Responda à pergunta: “Se você fosse abrir uma empresa hoje, qual dica que você daria para si mesmo?”

Responda à pergunta: “Se você fosse abrir uma empresa hoje, qual dica que você daria para si mesmo?”

Qual foi o maior desafio enfrentado por você e qual dica você se daria no momento quem que você abriu sua empresa? Deixe o comentário respondendo a pergunta!

Um dos momentos mais cruciais para qualquer empreendedor talvez seja no momento da abertura da sua empresa! Alguns começam sem muita experiência, mas mesmo assim conseguem construir um negócio de sucesso. Já outros, mesmo com muita experiência, não consegue levar um negócio adiante.

Sabemos que não existe um caminho exato para seguir ao abrir uma empresa. O que sabemos é que alguns métodos e ações são mais propensas a terem mais resultado do que outras. Além disso, a vivência ajuda muito para fazer com que o empreendedor evolua e desenvolva o seu empreendimento e seus conhecimentos.

Pensando nisso, Saia do Lugar gostaria de entender qual foi o maior desafio enfrentado por você e qual dica você se daria no momento quem que você abriu sua empresa, seja na parte burocrática ou até mesmo na parte emocional.

Deixe aí nos comentários sua resposta e a pessoa que tiver a melhor dica ganha um curso gratuito da Universidade Rock Content em Inside Sales!

inside sales

Regras:

  • Deixe o comentário respondendo a pergunta: “Se você fosse abrir uma empresa hoje, qual dica que você daria para si mesmo?”*
  • O critério de desempate será o comentário com mais curtidas no blog*
  • Deixe seu email no final da resposta*
  • Compartilhe no Facebook
  • O ganhador será revelado no dia 01/09!

*campos obrigatórios.

Concurso finalizado!

  • Marina Cordeiro

    Eu diria: “Faça o que você pode, com o que você tem, no lugar onde você está!”, ou seja, corre atrás, mulher! E faz o seu melhor 🙂

  • Lizandra Muniz

    Eu diria para não ter medo de errar e que feito é melhor que perfeito 🙂

  • Guilherme Barra

    “Succes is making those who believed in you look brilliant”

  • Henrique Diniz

    “Pense o que gostaria de ter feito daqui a um ano e sempre seja coerente com aquilo que acredita ;)”

  • Luiza Drubscky

    “Venda soluções, e não produtos” -> para mim, esta é uma das melhores formas de conseguir entender de fato quem é a sua persona e entregar o maior valor possível para ela!

  • Ricardo Itiro

    Eu diria: “Jamais perca a capacidade de se indignar com alguma coisa que você acredita que possa ser feita melhor.”
    [email protected]

  • Fernando Ankito Gonçalves Alme

    “Invista em capital humano”

  • Eu diria: “Crie o time dos seus sonhos, custe o que custar. O maior e melhor investimento que se pode ter é feito na equipe, pois juntos, é a equipe bem formada quem te levará ao sucesso.” [email protected]

  • Jéssica Borsari

    Eu diria: ”Não pense em empreender para ter mais tempo ou dinheiro. E sim para gerar valor real. Tempo e dinheiro virão depois.”

  • Marcio Nunes

    Eu diria: “Aprenda a vender e encantar clientes”.
    [email protected]

  • Denise

    Eu diria…
    Faça algo que ame..e faça com amor…c

  • Wesley Salinas

    Se eu fosse abrir uma empresa hoje, eu diria a mim entender melhor de mercado, gerenciamento,administração, produção, visando as melhores oportunidades do momento. Hoje muitas empresa quebram por não terem uma política e não seguirem a risca o que foi pré determinado para que o processo do sucesso flua de acordo as conformidades estabelecidas.

  • Raphael Montressor

    Os desafios são vários. O que eu diria a mim mesmo, levando em conta experiências como funcionário e como empreendedor, seria:

    Planeje-se minimamente. Defina o seu foco e cubra diferentes cenários. Saiba que mesmo planejando, o mundo real sempre irá surpreender e tornar seu planejamento obsoleto. Esquecer do planejamento? Não, torne-o dinâmico. | Cerque-se de pessoas orientadas por valores próximos ao seu e com o mesmo objetivo. | Para fazer dar certo, imagine que você terá que trabalhar muito. Imaginou? Multiplique por 2. | Estude. Sempre! | Lidar com pessoas, com certeza, é o maior de todos os desafios.

