brainstorming na prática

Brainstorming na prática: Veja como ele é fundamental para o desenvolvimento de produtos

O ambiente corporativo cada vez mais exige uma atuação colaborativa e integrada para que seja possível encontrar soluções diferenciadas e competitivas.

O ambiente corporativo cada vez mais exige uma atuação colaborativa e integrada para que seja possível encontrar soluções diferenciadas e competitivas.

Nesse cenário, uma das técnicas mais conhecidas e utilizadas é o brainstorming.

Consagrado como uma metodologia eficiente para a construção de soluções diferenciadas e efetivas, ele precisa ser colocado em prática da maneira correta para oferecer todos os seus benefícios.

Por isso, veja a seguir o que é o brainstorming e como colocá-lo em prática de modo a maximizar os seus resultados.

O conceito de brainstorming

O brainstorming também é conhecido como tempestade de ideias e trata-se de uma atividade normalmente realizada de maneira coletiva que tem como objetivo encontrar soluções adequadas para problemas específicos.

Na prática, a técnica é bem simples: todos devem ter ciência do problema a ser resolvido e, ordenadamente, devem oferecer sugestões inéditas de soluções para a questão.

Ao final, são selecionadas as melhores sugestões para que sejam trabalhadas na construção da solução que será colocada em prática.

É uma técnica importante porque não apenas valoriza o esforço colaborativo como também reduz, de maneira geral, o tempo necessário para se chegar à solução desejada.

A explicação é simples. Uma pessoa tem uma quantidade relativamente limitada de ideias sobre um mesmo assunto, além de ter uma visão específica sobre o problema.

Com o brainstorming é possível ter abordagens e perspectivas diferentes sobre a mesma questão, facilitando que uma solução seja encontrada.

Brainstorming na prática

Na prática, o brainstorming pode servir para uma grande variedade de situações.

Se a empresa estiver no seu estágio inicial ou de remodelamento de comunicação, por exemplo, o essa técnica pode ajudar a encontrar elementos que caracterizem o negócio de maneira atrativa e original.

Já se o negócio está com algum problema orçamentário e precisa realocar os recursos de maneira mais adequada o brainstorming pode oferecer ideias benéficas para a construção de uma nova solução.

Da mesma forma, se é preciso otimizar um processo, o brainstorming na prática pode servir para encontrar quais são os pontos mais críticos da operação.

Nesse caso, ele se torna uma garantia de que pontos importantes não serão esquecidos já que mais pessoas estão pensando na mesma coisa.

Para a inovação, essa técnica também é utilizada.

Em uma reunião do tipo podem ser coletadas ideias para o lançamento de novos produtos ou mesmo para a realização de mudanças internas.

Com isso, é possível notar que a metodologia pode ser colocada em prática em diversas situações diferentes e em empresas que possuam abordagens e mercados distintos, já que o que mais importante diz respeito à geração de ideias em si.

4 dicas para fazer um bom brainstorming

Para fazer um bom brainstorming é preciso ter alguma preparação e planejamento, já que dessa forma os resultados tendem a ser mais satisfatórios.

No geral, as dicas para que tudo saia como o esperado inclui etapas como:

Defina o problema claramente

É fundamental que o problema seja definido de maneira clara, pois somente assim as pessoas poderão dar sugestões adequadas.

Em vez de perguntar “Como podemos melhorar?”, é melhor fazer perguntas como “Como podemos melhorar esse processo, especificamente?”.

Quanto mais direto ao ponto for o problema a ser tratado, maiores as chance de que as respostas sejam igualmente direcionadas e assertivas.

Esteja em um ambiente adequado

O sucesso dessa prática está diretamente ligado à criatividade e à capacidade do pensamento lateral.

Nesse sentido, quanto menos “engessadas” as pessoas se sentirem no ambiente, melhor.

Por isso, é importante criar um ambiente adequado e confortável.

O local precisa permitir que todos falem e se escutem corretamente, mas não precisa ser, necessariamente, uma sala de reuniões.

É possível fazer essa atividade em salas de descanso ou fora do ambiente tradicional como um todo, de modo a conseguir melhores resultados.

Comece a coletar ideias

Com o objetivo definido e o local correto escolhido é hora de começar a coletar ideias.

Cada empresa tende a fazer o brainstorming da sua própria forma, mas o mais comum é dividir as pessoas em pequenos grupos e dar entre 10 e 15 minutos para que pensem em possíveis soluções.

Na sequência, cada grupo apresenta uma solução, que deve ser original, mas que pode ser uma combinação adequada de outras soluções previamente expostas.

Todas as sugestões devem ser registradas em um local visível e o processo deve continuar livremente até que haja uma quantidade suficiente de sugestões com bom potencial.

