empreendedora organizando suas tarefas de acordo com diagrama de paretomundo está cada dia mais online! Afinal, a internet e a tecnologia já são dois grandes personagens que fazem parte do cotidiano da maioria das pessoas nos dias de hoje.

">

Diagrama de Pareto: o que é e como usar

O conceito de Diagrama de Pareto está baseado em uma regra que chamamos de 80/20. Essa regra trabalha com esses dois valores, sendo que a principal definição é: 80% das consequências são causadas por 20% das causas.

Uma das habilidades que são exigidas quando se torna um empreendedor é saber priorizar tarefas. Esse é um desafio e tanto, mas saiba que hoje já é possível contar com diversas ferramentas para auxiliar nessa questão, uma delas é o Diagrama de Pareto!

Afinal, não é novidade para ninguém que a rotina do empreendedor sempre foi e sempre será muito corrida, com muitas tarefas e responsabilidades que devem ser cumpridas.

Para intensificar tudo isso, é fato que a cada dia que passa a chance de surgir novos problemas e desafios é grande. Tudo isso pode prejudicar muito o seu dia a dia, sendo que uma das consequências pode ser perder o foco para decidir quais tarefas realmente precisam ser feitas, que são as que gerarão mais impacto no negócio.

Se o empreendedor não souber priorizar o que fazer durante a sua rotina, ele estará fadado ao fracasso. Pois é preciso entender que tudo isso envolve um investimento de tempo e dinheiro, que na maioria dos casos, são irreversíveis. Por isso é preciso saber escolher muito bem o que valerá a pena mesmo gastar energia durante a sua jornada empreendedora.

Mas fique tranquilo, você não está sozinho nesse dilema! Para ajudar com essa questão, preparamos esse post que explicará como o Diagrama de Pareto pode ajudar no desafio de lidar com diferentes problemas que podem surgir na trajetória de uma empresa. Ficou interessado? Então, acompanhe a leitura conosco!

Qual o conceito do Diagrama de Pareto?

O conceito de Diagrama de Pareto está baseado em uma regra que chamamos de 80/20. Essa regra trabalha com esses dois valores, sendo que a principal definição é: 80% das consequências são causadas por 20% das causas.

No mundo dos negócios, isso pode ser aplicado de diversas formas. A mais trivial delas afirma que 80% das demandas podem ser resolvidas através de 20% das atividades, por exemplo.

Ou seja, esse conceito ajuda a priorizar quais serão essas atividades, facilitando que o empreendedor consiga selecionar quais delas são elegíveis para entrar nessa régua dos 20%. Dessa forma, 80% dos problemas serão resolvidos.

Outro exemplo da aplicação do diagrama de pareto está na relação entre os clientes e as vendas que são realizadas por uma empresa: podemos considerar que 80% das vendas do negócio são geradas por 20% dos clientes.

Aliás, convidamos você, que já possui um negócio realizando vendas, a tentar fazer essa análise. Pode ter certeza que irá se surpreender!

A partir disso, basta utilizar a criatividade junto com um pouco de análise de dados e formar hipóteses para trabalhar com o Diagrama de Pareto.

Como funciona o Diagrama de Pareto?

Você já deve ter percebido que é possível aplicar o conceito do Diagrama de Pareto em muitos aspectos empresariais. Agora, para complementar o seu conceito, vamos apresentar a parte um pouco mais prática de como ele funciona.

Explicando de forma simples: O diagrama de pareto em si é um recurso gráfico que é utilizado para ordenar os problemas que devem ser resolvidos.

O seu diferencial é que ele permite uma visualização e identificação dos problemas ou das causas que são mais importantes, de forma simples e fácil.

Aprofundando um pouco mais no funcionamento dessa ferramenta. Inclusive, podemos dizer que por meio dela é possível entender a relação entre as causas e os efeitos de problemas de um determinado processo empresarial, tornando fácil a compreensão dos problemas que realmente são reais.

Basicamente, utilizar o Diagrama de Pareto consiste em listar quais são as possíveis causas raiz dos problemas e identificar aquelas que podem causar um maior impacto sobre a operação do negócio, tanto em relação a sua eficiência e também sua eficácia.

Segue um passo-a-passo simples para que você possa entender e elaborar o seu diagrama de pareto, de uma maneira que seja simples, prática e rápida:

  1. Defina qual é o objetivo do diagrama, ou seja, qual é o tipo de perda ou problema que será analisado por meio desse recurso;
  2. Determine como os dados serão classificados, ou seja, o aspecto do tipo desse problema;
  3. Em uma folha ou com o auxílio de um computador, organize os dados com as categorias do aspecto que foi definido, apresentando-os em forma de tabela;
  4. Faça os cálculos da frequência que ocorrem esses problemas, ordene-os e agrupe as categorias que acontecem com uma frequência baixa com o título de “outros”;
  5. Calcule o total e a porcentagem de cada item sobre o total real e também sobre o total acumulado;
  6. Confeccione o diagrama.

Após aplicar essas etapas, será possível entender de forma visual o Diagrama de Pareto do problema que se quer resolver. Por meio disso, será muito mais fácil identificar qual será a melhor estratégia que deverá ser aplicada nessa situação.

Quais os benefícios do Diagrama de Pareto?

Você já percebeu que a utilização do diagrama de pareto pode gerar diversos benefícios para o negócio. Vamos resumir alguns deles abaixo, para facilitar o entendimento:

  • Ajuda a selecionar os principais pontos críticos de uma organização para que ela possa focar seus esforços na resolução dos problemas que realmente importam;
  • Facilita a organização dos dados, fornecendo uma apresentação deles conforme uma prioridade ou importância que foi definida;
  • Auxilia na tomada de decisão, mostrando dados que sejam realmente reais, evitando qualquer influência de opiniões pessoais e achismos;
  • Resolve problemas, de forma eficiente e organizada, fazendo um levantamento das principais causas das falhas que acontecem, levando em consideração a importância de cada uma delas;
  • Permite que os recursos sejam melhores utilizados, principalmente quando eles são limitados.

Saiba que existem muitos outros benefícios, mas com esses já é possível entender o impacto que a utilização de uma ferramenta que é considerada relativamente simples e pode auxiliar muito na resolução de grandes problemas.

A importância do Diagrama de Pareto pode ser considerada imensurável quando ele é muito bem utilizado pela organização ao identificar pequenos problemas que podem crescer e se tornarem críticos, gerando perdas irreparáveis no futuro.

Então, caro empreendedor, vale a pena estudar e investir um tempo para se dedicar e entender essa ferramenta de forma completa, pois sem sombra de dúvidas, é um excelente recurso para construir o caminho em busca do seu sucesso e também do seu negócio.

Agora que você já conhece o Diagrama de Pareto, o que acha de entender a importância de reinventar o seu negócio? Então, veja quais são os 8 motivos que listamos para você começar a reinventar o seu negócio agora mesmo!