Empreendedor por necessidade e oportunidade

Diferença entre empreendedor por necessidade e oportunidade

o empreendedor por necessidade e oportunidade possuem perfis distintos, mas a mesma vontade de se tornar dono do próprio negócio e vencer os obstáculos do universo corporativo.

Você sabe quais as diferenças entre empreendedor por necessidade e oportunidade? Já conseguiu identificar em qual desses grupos você se insere? Calma! Caso não saiba muito bem do que estamos falando, nesse post você aprenderá tudo o que precisa saber sobre o assunto.

Cada pessoa tem um estímulo para empreender. Seja qual for a razão para que alguém se arrisque em busca de seus sonhos, esses indivíduos são os responsáveis por manter o mercado sempre aquecido e criar novos métodos e produtos que são, diariamente, usufruídos por toda a sociedade.

Por serem tão importantes para o desenvolvimento da humanidade, é interessante sabermos mais a respeito. Por isso, o post de hoje pretende apresentar um panorama sobre os empreendedores por necessidade e oportunidade.

Ficou curioso? Então, continue com a leitura!

O que é um empreendedor por necessidade?

Você já ouviu falar em empreendedor por necessidade? Pois bem, quando utilizamos essa nomenclatura, nos referimos ao indivíduo que atravessa alguma dificuldade e vê no empreendedorismo a saída para seus problemas.

Assim, a necessidade pode se apresentar de diversas maneiras:

  • perda do emprego;
  • diminuição da renda familiar;
  • dificuldade em recolocar-se no mercado.

Ou seja, diante da necessidade real em conseguir renda para sobreviver, essas pessoas decidem abrir um novo negócio.

Salienta-se que, via de regra, eles têm pouca experiência empresarial e, portanto, podem enfrentar mais dificuldades em fazer o negócio prosperar. No entanto, com estudo e dedicação o sucesso é uma meta plenamente palpável.

O que é um empreendedor por oportunidade?

O empreendedor por oportunidade é, antes de tudo, um exímio observador. Ele está sempre atento às necessidades e demandas do consumidor contemporâneo e, ao enxergar a carência de determinado produto ou serviço, resolve implementá-lo em uma determinada região.

Identificar boas oportunidades não é uma tarefa simples e, por isso, é possível observar que esse perfil possui um conhecimento prévio — mesmo que não seja aprofundado — sobre o mercado.

Além disso, esse empreendedor é ousado. Alguns abandonam os empregos para se dedicarem à ideia e outros até utilizam as reservas financeiras para investir naquilo que acreditam ser uma oportunidade de crescimento.

Quais os impactos de cada um desses perfis no mercado?

O Brasil é o país do empreendedorismo. Certamente você já deve ter ouvido falar isso. As razões são simples, apesar de em 2015 o país ter apresentado uma taxa de empreendedorismo de 39% e em 2016 isso retroceder para 36%, ainda temos potencial para o mundo dos negócios.

E não é só isso, não bastasse os altos índices de empreendedorismo no país, o Brasil está entre os cinco países com empresários mais determinados. Ou seja, mesmo com toda a crise econômica e todas as dificuldades existentes no mercado interno, nossos empreendedores persistem em alcançar o sucesso.

Mas, voltando nossa análise para os dois perfis de empreendedores, a pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM) 2016 identificou que apesar da maioria dos empreendedores brasileiros serem por oportunidade, ainda existe um grande número daqueles que empreendem por necessidade.

Por outro lado, é preciso observar que em países com baixo índice de desenvolvimento econômico esse dado tende a ser invertido. Ou seja, é comum existirem mais empreendedores por necessidade do que por oportunidade.

Ressalta-se que 6,2% da população resolveu abrir o próprio negócio. Ou seja, nossa taxa de empreendedorismo inicial aponta que 6 a cada 100 brasileiros abriram um negócio em 2016.

Nesse cenário, a pesquisa também trouxe dados precisos sobre a motivação desses empreendedores iniciais:

Motivação Percentual Total de empreendedores
Oportunidade 57,4 15.022.742
Necessidade 42,4 11.113.080
Razão Oportunidade/Necessidade 1,4

Assim sendo, mesmo com a economia desacelerada, no Brasil o percentual de empreendedores por oportunidade ainda é maior do que os por necessidade.

Quais as diferenças entre empreendedor por necessidade e oportunidade?

Depois de conhecer um pouco sobre as características de cada um desses tipos de empreendedor, fica fácil entender em que consiste a diferença entre eles.

Em resumo, a grande diferença está no impulso para empreender. Conforme demonstrado anteriormente, o empreendedor por oportunidade é alguém que enxerga uma oportunidade de lançar um novo produto, conquistar um novo nicho ou até levar para uma região algo que já vem dando certo em outras localidades.

De outro modo, o empreendedor por necessidade, como o próprio nome diz, é alguém que se vê sem muitas opções. Ao enfrentar dificuldades financeiras e não conseguir colocação no mercado de trabalho, ele enfrenta o mundo dos negócios em busca de estabilidade financeira e realização pessoal.

O que esses dois perfis precisam ter em comum?

Até esse momento foi possível perceber as diferenças existentes entre os dois perfis de empreendedores existentes no país. Mas, o que eles precisam ter em comum para vencer as adversidades e conquistar bons resultados?

Mesmo que a motivação para empreender de alguns seja a necessidade financeira e de outros seja a identificação de uma oportunidade de negócio, ambos devem possuir características e desenvolver habilidades típicas de empreendedores de sucesso, como:

  • persistência;
  • paciência;
  • disponibilidade para aprender;
  • capacidade para recrutar e reter talentos;
  • dinamismo;
  • liderança;
  • criatividade;
  • foco;

Em outras palavras, mesmo que você esteja pensando em abrir uma empresa por ter pedido o emprego e não estar conseguindo colocação no mercado de trabalho, é possível alcançar bons resultados.

No entanto, obviamente, diante da falta de experiência e conhecimento de mercado, você deverá se esforçar mais, estudar, ler, observar e ir bem busca de ajuda para conquistar um negócio lucrativo e promissor.

Por outro lado, mesmo o empreendedor por oportunidade também precisa reunir as mesmas características e jamais abandonar o processo de aprendizagem. Afinal, ainda que se tenha certa noção de mercado, é preciso estar atento às oscilações e apostar em inovação.

Concluindo o post de hoje, é possível perceber que o empreendedor por necessidade e oportunidade possuem perfis distintos, mas a mesma vontade de se tornar dono do próprio negócio e vencer os obstáculos do universo corporativo. Saber em qual desses grupos você está inserido é imprescindível, pois cada um deles tem pontos fortes e fracos para serem trabalhados e, conforme dito, com garra, foco e conhecimento é perfeitamente possível se tornar um empreendedor de sucesso.

Quer aprender um pouco mais? Então, entenda qual é o papel do sócio proprietário dentro da empresa!