linkedin como funciona

LinkedIn: como funciona para pequenas empresas?

Pequenos negócios precisam de muito trabalho para ganharem espaço no mercado. Mesmo os melhores empreendedores sabem como é difícil divulgar seus serviços, manter a atenção do público e criar fortes parcerias. Nesse contexto, entender o LinkedIn, como funciona essa plataforma é um bom primeiro passo.
Cursos de Marketing DigitalPowered by Rock Convert

Para aqueles que não estão familiarizados, o LinkedIn é uma rede social voltada para o mundo dos negócios. Lá os perfis contam com várias informações de trabalho, formação, projetos realizados, entre várias outras coisas. É um dos melhores canais atualmente para aproximar profissionais, empresas e potenciais parceiros de mercado. Por isso a importância de conhecer o LinkedIn, como funciona nas empresas essa rede social.

Infelizmente, muitos empreendedores também não sabem como utilizar essa plataforma corretamente, tratando-a como outras redes sociais ou sem investir corretamente nela para maximizar seu potencial. Para ajudar a não cair nesses erros, listamos aqui 11 dicas que vão ajudar a entender o LinkedIn e como aproveitá-lo.

Monte um perfil de negócios

A primeira coisa que você precisa fazer é ter um perfil para sua empresa. A menos que você seja um empreendedor autônomo, o seu negócio deve ter a própria página, com os próprios dados, imagens e contatos. Assim como o dinheiro da empresa, misturar seu perfil pessoal com o de negócios não é uma boa ideia. Com essa distinção, é mais fácil apontar o público para uma página relevante, com informações sobre seu negócio e seus produtos.

Peça recomendações dos clientes

Dentro do perfil do negócio, você pode incluir diferentes características sobre sua empresa, competências e qualidades que seriam seus diferenciais. Porém, além de comunicar o que você pensar a respeito do próprio negócio, também é possível usar o feedback dos seus clientes para reforçar isso.

Ao lado de cada competência, há também um ícone “+”. Sempre que outro usuário clica nele, está confirmando que sua empresa apresenta essa característica. Uma forma simples e eficaz de coletar feedback do público e aumentar sua credibilidade.

Estabeleça mais conexões

O ponto central do LinkedIn, como funciona todo o sistema da plataforma, é por meio da criação de conexões. Quanto mais contatos você tem em sua rede, mais fácil é alcançar um grande público e obter recomendações. Além disso, cada conexão também é um potencial parceiro, alguém que pode contribuir com seu negócio de alguma forma, seja com recomendações, indicações ou troca de serviços.

Crie conteúdo

Dentro do LinkedIn, é possível criar um blog para sua empresa, no qual você desenvolve conteúdos relevantes para seu público-alvo e que, eventualmente, levam à sua conversão em clientes. Por exemplo, se o seu negócio oferece utensílios de cozinha, é interessante falar sobre receitas e ingredientes em seu blog, pois isso interessa aos seus clientes e aumenta as chances de que eles fechem negócio.

Atualize seu status regularmente

Outra questão importante é a regularidade com a qual você posta atualizações. Toda rede social valoriza perfis ativos, que postam múltiplas vezes ao dia. Mesmo que você não tenha nada muito interessante para publicar, pode compartilhar notícias e postagens de perfis relacionados. O importante aqui é manter alguma circulação de conteúdo no perfil da sua empresa para que ele ganhe o alcance mínimo necessário para manter o público engajado.

Powered by Rock Convert

Use esse espaço para interagir com o público

Falando em engajamento, o LinkedIn ainda é uma ótima plataforma para interagir com diversas empresas e profissionais, trocando experiências e relatos importantes. Mesmo que essa plataforma seja um espaço mais formal que outras redes sociais, ele ainda é um local de interação.

Participe de grupos relacionados à sua área de atuação e envolva seus contatos em suas postagens sempre que possível. Isso vai ajudar a construir uma rede mais sólida.

Envolva sua equipe na criação de postagens

Se você tem outros colaboradores em seu negócio, então eles também devem ter algo interessante a dizer sobre o próprio trabalho e sobre a empresa. Especialmente em negócios pequenos, cada profissional está envolvido em múltiplas funções, o que aumenta seu entendimento da empresa como um todo. Além disso, ter mais pessoas da empresa falando é sempre um bom sinal para seu público.

Faça bom uso das tags

As tags, ou marcadores, são palavras-chave que você pode inserir em uma postagem, em uma imagem ou no próprio perfil da empresa. Quando um desses termos é pesquisado, dependendo do contexto da busca, seus conteúdos ou seu perfil podem aparecer mais facilmente como resultado. É uma boa forma de aparecer em pesquisas indiretas e ganhar mais alcance.

Dito isso, você não deve abusar muito das tags. Colocar termos incorretos atrai pessoas que não fazem parte do seu público-alvo, além de criar expectativas falsas em relação ao seu serviço.

Imagens e apresentações também são importantes

Nunca negligencie o trabalho de imagem do seu negócio, especialmente no LinkedIn. Ter uma foto de perfil, uma capa e imagens de postagem em baixa definição é um sinal de alerta para vários usuários. Sempre escolha imagens de boa qualidade para compor a sua página, especialmente sua imagem de perfil. Afinal, essa é uma das primeiras coisas que o público vê ao entrar em contato com seu negócio.

Invista em divulgação paga

É possível fazer bastante coisa apenas com as funções gratuitas do LinkedIn, como funciona na maioria das redes sociais. Porém, para o perfil de uma empresa, isso não costuma ser o suficiente. É necessário ir um pouco além e investir em alcance pago, divulgação direcionada e outros recursos. Se você souber como proceder nesse ponto, o retorno do seu investimento será bem alto.

Use o LinkedIn Analytics para avaliar seu desempenho

Por fim, mas não menos importante, acompanhe as métricas do seu perfil. Performance das postagens, número de conexões, pessoas que visualizaram seu perfil, entre outros números, são fundamentais para entender melhor seus resultados, acompanhar seu progresso e desenvolver novos planos para o médio e longo prazo.

Agora que você entende melhor o LinkedIn, como funciona e como você pode usá-lo, é hora de colocar esse conhecimento em prática. Essa é a principal plataforma para relacionamentos B2B e entre profissionais, então é fundamental que você saiba se posicionar nela. Para melhorar seu desempenho nesse ponto, faça o curso de Marketing Pessoal no LinkedIn pela Rock University e se prepare ainda mais para o mercado.