Identifique e refine as melhores ideias

Depois desse processo é preciso começar a avaliar as ideias e isso só deve ser feito ao final.

Opções inviáveis ou que já tenham sido executadas devem ser descartadas, assim como aquelas que claramente não tenham chance de oferecer os resultados desejados.

As ideias com mais potencial de sucesso devem ser identificadas e, a partir daí, devem ser refinadas.

Não é preciso que, ao final, a solução seja exatamente idêntica a uma sugestão, .mas, sim, baseada em sua ideia principal.

O que não fazer no brainstorming

Durante a execução, alguns erros podem comprometer os resultados dessa técnica se alguns cuidados não forem tomados.

Entre as atitudes que não devem ser tomadas durante essa técnica estão:

Não comunicar o problema corretamente

Todos precisam conhecer correta e profundamente qual é o problema em questão.

Sem a comunicação adequada do problema e do objetivo do processo as sugestões serão menos relevantes e mais tempo será necessário até atingir um bom número de respostas satisfatórias.

Assim, não apenas é necessário ter as pessoas certas nessa atividade como também é necessário que elas saibam corretamente qual é o problema a ser resolvido.

Ao final, as sugestões se tornam mais relevantes.

Descartar ideias logo no começo ou tecer críticas

O processo de oferecer ideias e soluções é altamente focado na criatividade.

Por mais que haja conhecimento e entendimento do objetivo é natural que surjam algumas ideias que não são tão boas ou mesmo que parecem esdrúxulas.

Isso não significa que a técnica não está dando certo, mas, sim, que se trata de uma parte natural do processo criativo como um todo.

Interromper esse fluxo significa diminuir as chances de sucesso e, por isso, é fundamental não descartar ideias logo de cara ou realizar debates e críticas uma vez que o grupo ou pessoa dê sua sugestão.

Fazer isso só torna o ambiente mais hostil e as pessoas menos propensas a falar o que pensam com medo de retaliações, o que diminui os resultados de maneira prejudicial.

Deixar que poucas pessoas dominem

Uma das condições mais importantes para um brainstorming de sucesso é a igualdade de participação.

Isso significa que todas as pessoas devem ter o mesmo poder de sugestão e devem ser ouvidas da mesma forma.

É isso que cria e fortalece o ambiente colaborativo e que permite uma coleta variada de ideias.

Por isso, não cometa o erro de deixar que poucas pessoas dominem o processo, pois isso cria sugestões excessivamente homogêneas.

Não ter direcionamento

Por ser uma atividade criativa, é bastante comum que o brainstorming perca o direcionamento se não houver um controle efetivo.

De uma sugestão que seja um ponto fora da curva podem surgir outras dezenas de ideias que não resolvem adequadamente o problema, levando à perda de tempo e desperdício de esforços.

Por isso, ao conduzir uma tempestade do tipo é fundamental ter um direcionamento mais incisivo de modo a evitar que os desvios comprometam a efetividade desse tipo de ação.

3 ferramentas que podem auxiliar no processo

Sendo um processo essencialmente criativo, o brainstorming pode contar com algumas ferramentas que auxiliem na sua realização com sucesso. Dentre eles, estão opções como:

Exercícios de estímulo à criatividade em geral

O ideal é começar com exercícios que estimulem a criatividade como um todo, mesmo que não tenha a ver com o brainstorming em si.

Mudar de ambiente, fazer jogos para descontrair ou realizar alguns desafios que envolvam ideias ajudam a garantir que o processo tenha mais chances de sucesso.

Tempestade de palavras

A tempestade de palavras funciona da seguinte maneira: é necessário oferecer palavras que se relacionem com um termo em questão, na maior quantidade possível.

No caso de “empresa”, por exemplo, há relação com palavras como “empregados”, “gestão”, “salários”, “lucro” e assim por diante.

Como tem tudo a ver com a tempestade de ideias em si, fazer esse exercício é uma boa forma de “aquecimento” para a obtenção de soluções sobre o problema em questão. Também é uma técnica especialmente utilizada no lado visual.

Gráficos e mapas mentais.

Os gráficos permitem que todos os participantes tenham uma visualização melhor dos dados e do problema em si.

Da mesma forma, mapas mentais garantem que as pessoas conheçam a correlação de elementos para o problema em questão.

Em vez de relatórios extensos e pouco atrativos, portanto, prefira utilizar elementos gráficos e visuais como forma de estimular a criatividade como um todo.

O brainstorming é uma técnica que, se for utilizada da maneira correta, pode ser muito benéfica para o encontro e construção de soluções eficazes para diversos problemas da empresa.

