Entrevista com Fábio Barbosa

Entrevista com Fábio Barbosa

Entrevista com Fábio Barbosa

Como fui bolsista do Santander em 2008, fui convidado recentemente para participar do II Encontro de Reitores do Santander, em Guadalajara-MEX.

Além da viagem ter sido muito legal, tive  a oportunidade de bater um papo com Fábio Barbosa, ex-presidente do Santander Brasil  e da Federação Brasileira de Bancos. O cara é tão sinistro que tem até página sobre ele na Wikipédia.

(Link direto para o vídeo no Videolog)

O mais interessante dessa entrevista é que Fábio foca em 2 grandes características do empreendedor que defendemos muito por aqui, liderança e otimismo. Ele próprio é um fantástico líder e um grande entusiasta do empreendedorismo brasileiro.

Se além de Fábio, você quiser conferir a opinião de empreendedores ligeiramente menos gabaritados que ele, seguem nossos artigos sobre o tema:

Abraços,
Millor Machado (futuro líder e grande entusiasta do empreendedorismo brasileiro)

Obs.: Sabemos que o áudio não ficou lá uma Brastemp. Portanto, agradecemos muito se alguma alma caridosa se voluntariar a fazer uma versão com legendas. É só pedir o arquivo do vídeo pra [email protected]

  • Silviaferreira Jor

    Otimismo nunca resolveu os inúmeros problemas que já tive com o Santander, que sempre me passou a imagem de um banco sem liderança – já que Líder bom é aquele que consegue atingir as bases. Aliás, ter uma página no Wikipedia não é tão difícil assim… É tão fácil quanto criar uma página para o Santander na Desciclopédia. Desculpe, empreendemia, amo vocês, a intenção foi boa, mas este post é #fail. Pois antes de investir em mkt pessoal, é preciso investir na excelência do seu produto. Isso o Empreendemia sempre soube, já o Santander… (Silvia Ferreira, uma correntista EXAUSTA)

  • Humbertoaguni

    Apesar que nunca ter sido correntista deste grupi financeiro, me passa essa mesma idéia, isto pela algumas vezes ja ter entrado neste banco para fazer algumas operações bancarias. O quadro de pessoal deixa muito a desejar.

  • Humberto,

    Agradeço muito pelo feedback. Pessoalmente nunca tive essa experiência com o Santander, por isso é tão importante ouvir o que as outras pessoas tem a dizer.

    Abraços!

  • Patricia Oliveira

    Olá Humberto, tudo bem?

    Trabalho no Santander com redes sociais e gostaria muito de entender o que aconteceu em relação ao nosso quadro de colaboradores. A crítica é muito importante para nós e desde já gostaria de pedir desculpas em nome do banco por todo o inconveniente que você tenha passado.
    Entendo que estas palavras possam talvez parecer evasivas a você mas gostaria muito de certificar que vamos fazer o possível para corrigir estes pontos e se ainda pudermos oferecer a você nossos serviços, quero deixar aberto o nosso canal de atendimento no Twitter (@santander_br) para que possamos conversar, e ouvir de você sugestões e críticas, para Juntos construirmos um banco melhor.

    Um grande abraço,
    Patricia Oliveira da Silva
    santander_br (Twitter oficial Santander)
    sacsantander_br (Twitter oficial de atendimento do Santander)

  • Roberto Fermino

    Ué que preocupação de Relacionamento é esta que deixa nossa amiga Silvia sem resposta? Isto pq ela já é correntista e foi quem originou o comentário do post.

  • Redes Sociais-SAC Santander

    Oi Roberto!
    Nossa amiga Silvia não ficou sem resposta, é que no caso dela conseguimos localizar o contato dela no Twitter e fizemos todo o relacionamento através do próprio Twitter (@sacsantander_br e @silviaferreira). Estamos lá a disposição! Abs.

    Déborah Dias
    Redes Sociais – Santander Brasil
    @santander_br

  • Roberto Fermino

    Vcs tem que estar aqui a disposição, não lá. Não creio que se explicarem somente no nível pessoal seja a alternativa correta. O que acontece qdo usuários leem depois a crítica? Pois ela permanecerá e não foi minimizada. Att.

  • O Fábio Barbosa é o cara! Não sei se podemos desqualificá-lo por que um banco do tamanho do Santander enfrenta problemas de relacionamento pontuais com correntistas. Queria compartilhar com vocês um vídeo muito interessante do Fábio, em que ele fala sobre valores no TEDxSP de 2009. http://www.tedxsaopaulo.com.br/fabio-barbosa/

  • Valeu Gustavo!

    Um ponto importante também é que faz pouco tempo que ele está no Santander.
    Não dá pra mudar uma cultura do dia pra noite.

    Esse vídeo do TED é realmente sensacional.

    Abraços!

  • Fabio Pessoa

    Não estamos falando de atendimento, o foco aqui é EMPREENDER, ser empresário.

