aumentar a produtividade e crescer seu negócio

8 técnicas indispensáveis para aumentar a produtividade e crescer seu negócio

Se quiser reduzir o tempo gasto com tarefas, precisa adotar técnicas específicas que ajudem a aumentar a produtividade e crescer seu negócio.

Não há nada mais importante para um empreendedor do que ver a sua empresa desenvolver de forma sustentável. Mas, para isso acontecer, é preciso muito empenho. Fazer pequenas mudanças de hábitos pode ser o primeiro passo para melhorar os níveis de produção e eficiência da empresa. Mas, se quiser reduzir drasticamente o tempo gasto com as tarefas e melhorar a qualidade, precisa adotar técnicas específicas que ajudem a aumentar a produtividade e crescer seu negócio.

Para te ajudar nessa missão, apresentaremos aqui oito dicas simples e práticas que devem fazer a diferença. Aproveite e eleve o patamar de negócios da sua empresa.

1. Melhore as condições do local de trabalho

Um espaço limpo e organizado é capaz de contribuir muito para o aumento da produção. A limpeza e higienização constante eliminará odores causados por mofos e outras sujeiras, evitando crises alérgicas e melhorando o bem-estar no local. Já a organização facilitará a encontrabilidade do que precisa. Arquivos, documentos, anotações e outras coisas podem ser localizadas mais rapidamente, economizando tempo.

Além disso, preocupe-se com a climatização e iluminação. Uma temperatura agradável deixará o ambiente mais confortável, ajudando você e todos ao redor a manterem o foco no trabalho. Com relação à iluminação, o ideal é a natural, mas quando não for possível, prefira luz branca com intensidade adequada ao tamanho do espaço. Ela não pode ser fraca ou forte demais para causar irritações nas vistas e gerar falta de concentração.

2. Defina metas mais realistas para o negócio

Um problema comum entre os gestores é a falta de senso na hora de definir metas e objetivos. Muitos definem alvos com base no que acham ser possível alcançar e cobram resultados, muitas vezes irreais para sí próprio e os outros. Isso só vai desmotivar você. O correto é se basear em dados reais. Um histórico de registros pode ser utilizado para ter uma noção melhor.

Compare os resultados atuais com os dos mesmos meses do ano anterior e descubra o percentual de aumento que a empresa vem gerando. Acrescente esse percentual no próximo mês e terá uma meta baseada em projeções realistas. Caso não tenha esses históricos, baixe as metas até o ponto de serem alcançáveis e vá aumentando aos poucos. Isso te deixará mais feliz e motivado.

3. Torne o negócio mais eficiente

Estude o seu negócio a fundo, visualize cada etapa dos processos adotados e pense em formas de melhorá-los. A desconstrução ajuda a identificar pontos falhos, riscos e ameaças que antes não eram visíveis, dando a oportunidade de neutralizá-los e tornar o negócio mais competitivo.

Considere a forma como sua empresa opera atualmente e esteja aberto as possibilidades de mudanças com base nas novas metodologias e tecnologias utilizadas no mercado. Fazer benchmarking com frequência deve ajudar você a se manter atualizado e descobrir as melhores oportunidades que podem ser implementadas na sua organização.

4. Tenha ferramentas adequadas

Utilizar os equipamentos e ferramentas certas para o trabalho é crucial para que você possa desempenhar as funções com maior nível de eficiência e de forma atempada. Não há nada mais contraproducente do que gastar horas com tarefas manuais que poderiam ser realizadas de forma automatizada.

As tarefas manuais, principalmente as repetitivas, acumulam um alto índice de falhas, o que gera retrabalhos e mais tempo gasto. Além disso, toda a qualidade da produção fica comprometida, reduzindo a credibilidade e prejudicando a imagem da empresa. Para mudar esse cenário, adote softwares de gestão específicos para o seu segmento e equipamentos que realmente ajudem a tornar o trabalho mais fácil, rápido e certeiro.

5. Pratique o reforço positivo

Incentive, motive e recompense. O reforço positivo visa a recompensar esforços extras e essa prática vale tanto para você quanto para quem te ajuda no trabalho. Prometa a si mesmo que se alcançar um determinado resultado comprará, fará ou receberá algo que almeja muito. Faça o mesmo com as pessoas que trabalham com você, porém, mesmo que não alcancem os objetivos combinados, use a tática de elogiar sempre o que conseguirem.

Afinal, algum resultado a mais provavelmente será realizado e todo esforço deve ser reconhecido. Isso dará ainda mais motivação para que todos continuem comprometidos com o objetivo geral.

6. Use o poder da música

Muita gente não sabe, mas a música tem o poder de alterar a disposição de uma pessoa. Supermercados e lojas de roupas usam essa tática, tocando sempre ritmos que lembram festas e inspiram bons sentimentos. Isso faz com que os clientes se sintam bem e dispostos a comprar. O efeito causado é inconsciente e o resultado impressionante.

Você pode fazer a mesma coisa na sua empresa. Se tiver lojas comerciais, invista em um som ambiente capaz de gerar resultados nos clientes. Já no escritório, use músicas que inspirem tranquilidade, mas que ativem partes do cérebro voltadas ao estímulo de concentração. Existem muitos canais no Youtube e até mesmo sites que disponibilizam playlists prontas e específicas para estes intuitos.

7. Reduza as distrações

As redes sociais, ligações pessoais e mensagens instantâneas são os fatores que mais atrapalham a concentração dos profissionais no trabalho. Para evitar que isso aconteça com você, procure desligar o aparelho de telefone celular ou coloque-o no modo silencioso durante os horários mais produtivos. Além disso, desconecte-se dos seus perfis particulares de redes sociais. Só fazendo isso poderá sentir um bom aumento da produtividade.

Outros fatores que geram distrações são ruídos e janelas abertas em locais de grande movimento. O ideal é que o ambiente seja silencioso e as janelas fechadas para que não haja desconcentração por causa das pessoas e veículos que circulam do lado de fora.

8. Delegue tarefas

Muitos gestores têm dificuldades em delegar tarefas por medo dos profissionais não darem conta do recado. Conhece aquele ditado que diz “se quer algo bem-feito faça você mesmo”? Então, é nele que se baseiam. O problema é que o excesso de tarefas acumuladas podem gerar estresses e resultar em erros. Sem contar que não terá tempo para mais nada.

É mais saudável e prudente delegar tarefas, mas para isso precisa dar um voto de confiança as pessoas que trabalham com você. Comece aos poucos, repassando pequenas responsabilidades e, a medida que a confiança cresce, vá redirecionando outras. Logo terá mais tempo disponível para cuidar da parte estratégica e menos da parte operacional.

Viu? Aumentar a produtividade e crescer seu negócio não é difícil. Basta seguir essas dicas e monitorar os resultados.

Aproveite para descobrir agora como transformar o seu time em uma máquina de vendas!