6 dicas para praticar a inovação em qualquer tipo de negócio

O artigo de hoje foi mandado por Alice Sosnowski, jornalista, especialista em empreendedorismo e inovação, autora do blog “O Pulo do Gato

Um dos mantras utilizados na gestão hoje é a inovação. Sejam em empresas grandes, pequenas, micro ou até multinacionais: inovar passou a ser indispensável para quem quer crescer – e sobreviver  – no mercado.

Muitos falam, mas poucos esclarecem: afinal, o que é inovação no dia-a-dia?

Como posso inovar na minha empresa que já tem tantas urgências? Preciso entender de tecnologia de ponta, fazer benchmarking com a concorrência, pesquisar tendências, etc?

Os mais pessimistas até diriam “Impossível! Se não consigo nem atender meus clientes atuais, como vou inovar? Isto é só para quem pode!”.

É aqui que está o grande erro de quem descarta a inovação como uma ferramenta extremamente útil e eficaz para o negócio. E digo para qualquer negócio, independente da natureza da atividade ou do tamanho da empresa.

[![A importância da inovação](http://files.saiadolugar.com.br/uploads/2012/02/29956_129543000394450_115295645152519_350467_3302724_n.jpg "29956_129543000394450_115295645152519_350467_3302724_n")](http://saiadolugar.com.br/dia-a-dia-do-empreendedor/6-dicas-para-praticar-a-inovacao-em-qualquer-tipo-de-negocio/attachment/29956_129543000394450_115295645152519_350467_3302724_n/)A inovação é algo que pode acelerar o seu negócio
Entender a lógica da inovação é o primeiro passo para tirar benefícios dela. Seguem abaixo algumas dicas valiosas para quem pretende inovar e ver resultados concretos e duradouros:

1. Use os recursos disponíveis que você  tem
Pode ser pouco, mas é com eles que você irá avançar para conseguir mais e melhores recursos no futuro.

2. Crie metas mensuráveis
Economizar 10% na conta de luz sem afetar a produção, melhorar o atendimento e pedir feedback dos clientes, ativar novos canais de vendas e fechar negócios por meio deles, etc.

É fundamental estabelecer metas objetivas e que podem ser medidas.

3. Observe!
E  anote todos os dias defeitos e melhorias que poderiam ser feitos no negócio. Ao menos uma vez por mês faça um levantamento de tudo o que está escrito.

Os mais recorrentes serão os primeiros alvos a serem atingidos.

4. Compartilhe com funcionários, clientes e fornecedores a sua intenção
Peça sugestões dos consumidores, incentive iniciativas dos colaboradores e cobre novas alternativas dos parceiros.

Ninguém faz inovação sozinho, mas alguém tem que dar o empurrão para que todos se movimentem.

5. Comece já!
Se a cada dia, você der um passo, mesmo que pequeno, no final do ano serão 365 passos rumo ao sucesso.

6. E, por fim, pratique!
Inovação é como exercício físico. Tem que ser feito constantemente para que se pegue o jeito e o gosto.

Uma vez internalizado na empresa, o ato de inovar passa a ser uma constante e uma eterna fonte de renovação para o seu negócio.

Se você considera que tem potencial para inovação, mas te faltam ideias, recomendo muito conferir o artigo Como gerar ideias inovadoras.

comments powered by Disqus