Coaching: o que é, benefícios e quanto custa

Você já ouviu falar em coaching? Nos últimos anos esse conceito tem se destacado bastante, especialmente por ajudar estudantes, empreendedores e outros profissionais a alcançarem seus objetivos.

Seja obter a aprovação em um concurso ou vestibular, alcançar o reconhecimento ou conquistar um negócio de sucesso. A ajuda de um profissional pode ser fundamental para que se manter focado e persistente.

Ainda assim, mesmo com a popularidade do termo, muitas pessoas não entendem muito bem o que é e nem o papel desse processo na vida das pessoas e, por isso, preparamos um material com tudo o que você precisa saber sobre o coaching.

Se você tem curiosidade e deseja aprender o que é coaching, o que ele faz, os benefícios de se contratar e até mesmo como se tornar um coach, não deixe de ler este post!

Podemos começar? Faça uma boa leitura!

O que é coaching?

Conforme mencionado, é provável que você já tenha ouvido falar em coaching, pois a técnica vem se popularizando em nosso país e conquistando diversos adeptos. Mas afinal, do que estamos falando?

De maneira simplificada, podemos dizer que o coaching é um processo que visa aumentar a performance de um indivíduo ou empresa. Assim, com a aplicação de técnicas e metodologias diferenciadas, o profissional habilitado consegue extrair todo o potencial de seus clientes.

Estamos lidando, então, com uma espécie de apoio pessoal e profissional que tem o foco em ajudar as pessoas a alcançarem seus objetivos, por mais complexos e distantes que pareçam estar.

**Lembrando que todas as ferramentas e métodos aplicados são cientificamente validados **e, portanto, capazes de ajudar o indivíduo a conquistar os resultados almejados, desde que ele se esforce e cumpra com o seu papel nesse processo. O embasamento é vasto e se apoia em estudos importantes, como:

  • Psicologia Cognitiva;
  • Psicologia Comportamental;
  • Psicologia Positiva;
  • Ciências Organizacionais;
  • Neurociência;
  • Filosofia;
  • Educação;
  • Administração;
  • Processos de liderança.

**Ao passar por esse processo, a pessoa consegue se conhecer melhor e entender seus potenciais, fraquezas e desafios a superar. **Tudo isso, a torna mais forte e preparada para seguir confiante e focada em sua jornada rumo ao sucesso.

Dessa maneira, um empreendedor ou gestor de equipes que esteja em busca de sucesso pode se beneficiar com a ferramenta, fortalecendo sua autoestima, aprendendo a ser um bom líder e a planejar e persistir em suas metas.

Do mesmo modo, um estudante que se sente confuso e perdido durante sua preparação para um vestibular ou concurso pode se tornar emocionalmente forte para suportar os desafios e encontrar soluções inteligentes ao longo da vida.

O que não faz parte do coaching?

Falar em um processo que o ajudará a se conhecer e se manter motivado pode causar certa confusão nas pessoas, levando-as a acreditar que estão diante de uma terapia. Mas coaching não é terapia!

O coach não é um terapeuta e, portanto, não precisa ser formado em psicologia ou fazer perguntas sobre o seu passado. Na verdade, é até interessante que ele conheça um pouco do seu histórico, mas isso faz parte do planejamento e adequação das técnicas a serem aplicadas.

Frisa-se que o coaching trabalha suas metas e planos para o futuro e, em alguns momentos, poderá ajudá-lo a superar traumas e comportamentos que não te deixam evoluir. Mas, jamais o confunda com uma consulta com psicólogo.

Além disso, é preciso saber diferenciá-lo de uma consultoria, já que um consultor é um profissional com conhecimento em determinada área e que presta assessoria e recomendações pontuais.

O coach não dá conselhos, tampouco fornecerá soluções para o problema do cliente. Ao contrário disso, ele desenvolve o processo tendo como base uma metodologia mundialmente reconhecida, levando seu cliente a encontrar suas próprias soluções.

Qual a diferença entre coaching, coach e coachee?

Há uma constante confusão em relação a esses termos e é interessante que você aprenda de uma vez por todas a diferenciá-los. Aliás, como você verá, não estamos lidando com conceitos complexos ou difíceis de serem diferenciados.

**O coaching é o processo que visa fortalecer e potencializar os resultados de um indivíduo. **Isto é, são as técnicas e ferramentas desenvolvidas e aplicadas de acordo com os objetivos traçados.