    Ou você pode esquecer tudo isso e garantir que você é apaixonado pelo que faz. Quem tem paixão se entrega, cuida mais e mergulha de corpo e alma, além de contaminar os que estão ao redor. Apaixone-se pelo seu negócio.

    [email protected]

  • Lucas M. Carvalho Esmeraldo

    Eu diria pra mim mesmo: Lucas do passado, você ja sabe que não está pronto, e provavelmente nunca estará. Com Milhares de pessoas optando pelo empreendedorismo, corra atrás da excelência, quebre paradigmas, o que vai diferenciar sua empresa das demais é a capacidade que você tem de dormir poucas horas por dia em busca de conhecimentos e pessoas soluções, entregue sempre um resultado exclusivo pra seu cliente. Não se deixe levar por situações frustrantes, elas são corriqueiras! E por último tenha paciência, o resultado é consequência do tempo. Não se pode abraçar o mundo, mas deixe que ele te abrace da maneira certa e o sucesso será garantido!

  • Depois de passar um ano e alguns meses como sócio em uma pequena empresa o conselho que eu teria para o Lucas de um ano atrás seria que abrir uma empresa é um sacrifício enorme. Para ter sucesso ele precisa entender claramente o compromisso necessário. Antes de seguir em frente com essa decisão, pense bem qual é o motivo que te levou a querer abrir uma empresa.

    Falaria para ele manter sempre em mente que não existem fórmulas mágicas. Não tem nenhum processo que vai te transformar em um milionário e muito menos um segredo mágico em um e-book escrito por alguém que nunca montou uma empresa, além daquela que “ensina” as pessoas a construir um. Nada disso é real. A realidade é bruta. É preciso muito trabalho. Trabalho pesado, trabalho estressante, trabalho massante, trabalho duro. Você limpa seu banheiro?

    Se for mesmo abrir uma empresa, saiba que tomou uma decisão que provavelmente vai privá-lo, pelo menos nos primeiros anos, de fazer qualquer coisa além de construir seu negócio. E olha só… quanto maior for o que você pretende construir, mais longo será esse período dos “primeiros anos”. Não vai ter tempo para fazer maratona de Game of Thrones. Esqueça aquele tanto de grupo no Whatsapp e a cervejinha garantida durante a semana com amigos. Se prepare para passar menos tempo com a família, namorada, etc. Qualquer momento que de lazer é um super bônus na realidade que você vai entrar.

    Na sua nova vida cada minuto é um alerta vermelho. Você provavelmente vai precisar trabalhar 18 horas por dia, se quiser ser bem sucedido, mas isso não significa quenão pode ser feliz enquanto percorre esse caminho. Voltando na pergunta que eu fiz no início: a resposta do motivo que te levou a abrir a empresa deve ter a ver com felicidade, e não dinheiro. Afinal, você prefere ganhar menos fazendo o que acredita ou ganhar mais em um emprego que odeia? Seja prático e conheça a si mesmo para entender exatamente onde está a sua felicidade por que daqui a 30, 40, 60 anos, você não vai se arrepender do dinheiro que deixou de ganhar. Você vai se arrepender de não concentrar seu tempo e energia em torno das coisas que poderiam ter feito você feliz.

  • Glécio Silva

    Se você acredita que sua empresa vai criar produtos/serviços que vai agregar valor na vida das pessoas, siga em frente pois você ja abriu a porta do caminho !

    [email protected]

  • Webert Roque

    Eu diria: Não faça o possível, faça seu melhor para que seu negócio seja um sucesso. O importante não tentar e fracassar, mas fracassar sem tentar.

  • Webert Silva

    Eu diria: Não faça o possível, faça seu melhor para que seu negócio seja um sucesso. O importante não é tentar e fracassar, mas fracassar sem tentar.