cada vez mais perto do sucesso se torna verdadeira.

  • Gustavo,

    Concordo plenamente com você. É fundamental fazer algo que você realmente
    acredite. Se você não está trabalhando em algo que ama, provavelmente é hora
    de desistir e procurar outra coisa pra fazer.

    Abraços!

  • erikajantorno

    Adorei essas dicas ainda mais que estou iniciando um novo projeto, uma empresa de passeios e eventos. E realmente não está nada fácil.
    Mas acredito que dará certo em médio prazo, pois já estou lucrando um pouco com o projeto. E só comecei a fazer isso de forma profissional tem 5 meses. É isso mesmo: 10%inspiração e 90% transpiração! Mas estou feliz e isso conta muito.

  • Erika,

    O espírito é justamente esse. Se a lucratividade já existe, é um ótimo
    sinal. Agora é questão de continuar o bom trabalho e colher os frutos.

    Abraços e sucesso no seu empreendimento!

  • Maskkot

    cara, isso sim foi uma dica importantissima! na atual conjuntura de meu projeto eu ja estáva deseperado procurando um retorno!!!!!
    obrigado!

  • Pois é cara, o dinheiro normalmente demora um tempo pra chegar. É importante fazer um planejamento realista contando que o lucro demorará pra aparecer e você precisa ser marcos intermediários antes do dinheiro aparecer.

    É importante medir quando irá lançar seu produto, quando terá a empresa legalizada, etc. Esse tipo de medida é fundamental no início pois mostra seu progresso mesmo que o dinheiro ainda não chegue.

    Abraços!

  • Tenho uma Start up e vivo este dilema também, um ano e escuto as pessoas mandando desistir, fazer concursos, e tudo mais de negativo, porem acredito, passei por experiencias ruins em um ano e senti que a falta de motivação bateu na porta, também nossa localização nos prejucou um pouco, mas atitudes devem ser tomadas quando se acredita, sacrificios também, pois por acreditar na idéia e ter o pensamento a longo prazo nos faz caminhar, mesmo que tenhamos que aprender errando. Em um ano de empresa aprendi a como fazer sociedade, a entender realemente o que é uma start up, a importancia do plano de negocios, agora falta eu concluir o plano e ir atras de algum investimento , mas coisas boas também estão surgindo, larguei a faculdade , mas a empresa fez uma parceria com ela para os alunos desenvolverem como bolsista, e nosso projeto vai andar, eu particularmente tive que deixar de aprender a programar, para colocar a mão na massa, o plano de negocios para mim é mais importante do que o conhecimento tecnico e o foco é muito importante. Para isso estamos sendo muito cauteloso em montar uma equipe de confiança para seguirmos, mas confesso que nao é facil. Tem horas que da vontade de chorar, mas a fé nao me deixa desistir. Estou aprendendo.