Empreendedorismo digital

Empreendedorismo digital: saiba o que é e como fazer

O empreendedorismo digital tem sido visto como um pilar fundamental para o crescimento econômico de vários países, inclusive no Brasil, pois estimula a inovação e a criação de emprego e renda.
Cursos de Marketing Digital para empresasPowered by Rock Convert

À medida que os negócios e a sociedade se transformam por meio das tecnologias, o empreendedorismo digital vai se moldando a esse novo cenário, ainda desconhecido por muitos.

Se você é um empreendedor nato ou um profissional de marketing e publicidade deve conhecer essa tendência. Foi pensando nisso que desenvolvemos este post. Então, descubra a partir de agora o que é empreendedorismo digital, as vantagens proporcionadas e como utilizá-lo de forma estratégica!

O que é empreendedorismo digital?

O empreendedorismo digital representa a criação de novos empreendimentos, e a transformação de negócios já existentes, usando tecnologias de internet. Ou seja, usam canais de comunicação online para expor marcas, produtos e serviços. Muitas empresas que possuem ou alugam pontos físicos para estabelecer lojas e escritórios, estão migrando para a internet, criando pontos de atendimento e vendas online.

Além disso, muitas empresas nascem já na internet e são totalmente virtuais, sem pontos físicos de atendimento. À medida que as pessoas vão substituindo o dinheiro por cartões de crédito e débito, essa tendência cresce. Além disso, ela oferece outras vantagens que você conhecerá a seguir.

Quais são as vantagens desse tipo de empreendedorismo?

Agora que você já sabe o que é empreendedorismo digital, descubra alguns motivos que o torna tão atrativo aos olhos dos investidores!

Melhora a segmentação do público-alvo

Até o início dos anos 2000, se um empreendedor quisesse que o seu negócio atingisse as massas, as melhores opções de divulgação eram imprimir e distribuir panfletos, alugar um outdoor, fazer anúncios em jornais impressos, no rádio e na TV. Porém, esse método não era tão eficiente, já que, além de caro, não oferecia meios para a segmentação do público.

Hoje, com a ajuda das redes sociais e a implementação de técnicas de Inbound Marketing, você consegue obter uma lista de clientes realmente relevante. Ou seja, só com aqueles que possuem interesse no seu produto ou serviço. Isso pode ser feito com menores investimentos e muito mais retorno.

Reduz a necessidade de investimentos

E não é só no marketing que o empreendedor digital pode economizar. Uma loja online pode reduzir consideravelmente a necessidade de capital inicial para a abertura. Isso porque dispensa contratações de grandes esquipes de vendedores, custos com aluguel do ponto, compra de móveis e equipamentos, pagamento de contas de água e luz etc. Toda essa economia pode ser transformada em vantagem competitiva ao repassar parte dela para o consumidor.

Aumenta o alcance de público

Se por um lado o marketing digital reduz a sua lista de contatos pela segmentação, por outro ela possibilita aumentá-la encontrando o perfil de comprador ideal em locais mais distantes.

Ou seja, não importa se ele está na mesma cidade que você ou do outro lado do mundo. Se puder enviar a mercadoria até ele, ou prestar o serviço online, ele se tornará um consumidor em potencial, aumentando as suas chances de fazer negócios.

Em quais nichos de mercado ele pode ser implementado?

Basicamente, a estratégia pode ser aplicada em todos os negócios que permitem a venda de produtos e a prestação de serviços a distância, por meio da internet. Isto é, tudo o que puder ser digitalizado, como músicas, textos, imagens e vídeos podem ser comercializados online. O e-commerce (loja virtual), por exemplo, é, provavelmente, um dos modelos de negócios mais antigos do empreendedorismo digital.

Powered by Rock Convert

Como colocar o empreendedorismo digital em prática?

Assim como no empreendedorismo convencional, o digital demanda estratégias para gerar bons resultados. Então, confira agora, algumas dicas que separamos para você ter sucesso!

Escolha o seu segmento de atuação

Segmentos são nichos com características e necessidades específicas dentro de um mercado mais amplo. Por exemplo: um shampoo para cabelos cacheados representa um nicho do mercado de produtos para cabelos, que por sua vez, faz parte do mercado de cosméticos.

Dificilmente um produto ou serviço atenderá as necessidades de todo mundo. Por isso, é recomendável que segmente o público para diminuir a concorrência e desenvolver um diferencial. Isso pode tornar o seu negócio referência em alguma área específica, diminuindo os esforços para atender públicos muito variados.

Analise o mercado profundamente

Conhecer bem a concorrência é a melhor maneira de obter uma vantagem competitiva, já que pode oferecer soluções onde os outros falham. Também permite o desenvolvimento de produtos e serviços verdadeiramente únicos. Com o empreendedorismo digital você pode fazer essa análise no conforto de casa ou do escritório, buscando informações de clientes em redes sociais e testando o atendimento online.

As reclamações do público servem como uma oportunidade para você e os elogios dão uma direção do que desejam. Assim, repita o que está dando certo para os outros e tente corrigir o que não está.

Faça um bom planejamento

Sem objetivos você não consegue chegar a lugar nenhum. Então, com base numa pesquisa de mercado, elabore um plano de negócios com metas diárias, semanais, mensais e anuais, descrevendo inclusive meios para alcançá-las. Aqui, você deve responder as seguintes perguntas:

  • Ao se colocar no lugar dos consumidores, você compraria o que vende?
  • Você consegue executar sua ideia melhor que a concorrência?
  • Como você vai fazer isso?
  • O que você pretende alcançar com o negócio?
  • Que problema o produto ou serviço resolve?
  • Quais são os riscos e ameaças envolvidos?
  • A sua ideia é fácil de ser compreendida?
  • Quais são as oportunidades?

Além de dar uma luz sobre o potencial do negócio, as respostas para estas perguntas devem mostrar pontos que ainda precisam ser melhorados, como vulnerabilidades.

Crie um protótipo do negócio

Antes colocar o negócio em prática, você precisa confirmar se a ideia é realmente viável. Nada melhor para isso do que a criação de um MVP (Minimum Viable Product). Ele representa uma versão simplificada do site, do produto ou do serviço, usando os recursos mínimos necessários para executar testes operacionais. A versões beta de um aplicativo é um exemplo prático do MVP.

Então, para validar o seu MVP, promova pesquisas de opinião, obtenha ajuda de especialistas no mercado e realize testes A/B. A partir do feedback recebido, você poderá implementar as melhorias necessárias e lançar um produto mais alinhado com as exigências do mercado, aumentando as suas chances de sucesso.

Invista no marketing digital

Por último, invista na publicidade online. É claro que a divulgação offline é válida, mas se o seu negócio é digital e, considerando as vantagens de uma publicidade na internet, é no ambiente online que ele deve ser divulgado. Nesse caso, desenvolva estratégias de interação com o público por meio de blogs, redes sociais, e-mails e, claro, conteúdos em vídeo. O Facebook Business, por exemplo, oferece condições para você montar uma página própria sobre o negócio, podendo até vincular a loja virtual nela.

O empreendedorismo digital é o futuro dos negócios, mas, para ter sucesso, você deve se preparar para aproveitar ao máximo as oportunidades. Então, especialize-se na área e torne-se um expert no assunto.

Pronto para começar? Conheça agora os melhores cursos que vão preparar você para o empreendedorismo digital!