empreender sem largar o emprego

Como vencer o desafio de empreender sem largar o emprego?

Saber se organizar para empreender sem largar o emprego é um verdadeiro desafio. Por isso, preparamos 5 dicas para te ajudar nessa jornada!

O sonho de todo profissional e ter o seu próprio negócio. Trata-se de um desejo que todo mundo tem, mas saber se organizar para empreender sem largar o emprego é um verdadeiro desafio. Isso porque abrir um novo negócio não é fácil. Existem muitos fatores legais que devem ser levados em conta na hora de empreender. Por isso, muitas pessoas preferem não arriscar largar o seu emprego e investir no sonho de montar o próprio negócio enquanto empregado.

Saber o que realmente quer fazer é um dos principais dilemas de quem quer se aventurar no empreendedorismo. Muitas vezes, fica a dúvida na cabeça, se vamos investir no que já fazemos, enquanto profissionais de uma empresa, ou se optamos por uma qualidade que temos em outra área. Já vi muitos profissionais de um determinado segmento de mercado abandonar tudo e começar uma nova carreira em um mercado completamente diferente. É possível? Sim, mas não é simples.

Independente de qual área você quer empreender, é importante tomar algumas medidas para fazer o seu negócio fluir da melhor forma possível. Para isso, elaborei 5 tópicos fundamentais para ter sucesso na jornada dupla de trabalho e na realização do sonho de montar o seu próprio negócio. Me acompanhe:

1. Pesquise mais sobre o mercado que você quer atuar

O que vemos nos dias atuais é que a decisão de empreender, muitas vezes, não vem de um desejo formatado e pensado. Mas tomado por alguma insatisfação no trabalho, ou por acreditar que é melhor investir em outra área na carreira, ou até mesmo por necessidade de aumentar a renda familiar.

Valide suas ideias

Independente dos motivos que te levam a querer montar o seu próprio negócio, é fundamental que você saiba mais sobre o que quer fazer. E quando eu digo saber mais, não se trata de ser um bom produtor, mas alguém que sabe onde está pisando. Se você administra uma empresa, por exemplo, é necessário que saiba mais sobre diversas áreas, que muitas vezes não fazem parte da sua rotina no trabalho atual.

Se você teve uma ideia fantástica, que não pode dar errado, mesmo assim é importante conversar com quem entende do assunto. Fale com especialistas sobre o mercado que você quer atuar, converse com o seu público-alvo e tenha mais informações.

Tenha dados consistentes em mãos

Uma pesquisa realizada em 2015 pela GEM (Global Entrepreneurship Monitor), mostra que a taxa de empreendedorismo no Brasil foi de 39,3%. Isso quer dizer que, o volume de empreendedores cresceu bastante, em relação aos últimos 14 anos, onde a mesma taxa era de 20,9%.

Pesquisar sobre o mercado que vai atuar é o primeiro passo para entender a concorrência, para saber o volume de oportunidades reais que você tem de ter sucesso em seu negócio.

2. Empreender sem largar o emprego exige muito foco

Se tem uma coisa que todo mundo que quer empreender sem largar o emprego sabe é que o tempo não é um forte aliado.

Conciliar o trabalho atual com o seu negócio, seja uma empresa ou um trabalho de freelancer, requer muito esforço e concentração. Isso é ainda maior, quando a sua área de atuação é completamente diferente do seu trabalho atual.

Chegar em casa e ainda continuar trabalhando é muito difícil e tem dias que você não vai querer fazer isso por nada nesse mundo. E é justamente nessas horas que você precisa manter o foco!
Aquela cervejinha gelada, a reunião com os amigos, a festinha marcada no mês passado muitas vezes vai ter que ser cancelada e dará lugar à planilhas, pesquisas e entregas que eram para ser feitas para ontem. Não desanime e mantenha o foco!

3. Utilize ferramentas para te auxiliar na gestão do seu negócio

A internet possui uma infinidade de opções de ferramentas que podem te ajudar a manter o foco, organizar sua gestão e otimizar o tempo que é tão valioso. É muito fácil encontrar ferramentas  ̶  gratuitas  ̶  que vão te auxiliar em diversas áreas do seu negócio. Listei aqui algumas que podem fazer sentido e te ajudar na organização da sua vida empreendedora:

Google Agenda

empreender sem largar o emprego

O Google definitivamente pode ser um grande aliado, quando o assunto é organização. Ele oferece diversos produtos gratuitos para você otimizar tempo, marcar reuniões, deixar a sua agenda impecável e ter uma gestão mais eficiente. A vantagem do Google Agenda é que você pode integrá-lo com a maioria das outras ferramentas que precisar utilizar em seu negócio.

