Existem infinitas oportunidades por aí, só não vale ficar parado

A dica de hoje foi dada por Seth Godin em seu blog

A dica de hoje foi dada por Seth Godin em seu blog

Não são poucas as oportunidades que você tem, existem milhares (ou mais).

Você pode investir seu orçamento de marketing de diversas maneiras, morar em vários lugares enquanto consegue trabalhar pela internet, entrar em contato com pessoas diferentes, lançar projetos diferentes, contratar profissionais diferentes… Você pode publicar suas ideias de várias formas, interagir com milhões de produtos, lançar algum tipo de produto ou serviço sem precisar ter uma fábrica.

Muitas opções.

Se é emocionante imaginar essas possibilidades, saia do lugar!

Se o excesso de opções não te deixa dormir de noite, limite suas escolhas. Não entre em aviões, não trabalhe para imbecis, não trabalhe finais de semana…

Qualquer regra que você quiser.

Não importa o que você escolha, só não escolha ficar parado.

Para fazer algo relevante, não precisa ser algo complicado e trabalhoso. Lembra-se do vídeo: O que você pode fazer em um minuto?

Se tem uma escolha simples que você pode tomar agora e irá facilitar sua carreira de empreendedor é assinar nosso RSS ou nos seguir no Twitter: @empreendemia.

  • Danilo

    Millor parabéns pelo trabalho de vocês suas dicas estão me ajudando e muito. Eu so queria te perguntar … estou começando uma empresa e muitas pessoas falam “Ah isso não vai da certo não , por isso e por aquilo” 99% das vezes eu nem escuto mais tem dias que fico um pouco preocupado com isso e fico meio desanimado. Isso é normal par aum empreendedor que está começando?

  • luizpiovesana

    Oi Danilo, tudo bom?

    Obrigado pelos elogios!

    Sim, é muito comum a maioria das pessoas não acreditarem numa ideia que
    ainda não saiu do papel. O que não pode acontecer é isso te desanimar, já
    que as pessoas que não acreditam normalmente não acreditam pq não
    conseguiriam fazer acontecer o que você está fazendo.

    Claro, nem todo feedback deve ser jogado fora. Por exemplo, se seu futuro
    cliente não enxerga valor, isso passa a ser um problema – se ele enxerga,
    assim que você msotrar que você tem clientes pagando pelo o que você faz, as
    pessoas passaram a acreditar.

    Sério, isso aconteceu/acontece com a gente. hehehe

    Abraços,
    Luiz

  • Danilo,

    Muito obrigado pelos elogios. Fico muito feliz em saber que nosso conteúdo
    tem sido útil.

    Sobre sua pergunta, é preciso analisar o que as pessoas estão falando. Por
    que elas acham que não vai dar certo? Se apontarem falhas específicas no seu
    plano, é importante analisá-las e pensar ou em corrigí-las ou pensar em
    argumentos para mostrar que esses pontos não são falhos.

    Como tudo no empreendedorismo, existe um meio termo. Se ninguém fala que
    você vai falhar, isso significa que você não está inovando o suficiente. Se
    todo mundo fala que você vai falhar, provavelmente você está criando algo
    que não tem demanda.

    No nosso caso, poucas pessoas falaram “vocês vão falhar”, mas várias
    apontaram erros no plano. Aprendemos então com esses erros e melhoramos
    nosso plano, isso foi fundamental pra evolução do produto.

    No seu caso, como tem sido os feedbacks?

    Abraços!

  • Tão importante quanto ensinar como empreender, é trazer palavras que deixem o cara motivado. Porque é só resolver criar o próprio negócio, que começam a aparecer oportunidades “seguras” e que pagam bem.

    Mas agora o negócio é empreender! 😀 E o Saia do Lugar ajuda muito. 😀