mulher montando o modelo de canvasplanejamento estratégico.

">

Como utilizar o canvas no seu negócio

O Canvas é um recurso proposto por Alexander Osterwalder, um pesquisador suíço que dedicou grande parte da vida trabalhando em modelos de negócios.

Ter uma boa ideia é apenas o primeiro passo para quem quer empreender. É preciso saber também como transformá-la em um negócio rentável e isso só se é possível através de um bom planejamento estratégico.

Existem muitas ferramentas que te ajudam a colocar tudo isso no papel, mas nesse artigo vamos entender melhor como você pode aplicar o Canvas em sua empresa.

Antes de tudo, é importante que você saiba a verdadeira diferença de um plano de negócios para um modelo de negócios. Basicamente, o primeiro é uma metodologia tradicional, que exige muito tempo para ser elaborado, por se tratar de um documento mais detalhado.

Já o segundo, surgiu como uma alternativa mais dinâmica para o novo modelo de empresas que temos visto atualmente, como as startups, que geralmente precisam validar a sua ideia em pouco tempo e modelá-la de forma constante.

O Canvas é um recurso proposto por Alexander Osterwalder, um pesquisador suíço que dedicou grande parte da vida trabalhando em modelos de negócios. Ele propõe ser possível representar em apenas um quadro, de forma bem visual, os aspectos essenciais que um empreendedor deve levar em conta para inserir sua empresa no mercado.

O principal objetivo aqui é trabalhar com o conceito de Startup Enxuta, isto é, sem burocracias.

O Canvas sempre começa a ser preenchido a partir do centro. Confira como fazer a a partir dos passos abaixo:

Proposta de Valor

Por que seus clientes pagariam pelo o que você oferece? A proposta de valor diz respeito ao que você está entregando realmente. Por exemplo: se você quer vender camisetas, mais do que o produto, você estará entregando certo estilo de vida, seja ele básico, sofisticado ou inovador.

Segmento de Clientes

Esse é o momento de decidir para quem você venderá o que produto, ou seja, seu público-alvo. Tente destacar também características como faixa etária, classe econômica, idade etc.

Canais

Se você já possui o que entregar, a quem entregar, falta agora descobrir como fazer isso. Nessa etapa você terá que modelar se as vendas serão online ou presencial, se haverá um site, quais serão as estratégias de comunicação usadas para alcançar quem você deseja etc. É importante se perguntar qual caminho funcionará melhor e qual terá o menor custo.

Relacionamento com Clientes

Como o próprio nome já diz: como será o relacionamento com os seus clientes? Em um funil de vendas, é possível saber os estágios necessários para chegar no ponto de conquistar fãs para sua marca. Em resumo, como você pretende atrair, converter e fidelizar?

Atividades Principais

Qual serão as atividades que a sua proposta de valor demandará? Faça uma lista de ações, baseada no que você imagina para o seu negócio, a partir do que já conseguiu delimitar até aqui, não que você viu em um modelo já pronto. Elas podem ser de todo o tipo e em qualquer setor, seja ele comunicacional, de tecnologia, de logística, de relacionamento etc.

Recursos Principais

Tendo todos as etapas anteriores bem trabalhadas, você terá a missão de estabelecer quais serão os recursos que sua empresa precisará para funcionar e para se sustentar. Aqui vale colocar desde papel, computadores, energia elétrica até a equipe.

Dica: uma forma de preencher o Canvas muito utilizada é através de post-its. Como a ideia é ser um plano modelável, fazer dessa maneira facilita atualizações e mudanças sem necessitar que ele seja refeito completamente.

Parcerias Principais

Nenhum negócio caminha sozinho e nem consegue ir muito longe sem conquistar parcerias. Entenda qual pode ser sua rede de apoiadores e quais associações podem ser feitas para facilitar o seu empreendimento. Qual é o perfil de parceria que você precisa e o que você pode oferecer em contrapartida para que ela seja consolidada?

Receitas

Essa é uma das partes essenciais do seu negócio, pois será a responsável por validar ou não os caminhos que você imaginou anteriormente. Para que sua empresa seja sustentável a longo prazo, ela precisa gerar receita. Sem isso, o ciclo de produção não consegue se reiniciar e sua proposta acaba se tornando inviável.

Importante: se você deseja abrir uma empresa familiar, tenha em mente a importância de não se misturar as finanças de casa com as de seu empreendimento. 

Estruturas de Custos

Por fim, depois de estabelecido como a sua empresa vai ganhar dinheiro, é preciso destacar o quanto você está gastando para conseguir realizar esse ciclo. Entender sobre boa gestão de custos influenciará diretamente na sua margem de lucro. Uma estrutura muito cara, nem sempre é o melhor investimento, por isso você deve estar atento. Liste aqui os materiais, mão-de-obra, aluguel, impostos etc.

Valide seu modelo e melhore-o

Após preenchido o seu modelo de negócios, é chegado o momento de validar tudo o que você pensou. Essa parte é essencial nessa estrutura, que foi criada exatamente para que o empreendedor consiga criar hipóteses e inovar processos.

Entendeu como é prático o preenchimento do Canvas? A partir dessas 9 etapas você certamente conseguirá ter uma visão geral do que está sendo criado, sem deixar nenhum estágio essencial de fora.

É imprescindível que você entenda a real proposta dessa metodologia, que surgiu exatamente para possibilitar a visão mais ampliada dos processos e não para tratá-los com profundidade.

Importante: mesmo que seja mais utilizado por startups e que tenha sido uma técnica desenvolvida para suprir uma demanda desse modelo de empresa, o quadro pode ser utilizado por qualquer um, mesmo pelas companhias mais maduras e que já estejam estabelecidas há algum tempo.

Nesse caso, você poderá entender melhor todas as interações de seus setores e como você pode inventar maneiras de manter-se atualizado diante das mudanças do ambiente empreendedor.

O modelo do canvas existe para ser baixado online, já pronto para preenchimento, mas se você preferir, também pode desenhá-lo em uma parede grande em seu escritório. Isso auxilia na organização e na melhor visualização das partes. Desta forma, é possível que outras pessoas interajam e lhe ajudem a preenchê-lo!

Além do mais, pode fazer com que seus colaboradores reflitam melhor a respeito de todos os processos do negócio. Boa sorte!

Se você gostou mais de saber sobre essa ferramenta, confira também “As 15 ferramentas de Marketing mais indicadas para pequenas empresas”!