    Achei fantástico os dois lekes que ele abriu, concordo plenamente sem sombra de dúvidas.
    Muito legal o vídeo, inspirador empreedemia, parabéns (de modo particular ao câmera).

    Sou cliente Banco Real desde minha primeira empresa (tenho 23 anos), e todos nós sabemos que muitas vezes os bancos deixa sim a desejar. Mais não acho que o presidente foi mal sucedido em sua colocação, deu duas dicas importantes (free) sobre sua experiência como executivo, aliás, todas organizações tem seus altos e baixos Silvia Ferreira.

    Não espere que alguém faça algo por você, no máximo que vai conseguir é abrir um chamado.. #DoItByYourSelf
    Outra coisa, joguei seu nome no Wikipédia e não encontrei, então não diga que as coisas são fáceis com outras falavras.

    Tem todo direito de se expressar, claro, mas não deixe uma má impressão do post garota, está parecendo brasileira boba twittando #CalaBocaGalvão.

    Sabia que no mundo corporativo também existe controle remoto? #Reflexão

  • Leonardo Avelar

    Concordo com o que foi dito que não podemos simplesmente condenar o Fábio Barbosa pelo problema de relacionamento do Santander (que não sou correntista e que não conheço!).
    As dicas de empreendedorismo dadas pelo Presidente do Santander Brasil são preciosas e uteis, isso não podemos negar. Além disso, o vídeo indicado pelo Gustavo Veloso também comprova que ele é uma pessoa de bagagem e que vale a pena ouvir!

    Espero que o relacionamento da banco melhore para aqueles que reclamaram (pelo menos, parece que eles começaram a correr atrás).

    Abraços!

  • Roberto Fermino

    Olá, Fabio.
    Gostaria de comentar meu ponto de vista, já que fiz alguns questionamentos em comentários anteriores neste post.
    Bom, primeiro concordo que o foco é EMPREENDER e justamente por isso atendimento é de suma importância, digo atendimento no sentido mais amplo de comunicação. Umas das dificuldades maiores dos empreendedores é conseguir explicar O que é seu produto? Como vende? Qual é o benefício para o consumidor/interessado? sem um ótimo atendimento/comunicação a gente, simplesmente, não empreende nada.
    Com Relação ao post, gostaria de fazer uma separação entre o sr Barbosa e o banco Santander.
    O sr. Barbosa é um dos caras em que eu me inspiro, teve uma trajetória acendente num ambiente não tão favorável. Fez disso um motivador em sua carreira e sua filosofia de vida se permeou no Real trazendo inovação e um comprometimento ainda maior com as questões éticas. Obteve um sucesso grande ao passar da posição de banco adquirido para presidente do banco comprador, o feito só aumenta qdo pensamos que levou os principios do banco Real para dentro do Santander. Resumindo, o admiro muito. É o cara.
    Agora comentando sobre o Santander, este choque de culturas não foi de todo pacífico, vejam os próprios depoimentos dos funcionários nas palestras da Endeavor, por exemplo. Nesse aspecto, comenta-se que o comercial IGOR do Santander foi um divisor de aguas dentro da empresa. Soma-se também a visão do Santander de se impor como um dos maiores players no setor e consequentemente os efeitos colaterais advindos dessas ações. Isto tudo gera sim complicações que precisam ser resolvidas pelo Santander, sendo o Fabio o seu maior representante.
    Um Abraço.

  • Mc2dri

    muito boa entrevista. parabens.

  • ca

    ola falo de londrina parana onde vcs do banco santander tem um empresa tercerizada de emprestimos consignados via telermarketing pois tenho algumas reclamaçoes, pois ja fui funcionario dessa empresa e eu como muitos outros que ja passaram por essa empresa venho em nome de todos que ja nao fazem parte mais do quadro de funcionario para que vcs vejam se o problema dessa empresa  aqui no parana nao fluir e culpa mesmo dos funcionarios ou de seu supervisor que trata seus funcionarios muito mal, humilhando os operadores na frente de todos e passando por cima de ordens que veêm de vcs ai de sao paulo entao nao seria a horar de parar para pensar um pouco aonde esta realmente o problema dessa empresa e agir.O nome da empresa aqui no parana e agil cred desde ja muito obrigado pela sua atençao e que se resolva este problema e peço por gentileza nao divulgar o meu nome desde ja agradeço.

  • Rafael Guedes

    Otimismo nunca é demais em qualquer área de nossas vidas. Não deveria ser diferente no empreendedorismo. Costumo dizer que pessoas negativas não são criativas. Assim sendo não sobreviveriam muito tempo como empreendedoras. Sou muito fã daquelas pessoas que aparentemente não ‘esquentam’ com nada. É aquela máxima de ver problemas como oportunidades de desenvolver soluções e criar relacionamentos! Não é algo que se aprende em um MBA, e sim uma decisão que se toma para a vida.