Para que isso seja possível é necessário seguir as etapas de um bom brainstorming, usar ferramentas de auxílio à criatividade e evitar os principais erros do processo.

Para não perder em força no que se refere aos seus resultados, descubra pelo menos 3 passos para aumentar a eficiência das reuniões do seu time.

  • Pingback: O melhor da semana em 10 links (01 de Agosto) | Alejandro Suárez blog profissional()

  • Simone

    Boa Noite!

    Milor, estou fazendo um trabalho para meu MBA sobre brainstorming. Gostaria de obter mais informações. Se puder entre em contato o mais breve possível.

    Obrigada.

  • Simone

    Boa Noite!

    Milor, estou fazendo um trabalho para meu MBA sobre brainstorming. Gostaria de obter mais informações. Se puder entre em contato o mais breve possível.

    Obrigada.

  • millor

    Oi Simone,

    Como posso ajudá-la? Tem alguma coisa mais específica sobre Brainstorming que você esteja precisando por agora?

    Abraços,
    Millor

  • millor

    Oi Simone,

    Como posso ajudá-la? Tem alguma coisa mais específica sobre Brainstorming que você esteja precisando por agora?

    Abraços,
    Millor

  • TANIA LINS

    MILLOR, ESTOU FAZENDO UM TRABALHO NA FACULDADE E ESTOU PRECISANDO DE UM ESTUDO DE CASO E DA TECNICA DO Brainstorming, VC PODE ME ENVIAR, EU TE AGRADEÇO MUITO. TANIA LINS.
    MORO NA PARAÍBA .

  • TANIA LINS

    MILLOR, ESTOU FAZENDO UM TRABALHO NA FACULDADE E ESTOU PRECISANDO DE UM ESTUDO DE CASO E DA TECNICA DO Brainstorming, VC PODE ME ENVIAR, EU TE AGRADEÇO MUITO. TANIA LINS.
    MORO NA PARAÍBA .

  • millor

    Tania,
    Te mandei o relatório do nosso projeto por e-mail. Se tiver dúvidas ou souber de outras coisas que podemos ajudar, por favor avise.

    Abraços

  • millor

    Tania,
    Te mandei o relatório do nosso projeto por e-mail. Se tiver dúvidas ou souber de outras coisas que podemos ajudar, por favor avise.

    Abraços

  • Pingback: Escolhendo o nome de sua empresa de hosting | Hostnews()

  • Ótimo post!

  • Muito obrigado Ricardo!

  • Marcio

    Caro amigo Milor.

    Tenho um trabalho específico para a fauldade, com relação ao Brainstorming!!!

    Será que vc poderia me ajudar nesse trabalho, mandando materiais sobre o brainstorming!??

    Grato pela atenção!!

  • Texto muito bom.
    Estou fazendo um trabalho sobre brainstorm, e gostei muito do texto.

    Parabéns.

  • Valeu Gabriel!

    Muito bom saber que nosso conteúdo tem sido útil. Te convido a conferir o
    resto do blog pra encontrar outras informações que podem te ajudar.

    Abraços!

  • Diekson16

    eu queria um conceito melhor sobre Brainstorming porq estou fazendo faculdade
    e tenho q apresentar um trabalho sobre esse asunto o
    Brainstorming é uma ferramenta de qualidade ?

  • Diekson,

    Brainstorming é uma técnica de geração de ideias que pode ser aplicada em
    diversas áreas, incluindo a qualidade. Te recomendo conferir esse artigo:
    http://acelerandoainovacao.blogspot.com/2009/06

    <http://acelerandoainovacao.blogspot.com/2009/06…>
    Abraços!

    2010/6/16 Disqus <>

  • Pingback: 12 fatores que indicam potencial na sua ideia | Saia do Lugar()

  • Karina Z. Souza

    Exclente. Parabéns e obrigada por compartilhar.

  • Vinicius

    Boa tarde Millor, eu concordo que o Brainstorm é uma ferramenta importantíssima, mas nas minhas aplicações costumo reunir a equipe um dia antes para passar um briefing sobre o assunto e deixá-los livres para pensar sobre o assunto. No outro dia todos já estão familiarizados com o assunto e ja tem suas idéias, assim eles podem ouvir com mais atenção a idéia que outra pessoa propõe e não ficam pensando na sua idéia enqto outra apresenta a sua. Tem sido mais eficaz.

  • Pingback: Brainstorm: criando boas ideias em grupo | Sucesso News()

  • Pingback: Global Comunic – Comunicação Integrada » 7 características de uma boa reunião de solução de problemas()

  • Pingback: 7 características de uma boa reunião de solução de problemas « Comunicative()

  • Pingback: 7 características de uma boa reunião de solução de problemas | Conteúdo | Marketing Shop()