começar um negócio sendo tímido

9 dicas de como começar um negócio mesmo sendo tímido

Então, como começar um negócio sendo tímido? Vamos descobrir algumas dicas importantes agora!

É verdade que paira na mentalidade de muitas pessoas que para ser bem sucedido nos negócios é preciso ser extrovertido e muito comunicativo. É claro que tais habilidades são de grande ajuda, mas é um mito acreditar que pessoas tímidas são menos capazes de alcançar o sucesso.

É claro que, no caso dos introvertidos, há uma série de desafios que os mais comunicativos superam com maior facilidade: apresentar sua ideia para empreendedores ou vender diretamente aos consumidores são algumas destas situações.

Então, como começar um negócio sendo tímido? Vamos descobrir algumas dicas importantes agora!

1. Tenha cuidado ao escolher um negócio

Começar um novo empreendimento é um desafio enorme: você precisará desenvolver e utilizar diversas habilidades, desde financeiras e gerenciais até interpessoais, que costumam ser a pedra no sapado das pessoas tímidas.

Procure um mercado de atuação que tenha a ver com o seu perfil. Isso te ajudará a utilizar o máximo do seu potencial e superar seus desafios, até porque é fundamental que o empreendedor tenha prazer no seu trabalho diário para que alcance o tão almejado sucesso.

Pense em áreas que não demandem tanta interação pessoal e que o poder das mídias sociais possa ser usado a seu favor. Assim, você otimiza suas melhores habilidades ao gerenciar o empreendimento.

2. Encontre um bom sócio

Uma máxima do mundo do empreendedorismo diz que para ter sucesso, é fundamental que os sócios se complementem. Portanto, uma dica fundamental sobre como começar um negócio sendo tímido é ter ao seu lado alguém com maior facilidade para lidar com pessoas.

Este parceiro poderá ajudá-lo no seu desenvolvimento pessoal, ao mesmo tempo em que colabora para que a empresa alcance o sucesso.

Porém, não pense que ter um sócio extrovertido é uma carta branca para esconder-se no seu escritório. Só é possível superar suas limitações ao encarar os desafios, então, desafie-se a encarar as situações que deixam a sua timidez aguçada.

3. Ensaie suas apresentações e discursos

Essa dica é válida para todo empreendedor, mas é especialmente importante para os tímidos que querem saber como começar um negócio, já que estes tendem a impressionarem-se mais com uma platéia.

Nunca deixe de praticar as suas apresentações e discursos com antecedência e repetidas vezes. Não se trata de decorar palavra por palavra, mas estudar bem os pontos a serem abordados, pensar nas melhores maneiras de desenvolvê-los e as respostas para eventuais perguntas que possam ser feitas.

Também é fundamental estar atento à sua expressão corporal — experimente formas de gesticular enquanto fala, para que sua apresentação seja bem natural. Tudo isto lhe trará a segurança necessária para fazer apresentações à investidores e clientes.

4. Prepare perguntas para suas conversas

A falta de assunto é capaz de aterrorizar qualquer pessoa introvertida — não há nada mais constrangedor do que aquele silêncio sepulcral durante uma conversa.

Para evitar esta situação, sempre que tiver uma conversa com clientes ou outras pessoas, prepare um roteiro de assuntos e de perguntas a serem utilizadas.

O LinkedIn é uma ótima ferramenta para isto: por meio dele, você poderá visualizar o histórico profissional do interlocutor, o que rende bons assuntos.

Tudo isto vai ajudá-lo a desenvolver uma troca de ideias saudáveis e melhorará seu relacionamento interpessoal. Mas fique tranquilo: se o silêncio constrangedor ocorrer, este não é o fim do mundo!

5. Use a internet e as redes sociais a seu favor

Nem sempre é necessário desenvolver uma conversa pessoal para chegar a algum lugar: muitas vezes, uma troca de emails ou mensagens em redes sociais é suficiente para tratar de certos assuntos. Que tal utilizar essas ferramentas sempre que puder?

