Dica diária ao empreendedor 69: São Paulo libera R$ 10 milhões para projetos de inovação

A dica de hoje foi dada no Portal Inovação do Ministério da Ciência e Tecnologia.

A dica de hoje foi dada no Portal Inovação do Ministério da Ciência e Tecnologia.

O secretário de Desenvolvimento do estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, lançou, na última terça-feira, o primeiro edital do Fundo Estadual de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcet), que vai disponibilizar R$ 10 milhões em linhas de crédito para projetos de inovação e pesquisa tecnológica de produtos de micro e pequenas empresas paulistas.

O valor limite por empresa é de até R$ 200 mil e o prazo de carência será de até 24 meses. Após esse período o pagamento ainda poderá ser dividido em até 36 meses, com uma taxa de juros de 6% ao ano. O objetivo é apoiar empreendimentos inovadores, principalmente os instalados nos parques tecnológicos espalhados pelo estado.

A iniciativa faz parte de um conjunto de medidas de estímulo à atividade econômica, com ações divididas em cinco grandes eixos: garantia do investimento público e incentivo do investimento privado, apoio às micro e pequenas empresas, geração de emprego e expansão do crédito. “Podemos oferecer crédito a pelo menos 50 empresas, por meio do Funcet. E no segundo semestre estão previstos mais R$ 10 milhões”, afirmou Alckmin.

O vice-governador Alberto Goldman, que esteve à frente da pasta até janeiro de 2009, mostrou a importância de várias instituições fazerem parte desse projeto. “É muito boa essa integração entre governo do estado, instituições de pesquisa e o setor produtivo em prol do desenvolvimento”, disse.

Neste primeiro edital serão selecionadas propostas de empresas industriais e agrícolas, que necessitem de condições especiais de financiamento. O bem comprado, exceto equipamentos de informática, serve de garantia para a realização do empréstimo.