comprar seguidores no Instagram

7 razões pelas quais você NÃO deve comprar seguidores no Instagram

Comprar seguidores no Instagram pode parecer tentador, mas só isso dificilmente trará resultados para você na rede social. Além de correr o risco de manchar a reputação da sua marca, essa prática pode levar à exclusão permanente do perfil.
Cursos de Marketing DigitalPowered by Rock Convert

O Instagram já conta com mais de 69 milhões de usuários no Brasil. Atualmente, é uma das plataformas mais utilizadas por empresas, profissionais de marketing e demais usuários de redes sociais. Não é à toa que, com o desejo de alavancar seus perfis, muitas pessoas ainda caem na armadilha de comprar seguidores no Instagram.

Aumentar a base de fãs em troca de algumas dezenas de reais pode parecer tentador, mas os resultados não dependem apenas disso. Entre diversos fatores, o algoritmo do Instagram considera o envolvimento das pessoas com os posts para definir a prioridade com a qual serão entregues no feed dos usuários.

Por isso é tão importante ter apreciadores que reagem às suas publicações de forma genuína — e jamais adquirir pacotes de seguidores. Listamos 7 razões para você manter distância dessa péssima prática. Boa leitura!

1. Comprar seguidores no Instagram vai contra os Termos de Uso

O motivo inicial para não comprar seguidores é que o Instagram deixa bem claro nos seus Termos de Uso que quem deseja ser usuário da rede deve assumir alguns compromissos. Entre eles, está escrito que “você não pode tentar comprar, vender ou transferir qualquer elemento de sua conta”.

Ou seja, pagar alguém para receber curtidas, comentários ou seguidores é expressamente proibido. Já que essa não é uma maneira natural de conseguir engajamento, ela é totalmente condenada pela rede. Caso alguém viole essa regra, o Instagram poderá remover conteúdos ou até excluir a conta se achar necessário.

Em outro documento, as Diretrizes da Comunidade, o Instagram dá mais uma indicação para que as pessoas não façam esse tipo de coisa. Elas recomendam que as pessoas promovam interações baseadas na sinceridade. Afinal, o caminho para acabar com o spam na rede social é evitar curtidas, compartilhamentos e seguidores obtidos de maneira artificial.

2. O Instagram pode eliminar falsos seguidores

Ainda que o Instagram não remova uma conta com fortes indícios de compra de seguidores, vale lembrar que a rede tem uma forte política de banir usuários falsos. Inclusive, quando celebridades ou influenciadores perdem muitos seguidores em um curto período, uns dizem que esse é o motivo e outros falam que é um bug da plataforma.

Polêmicas à parte, o fato é que quem compra seguidores não têm garantias de que eles continuarão sendo seguidores do perfil. O Instagram pode eliminá-los, juntamente com seus eventuais comentários e curtidas.

3. A credibilidade da marca fica manchada

Descobrir que um perfil comprou seguidores é mais fácil do que parece, já que a maioria dessas contas são falsas. Normalmente, elas têm fotos de apresentação de baixíssima qualidade e descrição com conteúdo suspeito (apenas com símbolos, texto em uma língua estrangeira ou simplesmente vazio).

Assim, qualquer usuário real que suspeite que uma marca tenha recebido muitos seguidores subitamente poderá encontrar meios de conferir se ela cometeu essa, digamos, desonestidade. Caso isso se confirme, a pessoa provavelmente deixará de confiar na marca e desistirá de segui-la.

4. A compra de seguidores é sobre números e não sobre engajamento

Outro aspecto que precisamos destacar é que, quando compramos seguidores, na verdade estamos só comprando um número para a conta de Instagram. A maior parte desses “usuários” será de perfis inativos ou robôs, que não se interessam pela sua empresa e que dificilmente engajarão com os seus posts.

Powered by Rock Convert

Talvez eles gerem algum envolvimento no início, mas será que isso se sustenta no longo prazo? Como vimos no princípio deste artigo, o engajamento é fundamental para que o algoritmo do Instagram entregue suas publicações para os usuários.

Então, com o passar do tempo, a tendência é que você tenha um número considerável de seguidores e, proporcionalmente, uma taxa de interação muito baixa. Esse é outro aspecto capaz de gerar desconfiança dos seguidores de verdade, o que nos leva novamente ao motivo número 3.

5. As métricas ficarão distorcidas

Imagine que você queira analisar qual é o alcance (número de usuários únicos que viram uma publicação) médio dos posts do perfil da sua marca. Essa informação é facilmente encontrada nos próprios relatórios do Instagram for Business.

Quando dividimos o alcance pelo número de seguidores, temos a porcentagem de usuários fãs da marca que estão recebendo os posts. Acontece que, caso parte da audiência seja de seguidores comprados, essas estatísticas ficarão distorcidas, afinal, eles tanto podem fazer interações automáticas quanto não ter qualquer interação com as imagens e vídeos compartilhados.

Esse foi apenas um exemplo, mas várias outras análises importantes podem ser afetadas, como a avaliação do tipo de publicação que o seu público mais gosta.

6. Os seguidores reais podem ser prejudicados

Como explicamos, os seguidores comprados consistem basicamente de robôs, que são perfis programados para fazer certas ações automaticamente. Essas ações incluem seguir outras pessoas e deixar comentários aleatórios, ou seja, são fonte de SPAM.

Ao trazer essas contas para o seu perfil, elas terão fácil acesso à lista de pessoas reais que seguem a empresa e certamente aborrecerão boa parte delas com mensagens ou solicitações indesejadas.

7. O número de seguidores não é o que mais importa

Por fim, devemos lembrar que a quantidade de seguidores no perfil é muito mais uma métrica de vaidade do que um sinal de popularidade. Além de recursos como o “Arraste para cima” para incluir links no Instagram Stories, não espere que esse número traga benefícios concretos.

Se você deseja que o Instagram traga retorno para a sua organização, o ideal seria investir na criação de conteúdos interessantes para os admiradores da marca. Ao compartilhar fotos e vídeos com novidades, curiosidades, promoções, informações sobre a rotina de trabalho e tantas outras ideias que atraem as pessoas, é natural que o engajamento e os seguidores de verdade aumentem.

Porém, se você deseja mais seguidores a todo custo, o recomendável é usar o Instagram Ads para isso. A plataforma permite escolher as características do seu público-alvo e promover publicações com uma chamada para visitar o seu perfil.

Agora que você já conhece os perigos de comprar seguidores no Instagram, considere aprender mais sobre estratégias de atração e conversão na rede social. Conheça o Curso de Marketing no Instagram da Rock University!