Como se inserir no mercado

Desenvolvimento de produtos: Como se inserir no mercado

Digamos que você tenha desenvolvido um megaultramaster produto, a pergunta que fica é: Como fazer com que esse produto seja conhecido e comprado por um trilhão de pessoas?

Digamos que você tenha desenvolvido um megaultramaster produto, a pergunta que fica é: Como fazer com que esse produto seja conhecido e comprado por um trilhão de pessoas?

No caso da Empreendemia, começamos a empresa sem conhecer absolutamente ninguém do mercado de redes sociais e em pouco menos de um ano conseguimos criar uma marca forte, o que facilitou muito a entrada do nosso produto no mercado.

Pra aproveitar o momento nostalgia, confira uma foto do primeiro dia de trabalho da Empreendemia.

Como se inserir no mercado

Muitos tentam, poucos conseguem

Sua reputação é tudo que você tem
Apesar das diversas teorias sobre o que é uma marca, para nós marca = reputação. Ou seja, a marca representa a percepção que as pessoas (mercado) têm sobre sua empresa.

Como bom empreendedor alça-de-botas, você precisa ter em mente a seguinte frase:

“Minha reputação irá me seguir onde eu for, investirei nela todos os dias e a protegerei ferozmente.” Seth Godin

Acima de qualquer campanha publicitária, sua marca é construída a partir do seu trabalho no dia-a-dia.

Pegue uma carona com quem já tem reputação
Além de colher feedbacks sobre o conceito do nosso produto, sabíamos que os experts do mercado poderiam nos apresentar a outros experts e ajudar muito na construção da marca.

Para conseguir o contato desses seres de outro mundo chamados de experts, usamos a boa e velha cara de pau. “Oi Sr. Norris! Tudo bem? Temos um projeto e queremos ouvir seus feedbacks. Podemos marcar uma conversa para te apresentar a ideia?“.

Depois de conquistar a simpatia de um expert, pedíamos indicações de outras pessoas que poderíamos conversar. Essas indicações facilitaram muito todo o processo. Veja mais no artigo A importância do contato com os experts.

Comece a vender o mais rápido o possível
Olhando pra trás, uma das poucas coisas que posso dizer que poderíamos ter feito diferente foi a escolha do momento em que começamos a vender. Podíamos ter começado muito antes.

Mesmo que a empresa tenha capital suficiente para sobreviver sem vendas, ter clientes pagantes é o maior indicador de que seu produto está indo no caminho certo. Anda digo mais, você não precisa esperar seu produto estar pronto para começar a vendê-lo.

Nossa primeira venda foi feita na época em que tudo que tínhamos era um desenho de como seria o Empreendemia Premium. Nosso trabalho anterior de construção de marca foi essencial para que Rafael Zatti, nosso primeiro cliente, confiasse em nosso produto mesmo antes dele estar pronto. Além disso, ainda fez questão de registrar que foi nosso primeiro cliente (confira). Valeu Rafael!

Conclusão: Construa sua marca muito antes do lançamento do produto
Uma coisa é fato: seu produto vai demorar mais do que você esperava para ficar pronto. Sabendo disso, comece a conversar com o maior número possível de pessoas e construa sua marca o mais rápido o possível. Isso facilitará muito seu lançamento.

Abraços,
Millor Machado (com licença, quero entrar no mercado)

Obs.: Esse artigo faz parte da série Desenvolvimento de Produtos sem enrolação. Confira os outros artigos da série aqui.

  • Olá Millor

    Tudo bem?

    Estou escrevendo para dizer que indiquei vocês para dar continuidade a campanha de divulgação de blogs educativos que foi iniciada pelo Alessandro do English Experts, leia a descrição no meu blog (http://sdinglespersonalizado.wordpress.com/2010/12/04/manifesto-pela-educacao-todos-tem-a-ganhar/) e leia a idéia original do Alessandro (tem link no meu texto) e caso você concorde te peço que dê continuidade a campanha. Basta escreve sobre ela no seu blog e indicar novos blogueiros a participar, além de divulgar os que já estão na campanha.

    Abraço

    Sérgio