O coach — termo derivado do inglês que significa treinador — nada mais é que o profissional que se qualificou e está preparado para aplicar a metodologia em algum cliente. Ou seja, o coach é o responsável por desenvolver a técnica do coaching.

Já o coachee é a pessoa que passa pelo processo, isto é, o cliente. Seriam o empreendedor e o estudante mencionados anteriormente — o indivíduo que deseja ter seu potencial ampliado para alcançar suas metas pessoais e profissionais.

Assim, para que você não erre nunca mais:

  • coaching: é o processo;
  • coach: é o profissional;
  • coachee: é o cliente.

Quais os tipos de coaching?

Resumidamente, um processo de coaching visa proporcionar mudanças na vida das pessoas e isso pode se relacionar tanto às suas relações pessoais como profissionais. É por isso que existem dois tipos dessa metodologia:

Coaching pessoal

**O foco principal desse modelo de coaching é a vida pessoal do coachee. **Trabalha-se o seu emocional, relacionamentos, equilíbrio, valores, comportamentos, autorrealização, superação de obstáculos e o aprimoramento de talentos.

Por ser um campo muito vasto, existem inúmeros nichos de atuação:

  • coaching de relacionamento;
  • coaching de saúde;
  • coaching de finanças pessoais;
  • coaching de emagrecimento;
  • coaching familiar;
  • coaching de esportes.

Coaching profissional

Já o coaching profissional, como o próprio nome sugere, visa proporcionar crescimento profissional ao indivíduo. Assim, temos um processo inteiramente voltado para a potencialização da performance e motivação para o trabalho, seja qual for sua área de atuação. Podemos citar alguns bons exemplos desses processos:

  • coaching de liderança;
  • coaching de performance;
  • coaching de equipes;
  • coaching de carreira;
  • coaching empresarial;
  • coaching organizacional.

Como funciona e quanto custa esse processo?

Se o coaching não é uma sessão de terapia, como funciona esse processo? É comum encontramos pessoas que se interessam pelo método, mas desejam entender melhor como ele é aplicado na prática. Então, se essa é uma de suas dúvidas, prossiga com a leitura!

**Via de regra, as sessões de coaching acontecem periodicamente e podem ser semanais, quinzenais ou mensais. **Possuem uma duração média de 1 hora e constituem-se na interação e conversa entre o coach e o coachee.

Com os avanços proporcionados pela tecnologia, os encontros podem ser presenciais — em um escritório, empresa ou mesmo residência do coachee — ou virtuais, via telefone ou outro recurso que permita videoconferência, como o Skype.

Em um primeiro momento, o coachee relata quais são seus objetivos e o profissional qualificado para o processo o ajudará a traçar metas que farão com que ele alcance seus desejos.

A partir disso, ele será provocado e auxiliado a se conhecer melhor, passando por um processo de autoaprendizagem e autoconhecimento para que seja capaz de reconhecer suas qualidades, defeitos, pontos a serem aperfeiçoados e suas crenças e hábitos limitadores.

Portanto, ao longo do processo, por meio dos métodos e metodologias aplicadas, o indivíduo deixa a sua zona de conforto e atinge seus objetivos de maneira progressiva, motivada e com grande crescimento pessoal e profissional.

Em relação a valores, é preciso enfatizar que isso varia de acordo com o profissional e costuma levar em consideração o nível de especialização, a experiência e os resultados já alcançados pelo coach.

Quais os benefícios de se submeter a esse método?

Depois de tudo o que foi apresentado até aqui, é possível que ainda persistam dúvidas sobre os reais benefícios de se submeter a um processo como esse. Pensando nisso, preparamos este tópico com as maiores vantagens do coaching.

Essa metodologia já foi uma incógnita e muito se discutia sobre os impactos que ela gerava na vida dos indivíduos. Mas, depois de muitos estudos e observações, o coaching é uma realidade e existem inúmeras vantagens de procurar um profissional da área.

Continue atento à leitura e aprenda um pouco mais!

Ajuda a identificar pontos negativos

Falar sobre nossos defeitos e limitações nem sempre é tão simples. Muitas pessoas se fecham e ignoram essas questões, enfrentando inúmeras dificuldades de conquistar suas metas individuais.

Imagine uma pessoa que sonha em abrir o próprio negócio, mas possui pouca habilidade para lidar com pessoas. Certamente, essa é uma limitação que precisa ser reconhecida e trabalhada para que não comprometa todo o seu planejamento.

