Vantagens do pinguim sobre o pato

As 3 vantagens do pinguim sobre o pato

Exceto o pato Donald, é muito raro vermos patos sendo aclamados pela sociedade. Inclusive, citamos o pato como exemplo de quem mandou mal “Fulano foi pato naquela negociação”. Em compensação, o pinguim é praticamente um herói mundial (Madagascar, Happy Feet, Tá dando onda, etc.). Até quando é vilão do Batman o pinguim é um bicho maneiro.

Exceto o pato Donald, é muito raro vermos patos sendo aclamados pela sociedade. Inclusive, citamos o pato como exemplo de quem mandou mal “Fulano foi pato naquela negociação”. Em compensação, o pinguim é praticamente um herói mundial (Madagascar, Happy Feet, Tá dando onda, etc.). Até quando é vilão do Batman o pinguim é um bicho maneiro.

E o que isso tem a ver com empreendedorismo?

O pato tenta nadar, voar e andar, mas não faz nada direito. O pinguim por outro lado, não voa e é todo desengonçado andando, mas tem um foco muito claro: ser um especialista na água. Essa especialização o torna muito mais eficiente na hora de buscar seu alimento.

Vantagens do pinguim sobre o pato

Não adianta disfarçar

1. Ser especialista torna mais fácil “vender o seu peixe”
Façamos um rápido exercício. Pense em 5 coisas do mundo, qualquer coisa.

Agora, pense em 5 coisas que estão na sua geladeira.

Aposto que foi muito mais fácil pensar em coisas na geladeira do que em qualquer coisa no mundo. Isso também acontece na hora que alguém pensa em te contratar.

É difícil enxergar a aplicação de um serviço que “faz tudo”. Porém, se você resolve muito bem algo específico, é de você que as pessoas vão lembrar quando tiverem essa demanda.

2. Especialização significa ter um diferencial
Se você resolve “mais ou menos” qualquer problema que eu tiver, por que eu pagaria caro por esse serviço? Pra resolver “mais ou menos” eu consigo facilmente contratar outra pessoa ou então eu mesmo resolvo.

O especialista é aquele que é chamado quando “o bicho pega” e ninguém mais conseguiu resolver esse pepino. Ou seja, sua hora de trabalho vale muito mais.

3. Uma equipe de especialistas vale mais do que uma equipe de generalistas
Imagine um time de futebol em que todos os jogadores defendem, chutam e tocam a bola de forma mais ou menos. Agora coloque esse time contra o glorioso Bahia, que tem um paredão na defesa, um meio de campo expert em fazer a conexão e um ataque matador.

Numa empresa ideal a estrutura é parecida com a do Bahia em que cada um tem a sua função e a executa perfeitamente, em prol de um objetivo comum. A Apple por exemplo, tem várias linhas de produto, mas sempre dentro do seu foco: bens de consumo eletrônicos.

Alguém consegue imaginar a Apple fazendo bolas de futebol ou sorvetes?

Porém, não confunda especialização com ignorância
Mais do que ser especialista ou generalista, o que importa é resolver o problema até o fim. Isso quer dizer que é necessário o mínimo de habilidades em outras áreas. Se o pinguim não andasse, como ele chegaria até a água?

Não adianta você se especializar em vendas, via internet, de sabonetes de morango, para descendentes de irlandeses, que moram em Niterói, sem entender os conceitos gerais de estratégia e marketing.

Conhecer os fundamentos básicos é essencial em qualquer profissão. Lembre-se sempre de Daniel San aprendendo karatê.

Abraços,
Millor Machado (entusiasta dos pinguins, e do glorioso Baêa)

Obs.: Esse artigo foi patrocinado pela Funenseg. Isso significa que recomendamos seu curso como um exemplo, mas não há interferência no conteúdo do artigo. Confira nossa forma de trabalhar com posts patrocinados no artigo Conteúdo útil para empreendedores em primeiro lugar.

  • Aaaaa

    usar o bahia nesse exemplo tirou toda a seriedade do artigo… use times consagrados

    Barcelona, Real Madri, Chealsea, Seleção Brasileira….

    • Luiz Fernando

      Bahia é bicampeão brasileiro, e como uma empresa que passou por uma crise esta voltando aos poucos para ser grande, e entra de vez no mercado como peixe grande. Vc ainda vão lembrar desse meu comentário!!!

