Marketing Digital como fazer

Marketing Digital: como fazer para trazer resultados para a sua empresa

Tem dúvidas sobre o Marketing Digital, como fazer estratégias de sucesso e, mais do que isso, as melhores formas aplicá-las com foco em resultado no dia-a-dia da sua empresa? Hoje você vai descobrir a resposta para todas essas perguntas!
Cursos de Marketing Digital para empresasPowered by Rock Convert

É importante ter uma estratégia bem definida de Marketing Digital, como fazer, no entanto, requer o conhecimento certo.

Sejam as pretensões conservadoras ou mais complexas, é importante alinhar expectativas e compreender quais resultados podem existir — e como eles serão alcançados.

A questão do “como” é uma das mais importantes ao desenvolver qualquer tipo de plano de ação, afinal, somente assim será possível traçar os melhores caminhos para que o objetivo final seja cumprido — e prever também falhas e erros que poderiam surgir no meio do processo.

Pensando na necessidade de educar empresas e analistas a respeito de como definir e alcançar metas que façam sentido, listamos as melhores formas de trazer resultados para a sua empresa a partir do Marketing Digital.

Como lidar com expectativas externas?

Se você trabalha no setor de marketing de uma empresa, provavelmente passou por situações complicadas em relação à metas e objetivos.

Seja por parte do CEO que não entende muita coisa do assunto ou até mesmo de outros colegas que não vivem a sua rotina, a imposição de resultados sem conexão alguma com a realidade de um negócio são mais comuns do que o imaginado.

Como explicar, por exemplo, que existem casos em que 50 mil visualizações mensais no blog são melhores do que as 150 mil esperadas?

O fato é: brigar com números é difícil, e apresentar valores não tão atrativos em um primeiro momento pode ser complicado e desafiador, mas, acredite: a briga pode valer a pena!

A principal forma de lidar com as expectativas externas é a partir de muita educação e paciência. É preciso mostrar que, sem objetivos pré definidos e uma boa estratégia de marketing digital, todos os números tão sonhados pela diretoria não valem de nada.

Métricas de vaidade: quão nocivas são elas?

Uma empresa com nicho de mercado extremamente específico, porém que gera contratos milionários, não precisa da mesma quantidade de tráfego de um negócio de médio porte atuante no varejo.

Ainda falando sobre o tráfego, pense novamente em metas e objetivos: no mês de maio, o diretor da sua empresa espera 100.000 acessos no blog.

Este número tão grande e imponente pode não significar nada quando a taxa de engajamento é baixa! Sim, muitas pessoas acessam o seu site por mês, mas quantas delas de fato vão se tornar possíveis clientes?

Métricas de vaidade podem alimentar a felicidade de um gerente por certo período de tempo, mas, a longo prazo, perdem o sentido. Afinal, o objetivo de qualquer negócio é gerar vendas e, por mais que os acessos online sejam importantes, eles não valem de nada quando usuários não se convertem em leads qualificados.

Marketing Digital: como fazer na prática?

Agora que você compreendeu a importância da definição de um objetivo e do devido alinhamento de expectativas, é hora de, na prática, visualizar os passos necessários para gerar e medir resultados.

Capriche na atração

Lembra o que falamos sobre tráfego anteriormente? Ele não deve se tornar o “meio de vida” da empresa, mas ainda assim é de extrema importância!

O momento de atração é aquele no qual trazemos a maior quantidade possível de leitores para um blog, por exemplo, para assim ganharmos a oportunidade de nutrir aquele público e levá-lo a seguir adiante no funil.

Powered by Rock Convert

Aqui é hora de produzir conteúdo de qualidade: aprofunde-se nas estratégias de marketing de conteúdo e construa um calendário de postagens que faça sentido para a sua persona.

Para que isso seja feito, trabalhe bem o SEO para que, dessa forma, seu site seja descoberto de forma orgânica. O ranqueamento no Google é uma arma poderosa na geração de tráfego!

Além disso, a mídia paga não pode ser esquecida: quando pensamos em redes sociais e nos algoritmos que prejudicam marcas ao redor do mundo, é fundamental reservar um espaço da estratégia para investimento em plataformas como Google Ads ou Facebook Ads.

Retenha os possíveis leads

Lembra quando falamos que o tráfego sozinho não vale de nada? É verdade! Aquele blog com 50 mil visualizações mensais realmente pode ter uma taxa de conversão muito maior do que o de 150.

Isso acontece pois, no segundo caso, o conteúdo não é suficiente para reter o leitor.

As melhores formas de conquistar a retenção são a partir da oferta de materiais ricos que, em troca do conteúdo, “ganham” os dados dos leitores.

E-books e webinars são exemplos de conteúdo com alto poder de conversão. Ao disponibilizá-los, é importante fazer uma landing page de qualidade que contenha o tão importante formulário de conversão.

O conteúdo rico em questão (hospedado na landing page) servirá como Call To Action não apenas nas postagens do blog, mas também naqueles conteúdos publicados em mídias sociais.

A análise dos leads será responsável por fazer com que você e sua equipe promovam o conteúdo certo para cada fase: depois de conquistar seus principais dados, é hora de promover conteúdo de qualidade e criar uma audiência.

Isso pode ser feito a partir do e-mail marketing, da nutrição de leads — realizada por ferramentas de automação de marketing — e também com a construção de uma comunidade fiel online.

Viu como a questão do tráfego parece fazer mais sentido agora? Quando a estratégia de Marketing Digital é aplicada corretamente, todo aquele número aparentemente raso que tanto falamos é bem trabalhado e direcionado ao lugar correto.

Garanta as vendas!

Na medida em que o funil desce, os números também caem, mas se tornam cada vez mais poderosos: afinal, quanto mais próximo da última etapa — o famoso “fechamento de negócio” — maior é a certeza de que a sua empresa tem a solução buscada por aquele lead.

Por isso, depois de caprichar na estratégia de marketing de conteúdo e conquistar o leitor por vontade própria (sem anúncios ou interrupções forçadas via internet ou telefone), invista em um time de vendas capacitado.

Isto é feito, principalmente, a partir da qualificação de leads. Ela nada mais é do que uma análise a respeito daquelas pessoas que percorreram o funil de forma ideal e realmente querem estar ali.

É possível que muitas pessoas tenham caminhado por toda a trajetória de compra, mas não sejam boas oportunidades de negócio. E é justamente o time de vendas que poderá distinguir o grupo bom do descartável.

Agora que você já sabe a aplicação do Marketing Digital, como fazer para aprender as técnicas matadoras de conversão? Os cursos de Marketing Digital da Universidade Rock Content podem lhe mostrar o caminho.