Defina sua meta prioritária

Obs.: O artigo de hoje foi escrito por Marcos Rezende, empreendedor à frente da Noxion e do blog Insistimento.

Obs.: O artigo de hoje foi escrito por Marcos Rezende, empreendedor à frente da Noxion e do blog Insistimento.

Estamos prestes a terminar mais um ano e toda aquela história de definir as metas para o próximo ano começa novamente. Empresas e pessoas se unem em torno deste tema, mas poucos são aqueles que conseguem visualizar com clareza a sua principal meta para o próximo período e, por consequência, concretizá-las em sua totalidade.

Definir sua meta prioritária para o próximo ano é extremamente simples e pode ser colocada em prática agora. Basta você visualizar aquilo que mais lhe incomoda para descobrir o que, no próximo ano, precisa urgentemente ser resolvido. Algo que faço é listar e priorizar o que me incomoda para pouco a pouco atacá-las. Vou dar um exemplo.

Até o final de 2009 o modelo de negócio da minha empresa de criação de sites e marketing digital tinha um problema muito sério: ele não me permitia entregar com eficiência e segurança o que eu estava vendendo para os meus clientes. Prometia aumento no faturamento, mas o que encontrávamos eram clientes deixando de fazer o trabalho que lhes era devido. Meus clientes pagavam uma só vez e tinham suporte por seis meses para qualquer funcionalidade nova ou ajuste, porém não lhe auxiliávamos na gestão de conteúdo e marketing de seus projetos. Isto fazia com que eles não atualizassem seus sites e por conseguinte não obtivessem o aumento de faturamento desejado que só uma boa gestão de conteúdo pode oferecer para um negócio na internet.

No final de 2009 eu sabia que esse modelo de negócios tinha que mudar de algum jeito e tanto eu como o meu sócio, assumimos esse como o problema prioritário a ser resolvido no ano de 2010. Buscamos ajuda e conseguimos em fevereiro deste colocar um novo modelo de negócios na rua que nos permitiu crescer de cinco para quase vinte clientes até este momento. Além de tudo, nos consolidamos no mercado e conseguimos crescer também em qualidade de clientes de uma forma nunca antes imaginada por nós.

No final de 2009 eu tinha um problema que me incomodava, uma pedra grande no sapato que sabia ser urgente resolver. Desde os primeiros dias de 2010 procurei ajuda e consegui encontrar aquilo que buscava junto a amigos meus que deram opinião sobre o que eu poderia fazer para melhorar. Escutei-os e melhorei. Minha dificuldade se tornou minha melhor catapulta e o mesmo pode acontecer por você se você se perguntar agora mesmo: Qual o maior problema da minha vida neste momento?

Se você perceber que são vários os seus problemas, não desanime, resolva-os um a um por ordem de prioridade e entenda que os problemas sempre existirão, pois sempre estamos nos aperfeiçoando a todo momento, mesmo quando parecemos estar estagnados. Defina seu maior problema e ataque-o com a ajuda de amigos, professores, sites, livros, e-books, vídeos, etc.

Manda ver!

Para entrar em contato com Marcos, seguem seus contatos no Empreendemia: