Homem com uma máquina de escrever para ilustrar conteúdo sobre escrever um livro.

Tem vontade de escrever um livro? Aprenda a começar agora

Plantar uma árvore, ter um filho e escrever um livro. Uma das principais aspirações das pessoas não é uma tarefa fácil e está longe de ser um clichê na prática. Saiba aqui como iniciar esse projeto.

Muitos empreendedores têm o sonho de escrever um livro para compartilhar seu conhecimento com um número ilimitado de leitores. E, ainda que demande bastante trabalho e dedicação, essa é uma empreitada possível de ser realizada. Sobretudo se algumas práticas forem adotadas ao longo do processo, garantindo que seja eficiente e produtivo.

Nesse artigo vamos discutir algumas ações que devem ser levadas em consideração no início da produção de um livro. Seguindo as nossas dicas, vai ficar muito mais fácil começar e continuar o trabalho, conquistando um objetivo tão nobre. Boa leitura!

O valor de um livro

Lançar um livro é uma ótima estratégia para reforçar a sua autoridade em determinado meio. Se você é um empreendedor e busca angariar mais leitores para as suas teorias, técnicas e ensinamentos, contar com a ideia dos blogs e investir na produção de um livro pode ser um excelente caminho.

Afinal, entra ano e sai ano, essa é uma plataforma de conteúdo que continua com imensa credibilidade e reconhecimento. Como demanda bastante trabalho, dedicação, conhecimentos específicos e experiência no assunto abordado, o livro é entendido como um documento que atesta a capacidade e a seriedade do seu autor, aumentando a sua credibilidade em um mercado sempre competitivo.

Os desafios de se escrever um livro

Mas, claro, nem tudo é um mar de rosas e escrever um livro traz, sim, muitos desafios. Antes de tudo, é preciso aprender a lidar com a insegurança e as incertezas do processo o que, muitas vezes, pode ser um longo caminho.

Além disso, o autor deve se preparar para pesquisar as formas de publicação e encontrar aquela mais adequada às suas necessidades, o que pode levar algum tempo (e incluir algumas negativas que não devem ser capazes de desanimar você).

Para além disso, é preciso disciplina, muita pesquisa e concentração. Mas os resultados são recompensadores!

Como começar

Para começar a escrever o seu livro, você deve se preparar! Ainda que o trabalho de gerar conteúdo seja, de fato, o mais prazeroso e complexo, existem alguns fatores que devem ser observados antes, para garantir que tudo saia conforme o esperado.

Acompanhe as nossas dicas.

Escolha o tema

Antes de mais nada e por mais que você queira abordar muitos assuntos ao longo da sua carreira, é preciso definir um tema para o seu livro com bastante objetividade. Assim, vai ser muito mais fácil elaborar a estrutura de capítulos, realizar as pesquisas e conhecer o seu público-alvo, bem como as suas expectativas.

Portanto, lembre-se: por mais que seja tentador abraçar o mundo, concentre-se naquilo em que você é realmente um especialista.

Saiba como se diferenciar

O mercado editorial, assim como a grande maioria de áreas de negócio, e extremamente competitivo. Por isso, para ter maiores chances de sucesso, você precisa encontrar os fatores que o tornam especial.

Antes de começar a escrever o seu livro, pergunte-se o que o torna diferente dos concorrentes. Por que razões os leitores vão escolher o seu livro e não outros semelhantes? O que você tem de positivo que outros autores não têm? Conhecer os seus pontos fortes vai fazer com que você trabalhe com mais segurança e, também, com que explore melhor esses diferenciais, em todas as fases da produção do livro, do processo de escrita até a divulgação.

Conheça a sua audiência

Um livro só tem sentido de existir se tiver leitores, não é mesmo? Por isso, antes de começar a produzir você precisa conhecer o seu público-alvo e as suas demandas. Quais são as maiores dúvidas dos possíveis leitores? Quais são seus hábitos de consumo e interesse? Tudo isso vai ajudar você a encontrar a melhor forma de dialogar com eles, tornando o seu livro ainda mais acertado.

Defina o tom

Agora que você conhece o seu público, é mais fácil definir o tom e a linguagem que serão utilizados em seu livro. É preciso encontrar um equilíbrio. Você deve mostrar o seu conhecimento e experiência sem, no entanto, espantar os leitores com termos muito técnicos e um linguajar de difícil compreensão.

Para ajudar nessa definição, vale ler outros livros com propostas semelhantes e entender quais são aqueles que acertaram na linguagem e os motivos para isso.

Planeje

O planejamento é fundamental. Defina um cronograma de trabalho e um prazo para a finalização do seu livro. Trabalhar constantemente para manter-se dentro do cronograma é uma das formas mais eficientes de concluir um livro.

Tenha certeza que você não vai se sentir inspirado e motivado todos os dias, mas ter em mente os prazos acertados com você mesmo é uma forma de se organizar para continuar produzindo.

Crie uma rotina

Antigamente existia a ideia de que escrever era uma atividade que dependia de inspiração, muito mais do que de dedicação. Felizmente, essa ideia ficou para trás e hoje sabe-se que a escrita é um trabalho como qualquer outro, que demanda esforço e concentração.

Para ajudar nesse sentido, estabelecer uma rotina de produção é indispensável. Não dá para escrever um livro só quando você estiver tranquilo, ou nas horas vagas entre uma tarefa e outra. Estabeleça um horário para a realização dessa tarefa e suas pesquisas, determine quantas horas por dia pode trabalhar e cumpra!

Drible as crises

Todo processo criativo é permeado por algumas crises e é muito pouco provável que você escape delas. É natural que em alguns momentos você questione a sua capacidade ou mesmo o propósito de escrever um livro. O importante aqui é driblar esses momentos e não deixar que eles atrapalhem a sua produção. Continue firme na sua rotina, exercite a mente e esses momentos vão acabar passando! Pode confiar.

Busque meios de publicação

Atualmente existem várias formas de publicar um livro, que vão desde a seleção por uma editora tradicional no mercado até a autopublicação, passando pela publicação exclusivamente online, as plataformas de crowdfunding e os patrocínios. Um escritor deve conhecer essas possibilidades para estar apto a escolher a que mais se adequa às suas necessidades. Portanto, pesquise bastante, converse com outros escritores, frequente cursos e palestras relacionados ao assunto. Este é um conhecimento muito precioso e que vai ajudar bastante na sua empreitada.

Escrever um livro não é uma tarefa fácil, mas pode ser bastante recompensador. Organize o seu tempo, trace um plano de ação, continue sempre em busca de conhecimento e dedique-se. Pode ter certeza que em pouco tempo será possível ver o resultado do seu trabalho. À medida que o livro vai ganhando corpo, você se sente cada vez mais seguro e motivado. Então, é só seguir firme e forte no processo.

Mãos à obra? Para se inspirar e deixar você ainda mais motivado com a ideia, que tal baixar o nosso e-book que apresenta alguns dos principais best sellers de empreendedorismo? São excelentes leituras, que podem fazer toda a diferença em sua visão de negócio e mesmo no seu processo de escrita.