Ferramenta de CRM

empreender sem largar o emprego

Você possivelmente já ouviu falar em CRM. Trata-se de um software de gestão e relacionamento com o cliente. Ele te ajuda a operacionalizar todas as estratégias que você precisa para o seu negócio.

Mais que isso, esse software é uma espécie de banco de dados e que funciona como um arquivo, onde você pode armazenar todas as informações sobre os seus clientes, sobre suas vendas, sobre oportunidades de vendas e muito mais.

Mais importante que pensar nele como uma ferramenta operacional, é enxergar sua capacidade estratégia de gerir o seu negócio.

Com um CRM você terá as informações mais relevantes sobre seus clientes e pessoas que buscam seus produtos e serviços. Existem diversos tipos de CRM disponíveis no mercado. A imagem acima é do CRM Agendor, que possui uma versão gratuita e com funcionalidades importantes a organização do seu negócio.

Evernote

empreender sem largar o emprego

Esse programa é uma espécie de banco de anotações. É um caderno virtual, onde é possível guardar a informação que você quiser como por exemplo, anotações, vídeos, imagens, links, textos, revistas virtuais, fotos de produtos, pautas, etc. Com ele você pode montar atividades em grupos ou sozinho e gerenciar todas as informações relevantes do dia a dia sobre os seus negócios.

Trello

empreender sem largar o emprego

Trata-se de uma ferramenta que ajuda a gerenciar todos os seus projetos e manter um cronograma de trabalho e entregas dentro dos prazos.

Você pode utilizá-lo para organizar tarefas, estágios de projetos, viagens, compras, e várias outras coisas que você puder imaginar. Ele também oferece o compartilhamento de atividades, onde você pode otimizar os trabalhos em equipe e definir a responsabilidade e prazos de entregas de serviços de cada integrante da equipe.

É uma excelente ferramenta, para quem precisa gerenciar projetos com fornecedores e parceiros. Pode ser utilizado também para gerenciar atividades e deadlines diários, semanais e mensais do seu novo negócio.

Todas essas ferramentas oferecem versões gratuitas. Também possuem versões pagas que podem ajudar bastante, caso o seu negócio comece a expandir e precise de mais recursos.
Outro ponto muito importante é a facilidade na utilização de cada uma delas na versão mobile.

Sabemos que, com a correria do dia a dia e com a jornada dupla de trabalho, muitas vezes você depende do celular para resolver problemas e ajustes em seu projeto.

4. Construa uma boa rede de contatos

Se você quer empreender é indispensável construir uma base sólida de contatos. Fazer um bom networking é fundamental para desenvolver as atividades de sua empresa e, dependendo do mercado que você atuar, ela ainda é muito mais importante do que você imagina. Existem profissionais como promotores de eventos, consultores e vendedores que dependem exclusivamente da sua rede de contatos para ajudar no desenvolvimento de seus negócios.

Principalmente para quem está iniciando um negócio próprio, uma boa rede de contatos pode ajudar a abrir diversas portas e oportunidades de negócios. Por isso, mantenha a sua rede de contatos sempre ativa! Isso envolve amigos, família, colegas de trabalho, da escola e de todos os outros ambientes potenciais onde o seu produto/serviço pode fazer parte.

5. Coloque a cara na vitrine

Mesmo depois de você organizar tudo, ter uma boa rede de contatos, manter o foco nas atividades do seu negócio e utilizar ferramentas para ajudar na gestão, existe uma coisa que é super importante: Apareça!

As pessoas precisam saber e conhecer mais sobre o seu negócio. Mesmo que seja pequeno e que esteja começando, é muito importante você deixar claro os seus objetivos de empreendedorismo.

Então ponha a cara na vitrine e mostre para a sua rede de contatos, as vantagens, os valores, as possibilidades que o seu produto/serviço pode oferecer à todos.

No final das contas, empreender sem largar o emprego depende de diversos fatores que você deve levar em consideração. É preciso levar em conta que é importante manter tudo organizado para realizar o seu sonho de ter o seu próprio negócio.

Gostou das dicas? Então confira quando vale a pena largar o emprego para empreender e esclareça ainda mais as suas dúvidas sobre esse assunto.

 

  • Bruna Moreira

    Ótimas dicas!

    • Glen

      Valeu Bruna! 🙂

  • Márcia Guimarães

    Maravilha, Glen! Bem pontuado seu texto e ótimas dicas para melhor produtividade. Parabéns!