empreendedora aprendendo como fazer um recibonão está 100% seguro sobre como lidar com suas despesas e receitas.

">

Passo a passo: saiba como fazer um recibo

Você sabe como fazer um recibo? Acompanhe este post e entenda melhor o que é um recibo, para que ele serve e como fazê-lo!

A organização e a retidão são características essenciais para o crescimento e o sucesso de qualquer empreendimento, especialmente na fase inicial, quando o empreendedor ainda não está 100% seguro sobre como lidar com suas despesas e receitas.

Guardar registros das entradas e saídas de dinheiro é uma maneira de conseguir essa organização. A cada gasto realizado, é interessante que o empreendedor peça a assinatura do prestador de serviço ou do vendedor da mercadoria em um recibo, a fim de comprovar que o pagamento foi feito.

Isso previne possíveis problemas, como se alguém no futuro cobrar equivocadamente por algo que já foi pago, e auxilia também na declaração de impostos e na contabilidade da empresa.

Mas você sabe como fazer um recibo? Acompanhe este post e entenda melhor o que é um recibo, para que ele serve e como fazê-lo!

O que é um recibo?

Um recibo é um documento no qual uma pessoa declara que recebeu um valor de outra pessoa.

Em que casos deve-se fazer um recibo?

Sempre que a empresa realizar um pagamento a alguém, recomenda-se que faça um recibo e colha a assinatura da pessoa a quem o dinheiro foi entregue.

Esse pagamento pode ser a um eletricista por um conserto efetuado, a um advogado por um serviço jurídico prestado, a um fornecedor por uma mercadoria que você adquiriu ou a um funcionário por recebimento de salário.

Também pode ocorrer de algum dos clientes da sua empresa pedirem um recibo quando realizarem um pagamento a você ou a um funcionário seu.

Recibo é o mesmo que nota fiscal?

Não. A nota fiscal é um documento contábil oficial que comprova a prestação de um serviço, mas não necessariamente um pagamento.

Em alguns casos, notas fiscais acabam servindo como comprovantes de pagamento também, pois há empresas que só emitem ou entregam a nota fiscal após o serviço ser pago. Porém, são dois documentos diferentes.

Como fazer um recibo correto?

Existem modelos de recibos pré-confeccionados que podem ser encontrados em papelarias. Neles, basta preencher os campos em branco com os dados necessários.

Porém, fazer um recibo não é difícil! Você mesmo pode digitá-lo no computador e imprimir! Continue lendo e saiba como fazer um recibo!

1. Dê um título ao documento

Coloque um título no cabeçalho da folha em branco: “Recibo”, “Recibo de pagamento”, ou “Declaração de pagamento”.

2. Narre o recebimento

Agora você vai escrever como se fosse a própria pessoa que recebeu o dinheiro:

“Eu, __________ (insira o nome da pessoa que recebeu o pagamento), recebi de ___________ (nome da sua empresa ou da pessoa que realizou o pagamento) a importância de _________ (valor pago), pelos serviços de ___________________ (descreva o fato ou serviço que está sendo pago).”

Se houver outra informação sobre o pagamento que você julgar importante, é possível incluí-la também. Por exemplo: tratando-se de pagamento que está sendo feito de forma parcelada, pode-se especificar o número da parcela paga.

3. Tome cuidado com os valores

Por via das dúvidas, é sempre recomendável que após o valor numérico, seja escrito o valor por extenso — por exemplo, R$ 150,00 (cento e cinquenta reais).

Segundo a legislação brasileira, em casos de divergência entre o valor numérico e o escrito por extenso, prevalece o escrito por extenso. Para evitar problemas advindos de erros de digitação, tome esse cuidado.

4. Deixe espaço para local, data e assinatura

Por fim, descreva a cidade e o estado em que o pagamento foi feito e adicione a data por extenso. Por exemplo: São Paulo/SP, 25 de junho de 2017.

Adicione uma linha com espaço que caiba uma rubrica e abaixo coloque o nome completo da pessoa que recebeu o pagamento, com seu CPF. Depois disso, peça a assinatura dela.

Agora que você já sabe o que é, para que serve e como fazer um recibo, nada impede que, com o tempo, você possa criar modelos padronizados de recibo para a sua empresa. O importante é o conteúdo: um recibo deve sempre conter a identificação das partes (pagador e recebedor), do valor pago, do serviço, o local, a data e a assinatura de quem recebeu o pagamento.

Com o seu recibo em mãos, que tal aprender sobre contabilidade de custos para seu negócio?

  • Ananias Santos

    Muito bom gostei das dicas me ajudou obrigado

    • Letícia Abrantes

      Olá, Ananias! Agradecemos pelo seu feedback 😀