Este tipo de comunicação é ótimo para empreendedores tímidos, pois diminui a pressão que existe pessoalmente ou por telefone, quando a resposta deve ser dada logo após a pergunta.

Mas vá com calma! Nem todo assunto pode ser tratado dessa forma. Muitas vezes, nada substitui uma ligação ou uma conversa pessoal. Tenha discernimento e saiba identificar tais situações!

6. Procure uma companhia para eventos de networking

Quando falamos sobre como começar um negócio sendo tímido, é difícil imaginar uma situação mais aterrorizante que um evento de networking: um lugar onde as pessoas vão, literalmente, para conversarem e conhecer novas pessoas e expandirem suas redes de contatos.

Se você é introvertido, a simples ideia de participar de um evento deste tipo talvez te dê calafrios, mas com a companhia de um amigo ou de um sócio, a ansiedade tende a ser menor e você certamente conseguirá desenvolver conversas produtivas.

E, diferente do que muita gente pensa, o grande objetivo de um evento de networking não é simplesmente distribuir cartões ou trocar uma dúzia de palavras com o maior número de pessoas. Poucas conversar com muito conteúdo são melhores.

7. Faça networking online

Já citamos aqui uma das vantagens do LinkedIn, agora você conhecerá uma das suas razões de existir: através desta rede social de negócios, você conseguirá fazer networking com uma quantidade enorme de empreendedores pela internet sem a necessidade de interagir cara a cara — ou, ao menos, não num primeiro momento.

O LinkedIn é excelente para conectar pessoas que tenham habilidades e interesses em comum no mundo dos negócios. Se você ainda não tem uma conta no site, crie agora mesmo e aproveite todo o seu potencial.

Por sua vez, o Facebook também é uma excelente ferramenta de networking, embora não seja focado em negócios. Por meio dele, você poderá manter contato com pessoas da sua área e participar de grupos de discussão sobre assuntos relacionados ao seu negócio.

8. Use a sua timidez a seu favor

Sim, o empreendedor introvertido encara uma série de desafios que as pessoas extrovertidas tendem a superar com mais facilidade. Por outro lado, os tímidos possuem habilidades que podem e devem ser usadas a seu favor. Vejamos.

Pessoas tímidas normalmente são boas ouvintes, e essa é uma habilidade cada vez mais valorizada no mundo dos negócios. Também tendem a serem menos impulsivas — característica importante para evitar conflitos.

Outra excelente caraterística que se mostra mais comum nos introvertidos é a grande capacidade de autocrítica, habilidade necessária para melhorar suas atitudes e corrigir desvios de rota. Um empreendedor sem autoconhecimento dificilmente alcançará o sucesso.

Viu? É muito importante não se prender à dificuldade nas interações sociais, mas ter em mente que você tem sim muita capacidade e habilidades muito valiosas para gerenciar um empreendimento.

9. Aceite que as situações desconfortáveis são comuns

Situações desconfortáveis existem tanto para pessoas tímidas quanto para extrovertidos, e elas não são o fim do mundo! Por mais que você se sinta frustrado pois não conseguiu manter um bom nível de conversa com alguém ou porque algo não saiu como você gostaria, a vida continua.

Aprenda a se sentir desconfortável e entenda que esta é uma sensação que você terá diversas vezes ao longo da vida, pois nem sempre as coisas saem como nós gostaríamos.

É fundamental superar as dificuldades da timidez, utilizar as ferramentas que ajudam nesse desafio e ter ao seu lado verdadeiros parceiros que colaborem com o desenvolvimento do seu negócio.

Ah, e falando sobre parceiros de verdade, leia nosso artigo com 6 cuidados na hora de encontrar um sócio ideal para o seu negócio. Lá você terá dicas excelentes para escolher a pessoa ideal para a sua jornada empreendedora. Boa leitura!