mulher verificando o marketing no facebook

Como implementar marketing no Facebook na minha empresa?

Não basta marcar território no Facebook, é preciso conquistar audiência. Então, entenda como usar o marketing no Facebook para aumentar as vendas da empresa!

O sonho de todo empresário é tornar a sua marca sinônimo de um produto. Ninguém compra esponja de aço, mas Bombril. Mesmo raciocínio se aplica para o consumidor que procure por “cola instantânea” em vez de “SuperBonder”.

Mark Zuckerberg, o criador da rede social mais famosa do mundo, tem um objetivo: transformar o Facebook em sinônimo de internet, por essa razão é muito importante que você esteja atento as possibilidades de Marketing no Facebook.

Uma coisa é fato: estar fora do Facebook é como deixar de existir, por isso, não faz sentido que as empresas não tenham, no mínimo, uma página na rede. No entanto, para aqueles que querem aproveitar todas as possibilidades do site não basta marcar território, é preciso conquistar audiência.

Vamos aprender agora como usar o marketing no facebook para aumentar as vendas da empresa!

Aperfeiçoando o atendimento ao cliente

As redes sociais criaram um canal de comunicação direto com as empresas. Por isso, o primeiro passo na hora de traçar uma estratégia de marketing no Facebook é estar preparado para lidar com reclamações. Treinar os colaboradores responsáveis pela fanpage é muito importante, pois, evita uma crise de imagem à marca.

No entanto, a inovação não para. Os empresários devem começar a pensar nos chatbots, que nada mais são do que ferramentas de inteligência artificial que conseguem responder o cliente via Messenger.

Ainda que seu negócio não opte por esse plano, a dica aqui é simples: o Facebook vai além de postar informações, ele pode ser usado para atender o cliente e fechar vendas!

Marcando presença mobile

Ainda existem empresas que produzem conteúdo para internautas que navegam exclusivamente pelo desktop. Se seu negócio não pensa naqueles que usam o smartphone — e que são maioria entre os que acessam a internet — você está ignorando potenciais clientes.

Quando se trata de Marketing no Facebook é importante ter certeza que seu conteúdo será visualizado. Por isso que empresas não escrevem “textões”, porque sabem que eles serão ignorados. No caso da navegação mobile é importante lembrar da capacidade média dos aparelhos e do pacote de dados. Então, evite conteúdos pesados.

Substituir formatos pode ser uma solução. No lugar de um vídeo, um gif, por exemplo.

Lembre-se de pensar em como o conteúdo será consumido!

Analisando sua audiência

O Marketing no Facebook trará uma série de métricas à empresa. Esses dados poderão basear outras estratégias, no entanto, é esperado que o empresário já conheça o básico sobre o seu público-alvo.

Isso é importante para direcionar o conteúdo das publicações. Uma das maneiras de conseguir aumentar as vendas pela internet é garantindo que o cliente compartilhe sua experiência com a marca. Isso só ocorrerá se ele se identificar.

Posts com poucas interações são evidências de falha na construção do conteúdo. E isso nos leva ao próximo tema…

Criando conteúdos de qualidade

A timeline do Facebook assumiu um posto muito importante na vida das pessoas: ela se tornou fonte de informação. Isso não quer dizer que sua marca tenha que produzir conteúdo jornalístico.

Sua publicação tem que ser interessante, agregar algo, caso contrário o internauta associará sua empresa a um conteúdo de baixa qualidade. Isso não é bom para os negócios.

Pense como o cliente: se uma marca não toma o mínimo cuidado com um post no Facebook, o que garante que ela ofereça produtos de qualidade?

O Marketing no Facebook ajudará sua empresa a construir uma imagem que tenha valor no mercado. Cada detalhe conta!

Definindo metas

Assim como qualquer outra estratégia de marketing, o Marketing no Facebook também deve ser pensado para alcançar uma meta. O caminho mais óbvio é calcular a popularidade da marca por meio das interações com o público, mas essa não é a única possibilidade.

O Facebook também pode ser usado para gerar leads. Compartilhar conteúdos relevantes pode é o primeiro passo para levar o leitor ao site da empresa, fortalecendo as estratégias de Marketing de Conteúdo, por exemplo.

Vender não é uma tarefa simples, por isso, todas as ações de Marketing devem ser somadas. Para que isso dê certo a empresa deve ter suas metas definidas com clareza. Sabe aquele ditado popular que diz que uma pessoa “tem mais sorte do que juízo”? Então, quando o assunto é vender não dá para contar com a sorte.

Tomando uma posição sobre um tema

Se você sabe que seu consumidor tem um posicionamento muito claro sobre um tema, talvez seja importante a marca destacar sua posição sobre o assunto. Muito cuidado para não confundir essa ação com dar opinião sobre qualquer coisa. Pelo contrário, trata-se de algo muito bem planejado. Vamos a um exemplo:

A marca fictícia X realizou uma pesquisa e descobriu que a maioria de seus clientes têm um posicionamento ecológico. Sabendo que o Dia do Planeta se aproximava, a empresa desenvolveu uma ação de Marketing no Facebook, compartilhando conteúdos que davam dicas sobre reciclagem de embalagens.

Essa ação só dará certo porque a marca sabe que seus clientes gostam do tema. Além do engajamento na rede social, a marca X reforçou seu vínculo com seus clientes. Se eles quiserem comprar de uma empresa amiga do planeta, com certeza levarão em conta os produtos da marca X.

Criando anúncios

Da mesma forma que as estratégias no Google pedem um investimento no Google Adwords, anunciar no Facebook também faz parte de um planejamento bem-sucedido.

Normalmente esse investimento tem um objetivo mais específico, como divulgar um novo produto ou gerar leads. De qualquer forma, o Facebook sabe quem é o seu cliente e vai colocar seu anúncio diante dele. Outros meios de comunicação, ainda que relevantes, não podem garantir mais isso

Agora que você já sabe de todas essas dicas de Marketing no Facebook, que tal aprender um pouco mais sobre um outro tipo de Marketing, focado em ações de baixo custo e de grande impacto? Se você ainda não conhece o Marketing de Guerrilha leia esse artigo e fique por dentro de uma das tendências em vendas de hoje em dia.