reunião para analisar o marketing local

Marketing local: o que é e qual importância para sua empresa

Empresários de sucesso são aqueles que expandem suas empresas para mercados antes inexplorados, não é mesmo? Nem sempre! Pensando nisso, o artigo de hoje falará sobre Marketing Local. Vamos lá?

Quando se conversa com um empreendedor é comum perceber a ambição em sua fala quando o assunto são os objetivos de sua empresa.

Quem empreende deseja conquistar cada vez mais espaço e clientes, afinal, empresários de sucesso são aqueles que expandem suas empresas para mercados antes inexplorados, não é mesmo? Nem sempre! Pensando nisso, o artigo de hoje falará sobre Marketing Local. Vamos lá?

Marketing Local: o sucesso mora (literalmente) ao lado!

Não há nada de errado quando o empresário inicia suas atividades com metas de crescimento bem-definidas e, em alguns casos, audaciosas. Se elas estão baseadas em dados concretos, ou seja, se não são exageradas não há com o que se preocupar.

No entanto, é importante salientar a necessidade de dar atenção ao mercado geograficamente próximo à empresa. Afinal, são esses clientes que darão subsídios para que o empreendimento cresça.

Ao escolher um ponto comercial presume-se que o empresário já tenha estudados os hábitos de consumo dos vizinhos de seu negócio. Abrir uma academia de crossfit em um bairro residencial, cuja população é majoritariamente idosa parece ser uma ideia ruim, por outro lado, se a academia for ao lado de uma universidade, pode ser que a ideia obtenha êxito.

Mas, o Marketing Local vai além desse cuidado. Seu objetivo é aumentar as vendas da empresa tornando-a relevante para a comunidade, estreitando laços. A pergunta é: como?

Conquistando território com o Marketing Local

Vamos voltar ao exemplo da academia de crossfit. Imagine que o empresário tenha escolhido de forma cautelosa o bairro no qual está instalado. Ele sabe que ali existem vantagens geográficas para sua empresa. Como o Marketing Local ajudaria esse empreendimento?

Em primeiro lugar o empresário teria que mostrar aos moradores do bairro que crossfit não é um modismo, mas sim uma prática saudável que pode auxiliar na melhora da qualidade de vida. Penando nessa estratégia a equipe da academia compra um publieditorial  no jornal do bairro. Uma reportagem bem-escrita, em um veículo que o público-alvo lê sanará as dúvidas dos futuros fregueses, mas não só isso.

A assessoria de imprensa do gerente da academia o leva para dar entrevista na rádio comunitária da região — uma forma de mostrar que ele está investindo no bairro. Por sua vez, a equipe do Marketing identifica os pontos de concentração de pessoas do bairro: igrejas, escolas, faculdades e empresas foram mapeadas para auxiliar o trabalho dos promotores de vendas.

Logicamente que esse foi um exemplo fictício. Cada empresa e segmento precisam de uma estratégia personalizada, mas o que é importante frisar que o recurso que será destinado às estratégias de Marketing e Divulgação não pode subestimar os atores locais.

Suponhamos que essa empresa tenha decidido que R$ 50 mil seriam usados para a divulgação. Eles poderiam ter usado esse recurso para comprar espaço publicitário na tevê. O problema nesse caso é que não teriam a certeza de que o público-alvo assistiria ao comercial. Por outro lado, a inserção de reportagens em veículos locais e o mapeamento de locais populares do bairro garante que as pessoas que interessam à academia seriam impactadas.

Suponhamos que essa empresa tenha decidido que R$ 50 mil seriam usados para a divulgação. Eles poderiam ter usado esse recurso para comprar espaço publicitário na tevê. O problema nesse caso é que não teriam a certeza de que o público-alvo assistiria ao comercial.

Por outro lado, a inserção de reportagens em veículos locais e o mapeamento de locais populares do bairro garante que as pessoas que interessam à academia seriam impactadas.

Marketing Local alia o moderno ao tradicional

Antigamente as pessoas sabiam quem eram os comerciantes de seus bairros. Em alguns casos eram amigos. A confiança entre essas relações comerciais era tão forte que, mesmo que o preço fosse um pouco mais alto, o cliente não se importava. Para ele o laço de confiança criado com o comerciante era algo mais importante do que uma promoção oferecida por um empresário de outro local.

Hoje em dia, com os shoppings e com o e-commerce, podemos ter a impressão de impessoalidade nas relações comerciais. Isso pode levar o empresário a concluir que o Marketing Local não é viável para sua empresa. Pensar assim é um erro.

Diversas estratégias de Marketing podem ser adaptadas e integrarem o Marketing Local. Vamos a alguns exemplos:

Marketing de Conteúdo

A produção de conteúdo com foco em um público geográfico específico pode trazer bons resultados. Não importa que esse conteúdo não seja lido por milhares de pessoas. O que é relevante é que ele aumente suas vendas, por isso, não menospreze as dúvidas de seu cliente. Produza conteúdos que o ajudem a entender sua empresa.

Marketing Digital

Redes sociais e ferramentas de buscas, como o Google, podem oferecer métricas interessantes para seu empreendimento, revelando perfis de consumo. Por isso, não importa se você já é conhecido no bairro, invista no mundo digital também.

Marketing de Guerrilha

Uma estratégia muito interessante para lançamentos de novos produtos e/ou serviços. Ela pode ser alinhada com o Marketing Local fortalecendo a imagem da empresa com seus clientes.

Foco no atendimento

Tendo noção de dos aspectos apresentados anteriormente, fica clara a necessidade de uma estratégia com objetivo de oferecer um bom atendimento aos clientes, afinal, a opinião deles sobre a empresa está diretamente ligada com a forma com que a marca será percebida.

É fundamental treinar os profissionais que atenderão ao público. Eles serão a primeira impressão que o cliente terá da marca e uma experiência negativa pode comprometer toda a estratégia de Marketing Local.

Além do mais, possuir canais de atendimento eficientes também é muito importante. Essas ações podem transformar um desapontamento do freguês em uma nova oportunidade de venda, desde que o profissional saiba como fazê-lo.

Como vimos, não há porque menosprezar seu cliente ignorando estratégias de Marketing apenas porque “o foco é local”.  A Coca-Cola não comprou o Guaraná Jesus para dominar o mundo, não é?

O Marketing Local é consegue tornar um produto relevante para uma população específica. Isso garante ganhos à imagem da empresa, que por sua vez facilita a expansão do negócio e atrai investimentos.

O mundo dos negócios pode ser uma guerra, por isso é muito importante garantir que o território já conquistado não caia na mão dos concorrentes. Apenas isso garantirá o crescimento sustentável de um empreendimento. Logicamente que para isso a liderança é fundamental. Você sabe como ser um bom líder? Será que suas ações estão adequadas aos novos tempos? Descubra neste artigo!