    • Anderson A

      Eu vi o exemplo do Bahia com outros olhos… quando ele citou um time cheio de generalistas contra o Bahia, penso que mesmo o Bahia que não é um time excepcional ganharia fácil de um time de generalistas, justamente por ter a vantagem competitiva de ter especialistas em várias posições. Claro, quando o Bahia pega outros times com especialistas em várias posições, assim como eles, a situação fica mais complicada.

  • Artigo muigo interessante Millor, mas infelizmente muitas empresas não olham seus funcionários especialistas como diferenciados.

    Já trabalhei com diversas consultorias de implantação de software ERP e neste tipo de empresa normalmente no início de um projeto os “patos” são escalados e as horas, dias e meses vão passando e eles vão ganhando seu dinheiro normalmente, mas quando o bicho pega e o gerente de projeto percebe que não tem mais orçamento pra nada, essas empresas mandam os especialistas pra fazer em 1 mês o que o pato não conseguiu fazer em 6.

    O detalhe é que o especialista na grande maioria das vezes não tem seu ganho diferenciado nestes casos e muitas vezes ganha muito menos que o pato ganhou pra não fazer nada.

    Concordo com o artigo, mas infelizmente nossas empresas brasileiras ainda estão muito longe de der práticas que não são apenas modismos, mas práticas que façam a diferença em sua operação.

  • Artigo muigo interessante Millor, mas infelizmente muitas empresas não olham seus funcionários especialistas como diferenciados.

    Já trabalhei com diversas consultorias de implantação de software ERP e neste tipo de empresa normalmente no início de um projeto os “patos” são escalados e as horas, dias e meses vão passando e eles vão ganhando seu dinheiro normalmente, mas quando o bicho pega e o gerente de projeto percebe que não tem mais orçamento pra nada, essas empresas mandam os especialistas pra fazer em 1 mês o que o pato não conseguiu fazer em 6.

    O detalhe é que o especialista na grande maioria das vezes não tem seu ganho diferenciado nestes casos e muitas vezes ganha muito menos que o pato ganhou pra não fazer nada.

    Concordo com o artigo, mas infelizmente nossas empresas brasileiras ainda estão muito longe de der práticas que não são apenas modismos, mas práticas que façam a diferença em sua operação.

  • Estevão

    Não concordo com essa visão limitada que uma pessoa tem que ser “especialista” em algo.
    Acho que você pode saber muito de muitas coisas, ser totalmente T-shaped.

    Esse papo de especialização para mim é papo pra vender cursos.

    • Oi Estevão,

      Qual seria a definição de T-shaped?

      Abraços!

  • Até
    fiquei tendida a revoltar com o texto no decorrer da leitura, sou comunicóloga
    e designer, sempre aproveitada no marketing, uma faz tudo, com foco! Mas logo
    tudo ficou mto lógico, difícil de discordar depois disso: “Porém, não confunda
    especialização com ignorância, se o pinguim não andasse, como ele chegaria até
    a água?”

     

    Enfim, curti!!!
     

    • Cantarim

      Gosto da sua visão, fiquei na mesma posição, mas arrisco continuar uma duvida. Como se classificam os gestores dentro dessa ótica?

  • Myads

    Interesting business analogy. Unfortunately penguins are also part of the food chain of other predators such as sharks and killer whales (Orca) which are at the top of their chain. Perhaps we should also look at their strategies, but then they are also predated by humans which bring us back to people as the smartest model to copy for business purposes. Thanks for sharing though.

  • Ótimo texto. O item 3, é ligeiramente polêmico ao meu ver: um time com 11 jogadores coringas (generalistas) vai mais longe que outro com 11 goleiros ou 11 Ronaldinhos.

    E vale lembrar que um grande homem de negócios, visionário e empreendedor é um pato! Tio Patinhas!

    • Que bom que gostou André!

      Sobre o time, na verdade a ideia não é ter 11 goleiros ou 11 Ronaldinhos, é ter cada um como especialista na sua posição.

      Sobre o Tio Patinhas, realmente é um excelente contra-exemplo hehe Não consigo lembrar de nenhum grande empresário que seja umpinguim.

      Abração

  • Rafaela Camargo

    Muito Bom!

  • Luis

    Tirando o Bahia o artigo foi bom! kkkkk

  • Berg

    #BBMP só os fortes entendem .