Liderança: dicas para contratar pessoas

Liderança: dicas para contratar pessoas

7 dicas para a hora de aumentar sua equipe.

Este texto faz parte da coluna da Plataforma Brasil feito especialmente para os leitores do Saia do Lugar.

Já tratamos aqui sobre vários temas que navegam pelo cotidiano corporativo. Antiempreendedores e lideranças infantis não tiveram sossego nos nossos textos. Atacamos as modinhas inúteis de gestão e a enrolação corporativa de uma forma geral. Tudo bem, a intenção foi e continuará sendo abordar a vida empresarial sobe uma ótica crítica e dissociada do chamado “lugar comum”, do óbvio gritante de todo dia.

Mas o fato é que esse enfoque objetiva, antes de tudo, abastecer você (um empreendedor ou um aspirante a ser dono do próprio nariz) com inspiração e conteúdos, que colaborem nessa jornada caótica mas imensamente realizadora, que é transformar projetos e ideias em pura e tangível realidade.

No entanto, nada disso é possível se você não puder contar com uma equipe dotada dos mesmos conceitos e valores. Ou seja, considerando que os sócios e parceiros já foram localizados, chegou a hora de contratar as pessoas certas. Foi pensando nisso, que elaboramos um conjunto de dicas para auxiliá-lo nessa perigosa e arriscada missão.

Vamos lá:

1 – Tenha total clareza do perfil e das habilidades que deseja encontrar no seu futuro colaborador.Esse é o passo fundamental para a pré-seleção produzir uma boa lista de opções, e evitar trazer para uma startup, alguém cujo sonho desde os dez anos de idade era o de entrar em uma grande empresa depois de formado e, após trinta e cinco anos de serviços prestados, receber um relógio de ouro como reconhecimento.

2 – Evite os bajuladores. Essas pessoas tendem a dizer sempre aquilo que você quer escutar. Pode ser até confortável de vez em quando, mas geralmente não funciona e acaba por infantilizar os outros colaboradores, transformando o seu ambiente de trabalho num ninho de enroladores, loucos para agradar o chefe, mas sem produzir nada de realmente importante.

3 – Durante o processo de entrevistas busque a sinceridade, e não aceite frases feitas, tais como “vou vestir a camisa da empresa”. Não acredite nisso, ninguém veste a camisa de ninguém, as pessoas trabalham pelas suas próprias realizações (vestem as próprias camisas). Sendo isso uma realidade, o segredo é convergir os propósitos da empresa com as aspirações das pessoas que deseja contratar. Essa abordagem honesta e realista acaba por atrair profissionais mais verdadeiros, resultando num ambiente de trabalho mais honesto e sólido.

4 – Não prometa nada que não possa realmente cumprir. Isso é fundamental para estabelecer uma liderança respeitada.

5 – Questione com objetividade, tentando compreender o peso dos conceitos de responsabilidade e comprometimento.

6 – Tenha sempre em mente o fato de que formação é sim muito importante, mas não é tudo. Portanto, tente entender como foi a atuação desses candidatos em projetos e trabalhos anteriores. Se foram inconstantes, pulando de um barco para o outro a toda hora, ou se tiveram início, meio e fim; ou pelo menos, início e meio.

7 – Fuja dos performáticos, loucos para impressionar. Como antídoto, direcione a conversa para uma abordagem exaustivamente objetiva e direta.

Por fim, saiba identificar e correr daqueles que observam em você, a grande solução para os seus próprios problemas, mas busque pessoas que tem sede de realizar, de solucionar e transformar.

Depois de encontra-los, por favor, trabalhe para não perdê-los.

Boa sorte!

Gustavo Chierighini, da Plataforma Brasil

Para ler outros textos da coluna da Plataforma Brasil no Saia do Lugar, clique aqui.

  • O famoso Mike Michalowicz do The Toilet Paper Entrepreneur publicou há alguma tempo um artigo no Wall Street Journal sobre como se livrar de “lixos” quando se tenta contratar um profissional em sites de empregos como Catho e outros. É um tanto interessante.. http://bit.ly/bj9woY

  • Contratação é uma arte. não há como se livrar totalmente de problemas futuros, o que podemos fazer é mitigar alguns riscos. A Prime Consulting (http://www.primeconsulting.com.br) tem um processo diferenciado de contratação e auxilia seus clientes nesta arte. Visitem o site e vejam detalhes.

  • Ubaldino

    É muito importante ter novos conhecimentos, parabens