Desenvolvimento de produtos: A importância de uma boa demonstração

Terminando nossa série de artigos sobre desenvolvimento de produtos, vou falar sobre a última etapa do processo desenvolvimento, a demonstração do produto.

Terminando nossa série de artigos sobre desenvolvimento de produtos, vou falar sobre a última etapa do processo desenvolvimento, a demonstração do produto.

Demonstração do iPhone

iPhone no seu lançamento

Porque preparar uma demonstração do produto?
Você está desenvolvendo um produto novo, isso significa que as pessoas não o conhecem, portanto ainda não o acham a coisa mais linda do universo. Seu objetivo é que após a demonstração, as pessoas vejam uma luz branca saindo do céu e ilumine toda a terra ao som de anjos querubins cantando o bolero de Ravel.

Ou seja, você precisa convencer a platéia, seja ela um cliente em potencial ou o seu chefe, de que o produto é bom. Cair nas graças da platéia te fará uma pessoa feliz, simples assim.

Quando devo demonstrar o produto?
Sempre! Uma boa demonstração será útil tanto para mostrar sua visão para equipe de projeto ou para vender o produto para um cliente ou investidor.

Como fazer para demonstrar o produto?
Um produto é definido pela sua forma e pelas funções que ele executa.

Se o seu diferencial é o design, prepare uma “casca” que mostre para as pessoas o quão bonitão ele é, sem necessariamente ter todas as funções. Caso o produto tenha alguma função inovadora que seja o seu destaque, uma caixa de papelão que execute as funções já mostra as características.

Analise o que a platéia quer ver e entregue isso. A velha política do pão e circo ainda vale para os dias atuais.

Características de uma boa demonstração
Assim como o produto em si, a demonstração precisa ter os atributos CUS.

  • Credibilidade: Você precisa mostrar que o produto “aguentará o tranco” na hora de ir pro mercado. Imagina que feio falar sobre o seu hipercomputador e ele travar na hora da apresentá-lo?
  • Utilidade: Não corra o risco de passar vergonha fazendo uma mega apresentação sobre algo inútil. Demonstrar de forma magnífica um cometa para um dinossauro só incomodará o dinossauro e desperdiçará seu tempo.
  • Simplicidade: Quase ninguém se importa com “como o produto foi feito”. Mostrar ele funcionando na prática e convencer as pessoas de que isso fará a vida delas melhor é tudo que você precisa.

Demonstração de boas demonstrações

Borracha protetora: Aos 25 segundos é provado por A+B que o produto é confiável. Mostre o vídeo para seus amigos e repare na reação deles ao ver esse trecho do vídeo. (link no Youtube)

Liquidificador: A Blendtech fez alguns vídeos demonstrando seu liquidificador. Nesse vídeo um iPhone é testado, confira o resultado. (link no Youtube)

Mais vídeos da série Will it Blend aqui.

Conclusão
Uma imagem vale mais do que mil palavras. Quantas imagens será que valem uma boa demonstração?

Abraços,
Millor Machado (estimulando o canto dos anjos querubins)

Se você está lançando seu produto, vale a pena ler nosso livro sobre desenvolvimento de produtos. Confira agora o Desenvolvimento de Produtos sem enrolação.

  • Tom Dickson, da Blendtec (Will it blend) é um dos meus inspiradores.
    trabalho com equipamento para pintura industrial e minha estratégia-padrão é propor um desafio (de economia, durabilidade, acabamento, etc) que resolva o problema do cliente e depois deixar meu equipamento por 15-20 dias para o cliente testar

  • Tom Dickson, da Blendtec (Will it blend) é um dos meus inspiradores.
    trabalho com equipamento para pintura industrial e minha estratégia-padrão é propor um desafio (de economia, durabilidade, acabamento, etc) que resolva o problema do cliente e depois deixar meu equipamento por 15-20 dias para o cliente testar

  • Oi Carlos,

    Tom Dickson realmente tem uma carisma muito grande, sem dúvidas um bom comunicador é essencial para a demonstração.
    Por favor, explica melhor esse desafio. Quem sabe não pode ser uma história de empreendedorismo?

    Abraços,
    Millor

  • Oi Carlos,

    Tom Dickson realmente tem uma carisma muito grande, sem dúvidas um bom comunicador é essencial para a demonstração.
    Por favor, explica melhor esse desafio. Quem sabe não pode ser uma história de empreendedorismo?

    Abraços,
    Millor

  • Pingback: Etapas do desenvolvimento de produto | Saia do Lugar()

  • Pingback: História de empreendedorismo: Coloque seu produto a prova | Saia do Lugar()

  • maria de fatima melo siose

    apos uma demostraçao dos prod.[trat.no cabelo} qual proximo passo pode ser via fone, email, pessoalmente.
    quero desenvolver corretamente.
    desde ja; muito obrigado
    maria de fatima.

  • maria de fatima melo siose

    apos uma demostraçao dos prod.[trat.no cabelo} qual proximo passo pode ser via fone, email, pessoalmente.
    quero desenvolver corretamente.
    desde ja; muito obrigado
    maria de fatima.

  • Pingback: Campanha da Unicef com máquina de água suja | Saia do Lugar()

  • Lucas Funchal

    Millor, essa última frase eu li no “A Arte da Inovação” do Tom Peters. Já chegou a dar uma olhada? Vale a pena conferir também sobre a IDEO, empresa referência no quesito de desenvolvimento de produtos através do conceito de design thinking. Fica a dica, grande abraço!

    • Fala Lucas!

      Ainda não li esse livro, mas se é de Tom Peters, deve ser bom. Da IDEO eu
      tenho visto bastante coisa. Inclusive já publicamos aqui no blog aquele
      vídeo deles projetando um carrinho de supermercado. Mas o que achei mais
      bacana de todos foi uma palestra de Tom Kelley em Stanford, você já viu
      essa?

      Abração!

    • Fala Lucas!

      Ainda não li esse livro, mas se é de Tom Peters, deve ser bom. Da IDEO eu
      tenho visto bastante coisa. Inclusive já publicamos aqui no blog aquele
      vídeo deles projetando um carrinho de supermercado. Mas o que achei mais
      bacana de todos foi uma palestra de Tom Kelley em Stanford, você já viu
      essa?

      Abração!