5 dicas para superar suas falhas

5 dicas para superar suas falhas

Dicas MUITO práticas para você superar suas falhas

A dica de hoje foi dada por Bill Bartmann no portal Entrepreneur.com

Seguem as 5 regras que me ajudaram nesses anos e podem te ajudar também.

Não finja que nunca aconteceu
As vezes as pessoas tão ansiosas para evitar o estigma de fracasso que se recusam a admitir que ele aconteceu. Negação normalmente traz outros problemas como stress e enrolar para resolver o problema.

Dale Carnegie, palestrante e autor do livro “Como fazer amigos e influenciar pessoas” dizia que quando você admite rapidamente que aconteceu um problema, seus colegas pararão de pegar no seu pé e começarão a te ajudar.

Evite desculpinhas
Algumas pessoas fogem da verdade quando inventam várias desculpinhas, eu fazia isso. Na minha adolescência, quando não tinha casa e era alcoólatra, eu sempre me convencia que esses problemas não eram minha culpa.

Minha situação só melhorou quando parei de inventar desculpas e foquei em uma meta produtiva. Para mim, era um certificado educacional.

Não confunda uma meta não alcançada com uma pessoa fracassada
As vezes acontece o oposto do que falei antes. As pessoas se culpam por qualquer falha. Assumir que você sempre irá falhar é perigoso, e provavelmente se concretizará.

Ao invés de pensar na falha, pergunte-se como você pode melhorar.

Você não está sozinho
As pessoas falham o tempo todo. Imagine jogadores de baseball. Eles erram várias vezes durante o ano. E quando falham, é na frente de milhões de espectadores.

O ponto é: não somos robôs. Todo mundo erra de vez em quando.

Foque nas lições aprendidas
Depois de um problema que passei há um tempo, muito estrago foi feito. A única forma de sobreviver a um fracasso tão grande era focar no futuro.

Poucas pessoas perderem literalmente bilhões de dolares e transformaram isso em “lições aprendidas”. Atualmente estou reconstruindo minha empresa, que já vale mais de U$100 milhões.

Além dessas excelentes dicas de Bill, vale a pena conferir o artigo O que fazer quando tá tudo dando errado.

Para mais dicas que irão ajudar seu dia-a-dia empreendedor, assine nosso RSS ou siga-nos no Twitter: @empreendemia.

  • Um exemplo dessa situação é quando o profissional tem dificuldades para falar em público ou defender suas ideias em uma reunião. Nesta situação, a pessoa acaba adiando a preparação para a apresentação e fazendo um trabalho ruim, ela se autoboicota e ao mesmo tempo confirma a teoria de “estigma de fracasso” apenas por uma outra ótica.

  • Um exemplo dessa situação é quando o profissional tem dificuldades para falar em público ou defender suas ideias em uma reunião. Nesta situação, a pessoa acaba adiando a preparação para a apresentação e fazendo um trabalho ruim, ela se autoboicota e ao mesmo tempo confirma a teoria de “estigma de fracasso” apenas por uma outra ótica.