dicas para o linkedin: office

8 dicas essenciais para ter um perfil de sucesso no LinkedIn!

A capacidade de criar uma boa rede de contatos sempre foi um diferencial importante para se obter destaque no mundo dos negócios.

A capacidade de criar uma boa rede de contatos sempre foi um diferencial importante para se obter destaque no mundo dos negócios.

No ambiente globalizado contemporâneo, é possível unir esta fundamental habilidade de comunicação, com ferramentas que auxiliam profissionais de todo o mundo a compartilhar experiências, formar novas parcerias e melhorar o posicionamento no mercado.

Dentre essas ferramentas, sem dúvidas, o LinkedIn é uma das principais.

No artigo de hoje, nós vamos listar algumas interessantes dicas para o LinkedIn, explicar um pouco do funcionamento da rede e sobre o porquê você não deve deixar de ter um perfil nesta plataforma. Acompanhe!

Como funciona o LinkedIn?

Antes de iniciarmos nossa explicação sobre o funcionamento desta rede social é válido realizar uma breve contextualização desta ferramenta.

Criada no fim de 2002 pelo empreendedor americano Reid Hoffman, o LinkedIn foi desenvolvido visando gerar a conexão de colegas de trabalho e profissionais em uma espécie de rede social corporativa.

De lá para cá, a plataforma passou por um intenso crescimento e hoje conta com mais de 400 milhões de usuários, sendo, oficialmente, a maior rede social profissional do planeta.

A partir desta contextualização já é possível eliminar um dos equívocos mais comuns sobre o LinkedIn: o de que a rede é uma base de currículos.

Embora seja muito útil e recomendado destacar experiências profissionais na plataforma, seria muito simplista encarar o LinkedIn apenas como um repositório dos dados de uma carreira.

A principal diferença entre desta rede social e um portal de currículos consiste no fato de que, enquanto tais portais são ferramentas estáticas, o LinkedIn funciona como uma rede dinâmica, na qual, além de destacar suas competências, você poderá compartilhar conteúdo, criar e divulgar artigos, entrar em contato com colegas e fazer novas conexões.

Para participar do LinkedIn é simples. Basta fazer um cadastro rápido e preencher os campos que tem relação com sua carreira.

Todo este processo é feito de modo bastante intuitivo.

Além disso, a rede conta com uma eficiente Central de Ajuda, na qual você poderá sanar suas dúvidas sempre que surgirem.

A importância de ter um perfil na rede

Só no Brasil, o número de usuários do LinkedIn já supera 25 milhões.

Fazer parte de uma plataforma com um número tão expressivo de profissionais já poderia, por si só, ser considerado um motivo relevante para se inserir na rede e investir em um bom posicionamento.

Mas esta não é a única razão que motiva novos cadastros na rede.

Hoje, o LinkedIn é utilizado por recrutadores e headhunters em busca de novos talentos para uma companhia, serve como base de contato inicial para a criação de sociedades, parcerias comerciais e desenvolvimento de novos negócios, reúne profissionais em torno de grupos de discussão sobre um tema e pode, até mesmo, alçar a fama de um especialista sobre determinado assunto.

Com todos estes fatores, não é exagero dizer que o impacto do LinkedIn no mundo dos negócios é vasto.

A ferramenta contribui para a construção de uma imagem positiva no ambiente digital e, tratada com atenção, pode trazer frutos positivos para uma carreira.

Oito dicas para o LinkedIn

Agora que você já obteve uma visão geral do LinkedIn, nós separamos algumas recomendações para que você construa um perfil eficiente na rede e possa aproveitar todas as potencialidades desta ferramenta.

Dê atenção para a estrutura do seu perfil

Você já acessou um perfil no Facebook sem foto? E com erros gramaticais?

A impressão gerada não foi das melhores, não é mesmo?

No LinkedIn, a importância de tais pontos é ainda mais crucial, visto que estamos falando de sua apresentação para um ambiente profissional repleto de headhunters e donos de grandes companhias.

Para não fazer feio na rede, alguns elementos nunca podem ser esquecidos:

  • Foto:

É seu cartão de visitas. Utilize uma foto que esteja de acordo com o cotidiano de sua profissão e dê preferência para retratos com fundo neutro (você deve chamar mais atenção do que o ambiente ao seu redor).

Segundo informações do próprio LinkedIn, perfis com foto tem até 14 vezes mais acessos;

  • Título 

É o descritivo principal do seu perfil e geralmente se refere a seu cargo atual.

Além disso, pode complementar o título com alguma informação realmente relevante.

Um exemplo: Proprietário na empresa Saia do Lugar I Mais de dez anos de experiência com comunicação;

  • Resumo

Se a foto é seu cartão de visitas um bom resumo será, literalmente, sua carta de apresentação ao mercado.

Foque em apontar seus principais feitos ao longo de sua carreira, liste alguns projetos relevantes que desenvolveu e reforce seu know-how profissional;

  • Descritivo das experiências

Faça uma descrição objetiva de cada uma das suas experiências e fique atento a questões gramaticais;

  • Competências

Liste competências que você julga possuir e que são importantes para o exercício de sua profissão;

  • Cursos, idiomas e formação acadêmica

Por fim, liste os cursos mais significativos que você realizou ao longo de sua vida acadêmica e não esqueça de apontar os idiomas que domina.

