dicas de empreendedorismo

Dicas de empreendedorismo: conselho é bom e esses 4 são de graça!

É mais barato e rápido aprender com o erro dos outros do que tentar sozinho! Veja 4 dicas de empreendedorismo para evitar dores de cabeça no futuro.

Existem muitos sites e blogs que dão dicas de empreendedorismo, porém infelizmente a maioria deles trata apenas do lado glamouroso de empreender. Os prêmios, as redes sociais, as reportagens, os investimentos etc.

Entretanto, quem empreende de fato sabe que tudo isso listado acima é uma pequena, quase minúscula parte do dia a dia de um empreendedor. Então, esqueça o oba oba, arregace as mangas e prepare-se para uma leitura diferente.

1- Talvez empreender não seja para você

Eu acredito que qualquer pessoa, independente de escolaridade ou condição social, pode ser empreendedor.

Você pode está achando no mínimo paradoxal o título do tópico e minha primeira afirmação, mas você realmente leu certo.

Apesar de empreender ser algo que qualquer pessoa pode fazer, não quer dizer que qualquer pessoa consiga fazer.

E não existe nada de errado nisso (caso você não tenha o perfil empreendedor).

E o que seria esse perfil empreendedor?

Muitas pessoas que dão dicas de empreendedorismo falam que todo empreendedor deve ter garra, determinação, resiliência, que deve ser louco etc.

O adjetivo não importa muito. O que importa é que você tem que estar preparado para:

  • Não ter dinheiro por um bom tempo;
  • Viver em uma montanha russa diária (altos e baixos toda hora);
  • Não ter tanto tempo livre para lazer;
  • Não ter tanto tempo livre para família, amigos, bem estar pessoal;
  • Assumir funções que claramente você não é a melhor pessoa para executar;
  • Uma pressão absurda da sociedade ou dos clientes ou investidores ou sócios ou todos juntos;
  • E tudo isso acima sem realmente ter a certeza de que sua empresa vai dar certo.

Não. Eu não quero te desanimar, mas se você começar uma empresa achando que vai ser um pouco diferente do que citei acima, então você certamente já começou errado.

E como diria o rapper Criolo: “cantar rap nunca foi para homem fraco. Saber a hora de parar é para homem sábio.”

Desistir é mais difícil do que começar, mas muitas vezes precisamos encerrar um ciclo.

2- Tenha foco nas coisas certas (ou pelo menos que pareciam ser as certas)

Parece um clichê, eu sei. Afinal, foco é algo extremamente citado em artigos de dicas de empreendedorismo e eu te prometi algo diferente lá no começo.

É que muitas vezes as pessoas podem acabar confundindo desfoque com foco.

Ao focar em algo que não vai trazer retorno para o seu negócio, mentalmente você está achando que está focando em algo e que esse é o melhor caminho, porém se previamente era algo que não iria trazer retorno algum para a sua empresa, trata-se de um desfoque e não de um foco. Além de ser extremamente improdutivo.

Percebeu a diferença?

Isso está extremamente ligado ao desenvolvimento da persona do seu negócio. Por exemplo, se dentro da sua estratégia de marketing está palestrar em eventos e feiras para captar clientes e você tem como persona a pessoa do mercado x.

Faz sentido então palestrar em um evento ou feira para uma pessoa do mercado y?

Parece meio óbvio que não, certo?

Pois é… eu mesmo já cometi esse erro dezenas de vezes e parece muito mais normal do que você pensa. E a perda de tempo e desfoque é irrecuperável.

Então, defina bem a sua persona, saiba qual canal te traz resultado, que tipo de estratégia faz sentido para o seu negócio e foque nisso.

Tudo que for paralelo é desfoque.

3- Contrate pessoas que você aceite ser contratado por elas no futuro

Ouvi essa frase no podcast Master Of Scale em uma entrevista com o Mark Zuckerberg. A ideia central que ele passa é que se um dia você fosse demitido ou vendesse a empresa ou estivesse procurando emprego, você aceitaria que um funcionário seu te contratasse e fosse o seu chefe?

Se a resposta for não, você não deveria contratar essa pessoa em hipótese nenhuma.

E se você tiver funcionários hoje e a resposta for “não” para todos eles, temos dois cenários:

  1. Você está contratando muito errado;
  2. Ou você tem algum problema de ego e está contratando pessoas piores que você justamente para manter seu lugar.

Uma das dicas de empreendedorismo mais valiosa diz respeito justamente ao seu time. É a mais pura verdade que um bom time pode te levar ao sucesso total e um time ruim pode te levar ao fracasso.

Nessa mesma entrevista do Zuckerberg ele cita isso. Que as empresas medianas e as empresas gigantes são separadas pela qualidade das pessoas que elas contratam.

Então, tente se cercar de pessoas boas, dê autonomia para elas, transforme elas em especialistas e veja a sua empresa decolar.

4- Filtre todas as dicas de empreendedorismo que você recebe (inclusive essas)

Sim. Você está livre para discordar de mim e achar todas essas dicas ruins e a leitura desse artigo uma perda de tempo.

Sem ressentimentos. 😉

Mas faça disso um mantra para sua vida. Hoje, mais do que nunca, temos centenas de blogs, eventos, podcasts, webinars, cursos, workshops e milhões de “especialistas”.

Com isso, você recebe diariamente um turbilhão de informações, dicas e caminhos a seguir.

E muita gente discorda entre si e uma pessoa vai te dizer para fazer A e outra pessoa vai te dizer para fazer B. O que fazer, então?

Filtre. Analise. E não acredite em tudo que você lê ou escuta. O fato de ter dado certo para outra pessoa não quer dizer que vai dar certo para você. O mesmo vale para o que deu errado.

Exemplos de análises que você pode fazer:

  • Essa pessoa que está me dando essa dica tem experiência prática (não estou falando de ler livros) no meu mercado?
  • Essa pessoa tem experiência prática executando essa tarefa ou estratégia que está mandando eu seguir?
  • Essa pessoa é de verdade bem sucedida (o que quer que isso signifique para você)?
  • Fale com outros empreendedores que essa pessoa ajudou e veja se eles prosperaram de fato

Espero que essas dicas de empreendedorismo tenham fugido um pouco do padrão do que você tem lido por aí e, claro, espero que tenham te ajudado, aberto seus olhos e te dado um bom direcionamento.

E lembre-se, filtre tudo que ler, ouvir e ver!

Esse artigo foi escrito por Pedro Renan, gerente de marketing da Viva Decora, maior portal de decoração de casas, reforma e mobília do Brasil.