prédio representando o mercado de pequenas e médias empresas

4 curiosidades sobre o mercado de pequenas e médias empresas no Brasil

Neste conteúdo, separamos 4 principais curiosidades do mercado de pequenas e médias empresas no Brasil.

O Brasil é um país de empreendedores. Seja pela criatividade em oferecer novos serviços ou pela falta de oportunidades, a verdade é que empreender está no DNA do brasileiro. Passando por um período em que a economia segue estagnada ou com crescimento tímido, o país vê crescer um dos maiores efeitos de uma economia cercada de dúvidas: o crescimento do desemprego e também o aumento da abertura de novas empresas.

Relevância das médias e pequenas empresas na economia brasileira

Para termos ideia sobre importância dos pequenos negócios em nosso país é preciso analisar alguns números:

  • As pequenas empresas brasileiras são responsáveis por 98% de todos os negócios no país, o que demonstra a força deste tipo de negócio para a nossa economia.
  • Em um momento onde o Governo tem dificuldade em criar novos postos de trabalho, o mercado privado é atingido em cheio pela crise e não têm condições de absorver a mão de obra desempregada, 54% dos empregos são gerados pelos pequenos negócios. Este número demonstra a capacidade que as pequenas empresas possuem de serem as grandes responsáveis pela virada da economia.
  • O faturamento das pequenas empresas equivale a 27% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional. E com o crescimento do empreendedorismo, a tendência é que exista uma participação cada vez maior destas empresas.

Esses números demonstram o peso que o empreendedorismo tem no país. Não é à toa que o Governo se esforça para criar regras que facilitem o acesso ao crédito e a regulamentação destas empresas. A criação do Microempreendedor Individual (MEI) foi um importante passo para tirar da informalidade milhões de brasileiros empreendedores que queriam abrir o seu primeiro negócio.

Fatos importantes das pequenas e médias empresas

Em um mercado tão promissor, muitas mudanças ocorrem constantemente e o empreendedor precisa estar atento para se adequar rapidamente. Existem alguns fatos referentes às pequenas e médias empresas, importantes informações que devem ser tomadas como lições e colocadas em prática para não perder mercado para os concorrentes.

1. Gestão profissional

Pequenas e médias empresas frequentemente são administradas pelos próprios donos e isso pode ser um grande problema caso o empreendedor não tenha algum tipo de especialização na área de gestão empresarial.

Já existem estudos do SEBRAE que indicam uma taxa de mortalidade de 24,6% de empresas com até dois anos de funcionamento, ou seja, praticamente uma em cada quatro empresas abertas decreta falência em até dois anos. Uma taxa considerada alta, ainda mais por grande parte desses encerramentos serem causados por má administração.

2.Tecnologia no negócio

Em geral as pequenas e médias empresas acreditam que tecnologia é um luxo reservado apenas para os grandes negócios. Até alguns anos atrás isso era a realidade, mas recentemente os recursos tecnológicos têm barateado e se tornado cada vez mais acessíveis para as empresas.

Além disso, com tantos novos recursos quem se mantem preso no passado tecnológico pode perder muitos negócios e correr riscos de segurança. Os sistemas antigos exigiam servidores gigantes presenciais o que, além de muito arriscado por permitir o acesso de qualquer pessoa, ocupavam grandes espaços das empresas.

Hoje as pequenas e médias empresas já perceberam ser perfeitamente viável a contratação de softwares de automação comercial e serviços de TI, como por exemplo plataformas em nuvem, que oferecem muito mais segurança e benefícios, entre eles o backup de dados, que garante a recuperação de informações caso haja alguma falha do sistema local.

O investimento em tecnologia é altamente recomendado, mesmo em momentos de crise econômica justamente pelos benefícios de produtividade proporcionados. Estudos mostram que a gestão se torna mais eficiente quando existe um investimento em infraestrutura e sistemas que auxiliem o empreendedor na administração da empresa.

3. Necessidade de Aumento da Produtividade

Considerando os números de aberturas de empresas no Brasil já podemos imaginar que a concorrência também cresce a cada dia. E com ela a necessidade de as empresas aumentarem sua produtividade para manter sua competitividade no mercado.

As pequenas e médias empresas costumam ter poucos funcionários contratados e ter muitas tarefas para cada um deles, sobrecarregando todos e principalmente o empreendedor que acaba assumindo o trabalho que ‘sobra’.

Em um mercado cada vez mais tecnológico, grande parte dos investimentos feitos por empresas é para a implantação de ERP cloud, uma excelente maneira de aumentar a produtividade da empresa, já que ele facilita o registro das informações da empresa e organiza os dados de clientes, finanças, estoque, vendas e muitas outras. Além disso, mantem as informações seguras em ambiente online que pode ser acessado de qualquer lugar e a qualquer hora, utilizando apenas um equipamento eletrônico (computador, tablet ou smartphone) e acesso à internet.

Com essas facilidades a produtividade da empresa aumenta e o tempo economizado pode ser utilizado em funções mais importantes para o negócio. Essa é uma grande tendência para o mercado das pequenas e médias empresas brasileiras que começam a sentir a necessidade de recursos que otimizem o seu dia-a-dia.

4. Invista em marketing digital

No Brasil existem mais de 85 milhões de pessoas conectadas às internet diariamente e nenhum empresa pode desperdiçar um público desse tamanho. A criação de uma estratégia de marketing para sua empresa é uma obrigação e não mais opção. Uma empresa sem presença digital está fadada ao fracasso, mais cedo ou mais tarde.

As ferramentas de marketing tradicionais frequentemente eram caras e não permitiam o direcionamento para um público específico. Mas o marketing digital mudou esse perfil e tornou o marketing perfeitamente acessível a todas as empresas.

As ferramentas de marketing digital permitem a personalização de campanhas e o direcionamento para públicos segmentados, o grande diferencial do novo marketing. Se você não tem conhecimentos em marketing pode buscar ajuda profissional, mas não perca a oportunidade de se relacionar com seus clientes em um ambiente altamente propício para isso, a internet.

Gostou do nosso conteúdo? Continue aprendendo com nosso post sobre 9 dicas de como começar um negócio mesmo sendo tímido!

Conteúdo produzido pela equipe Gestão Click!