Mantenha-se ativo na rede

A segunda de nossas dicas para o LinkedIn trata da importância de manter-se presente.

Por mais que você tenha estruturado um bom perfil na rede, sua presença no LinkedIn só obterá ganhos reais a partir do momento em que você mantiver uma participação ativa na plataforma.

Isso se faz por meio da interação com colegas, compartilhamento de links e de conteúdo, bem como da atualização do seu perfil – sempre que ela se fizer necessária.

Crie conteúdo relevante

Como já observamos, no LinkedIn, além de compartilhar conteúdo, você também poderá criá-lo, posicionando-se assim como um especialista em um campo de conhecimento.

Para fazer isso, você irá utilizar o Pulse, uma ferramenta específica do LinkedIn para a produção e divulgação de artigos.

Na hora de criar seus textos, foque em temas nos quais possua real domínio.

Observação: caso você seja proprietário de uma empresa, evite utilizar o espaço para divulgação direta de seus produtos e serviços, do contrário, você correrá o risco de ser considerado um spammer – no universo do LinkedIn, o termo se refere a profissionais que exageram na propaganda de seus produtos.

Fortaleça a sua rede de contatos

Manter a interação com sua rede, como já apontamos, é outro aspecto que deve ser levado em conta para quem almeja destacar-se no LinkedIn e manter um networking sólido.

Há diversas formas de manter esta interação.

Uma delas é recomendar seus colegas em competências relacionadas as atividades profissionais que eles exercem.

Outra dica útil consiste na postagem de comentários em conteúdos publicados por membros da sua rede.

Além disso, você pode enviar mensagens de felicitações por novas conquistas que algum de seus colegas alcançar, como por exemplo, um novo emprego ou uma promoção.

Por fim, adicionar contatos que podem enriquecer sua rede é sempre válido.

Para fazer isso de um modo assertivo, envie convites personalizados, se apresentando ao profissional que deseja incluir em sua rede.

O idioma do perfil

Criar perfis em mais de um idioma, a partir de uma mesma conta, é uma das ferramentas mais interessantes do LinkedIn, pois permite que você atinja profissionais de outros países e, consequentemente, aumente suas possibilidades de obter destaque em um contexto global, sem que seja necessário um novo cadastro na rede.

Justamente por dispor desta funcionalidade, não é recomendado que você “misture” idiomas em único perfil.

Além de afetar a padronização de seu LinkedIn, fazer isso pode prejudicar seu posicionamento nas buscas da plataforma.

Deste modo, se quiser ter um perfil em inglês e outro em português, por exemplo, opte por criar perfis individualizados dentro de sua conta.

Foque na personalização

Cada profissional tem seu modo de se comunicar com o mercado e com o ambiente corporativo de uma organização.

Neste sentido, busque traduzir uma linguagem própria para o seu perfil.

Isso não quer dizer que você não possa se inspirar em perfis bem estruturados do LinkedIn.

Todavia, evite “copiar” outra conta e encontre seu modo de dialogar com sua rede de contatos.

Do ponto de vista estrutural, também é possível deixar sua conta mais personalizada, editando, dentre outros elementos, a URL de seu perfil com seu nome.

Para fazer isso, acesse as configurações do LinkedIn, clique no campo “Editar seu perfil público” e, em seguida, edite a URL da sua conta.

O uso das palavras-chave

Para concluir nossas dicas para o LinkedIn, uma ferramenta ainda pouco explorada por profissionais, mas que se bem usada pode melhorar e muito seu posicionamento nas buscas do LinkedIn diz respeito ao uso de palavras-chave no perfil.

Por exemplo, se você atua no ramo da contabilidade, você pode repetir de modo estratégico expressões que remetam a sua função ao longo do perfil.

Faça isso com parcimônia para que sua apresentação na rede não seja comprometida.

Posso usar o LinkedIn para divulgar minha empresa e seus produtos?

Muitos usuários do LinkedIn têm interesse em divulgar sua empresa ou produtos na rede, mas não sabem como realizar isso de um modo não invasivo.

Antes de concluir o artigo de hoje, aqui vão algumas dicas sobre esta questão.

O primeiro passo para efetivar a presença de sua marca no LinkedIn consiste em dar destaque a ela através de seu perfil.

Faça uma boa descrição da empresa e de como ela contribui para o segmento em que está inserida.

Em seguida, crie uma página para sua companhia. No LinkedIn, tais espaços são batizados de Company Pages.

Do mesmo modo que seu perfil, é preciso manter um acompanhamento constante da página, pois ela pode se tornar uma ponte de contato com seus clientes.

Dentro da própria Company Page, você também pode criar Showcases – páginas relacionadas a um produto ou serviço específico de sua empresa.

Por fim, é possível fazer campanhas de marketing pagas no LinkedIn através do LinkedIn Ads.

A ferramenta conta com alto índice de assertividade e possui diferentes planos de divulgação.

Concluindo

Depois desta leitura, você deve ter percebido todo o potencial do LinkedIn.

Utilizá-lo de modo estratégico pode ser um diferencial relevante para sua carreira.

Seja dinâmico, utilize as dicas para o LinkedIn que listamos tendo em vista o seu posicionamento na rede e construa pontes de comunicação com um mercado cada vez mais globalizado.

Agora que você já sabe como o LinkedIn pode ser o diferencial do seu negócio, que tal aprender a fazer um bom marketing no Facebook?