Por isso, o processo de coaching é uma ajuda importante para que você se conheça melhor e entenda seus medos, problemas e desafios pessoais e profissionais.

Aumenta o equilíbrio emocional

Um indivíduo que se conhece e reconhece suas fraquezas e forças é alguém mais estável. O autoconhecimento é essencial para quem deseja se tornar sua maior ferramenta na luta pelos seus sonhos, pois proporciona um maior controle e equilíbrio emocional.

Com isso, por pior que seja a situação ou o problema a ser enfrentado, enquanto a maioria das pessoas ficam presas ao problema, o coachee estará firme e focado em encontrar soluções inteligentes e, por isso, acaba se saindo melhor frente às dificuldades da vida.

Aprimora sua comunicação interpessoal

A melhoria da comunicação interpessoal é outra importante contribuição do coaching. Independentemente de seus objetivos, aprender a se comunicar e interagir com as pessoas é essencial.

Muitas pessoas acreditam que comunicar e conversar são a mesma coisa, mas será que você realmente sabe extrair todos os benefícios que uma interação com um colega de trabalho, amigo, chefe ou familiar pode lhe proporcionar?

coaching

Melhora o foco e a administração do tempo

Atualmente, a gestão do tempo pode ser apontada como um dos maiores desafios da vida contemporânea. Com tantas obrigações e tarefas a cumprir, há a sensação de que o dia é insuficiente para atender a todas as suas necessidades.

**Essa ferramenta lhe ajudará a manter o foco em seu objetivo e ainda ter tempo para lazer, atividades físicas e interações sociais. **Enfim, será um auxílio para que você organize sua agenda pessoal.

Aumenta a sua produtividade

A produtividade, seja no ambiente de trabalho, no estudo ou até nas atividades físicas, é essencial para se alcançar bons resultados, mas nem sempre conseguimos executar nosso planejamento de maneira produtiva.

**Por outro lado, com o auxílio de um coach isso pode ser devidamente trabalhado e superado. **Os métodos e ferramentas aplicadas acabam contribuindo para um dia a dia mais focado e isso, naturalmente, leva a uma maior produtividade.

Contribui para a formação de líderes competentes

Você acredita que é possível se tornar um líder? Existem pessoas que nascem com características que as tornam líderes e influenciadoras, mas qualquer um pode aprimorar suas habilidades e aprender a comandar equipes.

Em um ambiente empresarial isso é essencial. Sendo você um gestor de equipes ou um empresário, manter seu time engajado e motivado a conquistar bons resultados é o que diferenciará o negócio dos concorrentes.

Desse modo,** é importante mencionar a contribuição do coaching para a formação de líderes.** Ao se conhecer melhor, identificar suas habilidades e defeitos e aprender a se comunicar com excelência, é possível desenvolver um bom trabalho em equipe, liderando funcionários em torno de um só objetivo.

Como se tornar um coach?

Caso tenha se interessado pela metodologia apresentada e tenha interesse em se especializar e se tornar um coach, saiba que esse é um caminho promissor. O mercado está bem aquecido para esse tipo de profissional.

Com isso, o primeiro passo é realizar algum curso e treinamento reconhecido para se tornar coach. Essa fase é imprescindível para que você se conheça e possa ajudar outras pessoas a alcançarem suas metas.

É importante ressaltar que não se exige uma formação acadêmica específica para se dedicar ao coaching. Você pode se tornar um coach, sendo formado em qualquer área de conhecimento, como humanas, exatas e biológicas.

Portanto, essa é uma profissão aberta a todos que desejam aumentar seus próprios resultados e contribuir para que outros indivíduos se tornem mais felizes e realizados em suas vidas pessoais e profissionais.

Ao longo do post de hoje você conheceu melhor o coaching e todos os seus benefícios. Depois dessa leitura, é possível concluir que essa é uma excelente estratégia para quem está em busca de mais planejamento para superar obstáculos, se manter mais motivado, potencializar suas habilidades e neutralizar seus pontos fracos.

Todos nós podemos ser melhores e, muitas vezes, uma ajuda profissional é o que pode te deixar mais próximo de suas metas. Por isso, se você deseja alcançar uma transformação pessoal ou profissional, comece a avaliar a possibilidade de se submeter a essa metodologia ou, quem sabe, se tornar um profissional com competência para aplicar essas técnicas em outras pessoas!

Gostou do post de hoje? Quer aprender ainda mais? Então, descubra como trabalhar a habilidade de visão do futuro e antecipar o seu sucesso!

comments powered by Disqus