tablet com gráfico do investimento do 13º salário

Melhores investimentos para render mais seu 13° salário

Se você acha que o 13º salário pode ser usado para outra coisa, além de presentear amigos e familiares, este artigo foi feito para você!

O final do ano é sempre um momento de refletir os acertos e equívocos que foram cometidos durante os doze meses que se passaram, mas, além do autoconhecimento, outra recompensa chega nos últimos meses do ano, estamos falando do 13º salário.

Com ele surgem muitas dúvidas, afinal, o que fazer com esse dinheiro extra? Muitos acham que a função desse benefício é gastar com presentes de Natal — o que faz a alegria dos comerciantes, sobretudo, em um momento em que esse setor apresenta resultados desanimadores.

No entanto, se você acha que o 13º salário pode ser usado para outra coisa, além de presentear amigos e familiares, este artigo foi feito para você, pois ele trará dicas de investimentos que podem ser iniciados ou reforçados com o 13º salário. Vamos lá?

13º salário: saindo do vermelho

Vamos trabalhar o termo “investimento” para além do seu sentido financeiro mais básico, começando por investir no pagamento de dívidas. Mas, por que isso é importante?

Dívidas geram juros, em alguns casos, muito elevados, como, por exemplo, os valores praticados no rotativo do cartão de crédito que, apesar de ter sido atualizado este ano, ainda representa um risco financeiro para os inadimplentes.

Por esse motivo, o 13º salário deve ser usado para o pagamento de dívidas. Os mesmos juros que trabalham a favor dos investidores, fazendo com que seus investimentos gerem lucro, fazem com que as dívidas se transformem em bolas de neve impagáveis.

Os credores sabem disso, por isso, no final do ano, eles se colocam dispostos a negociar, justamente porque sabem que o trabalhador possui um recurso extra, o 13º salário. Essa é uma ótima oportunidade para renegociar dívidas. Aproveite.

Criando um fundo de emergência

Você sabe o que é um fundo de emergência? Trata-se de um valor que corresponda a seis meses dos seus gastos, capaz de trazer tranquilidade ao trabalhador caso algo aconteça com ele.

Criar um fundo de emergência é fundamental, mas nem sempre sobra dinheiro durante o ano, por isso, iniciar esse projeto com o 13º salário pode ser uma boa ideia para tornar o ano seguinte mais tranquilo.

Esse é um investimento que deve ser simples e com rápida liquidez, por isso, pode ser feito como caderneta de Poupança ou no Tesouro Direto. Aliás, falando nele…

13º salário: investindo no Tesouro Direto

Nos dois últimos anos o Tesouro Direto ganhou popularidade entre os brasileiros, antes acostumados, apenas, com a boa e velha Poupança. Nos piores momentos da crise política esse investimento, altamente seguro, ofereceu uma rentabilidade de dois dígitos, mas isso acabou. A pergunta que fica é: ainda vale a pena investir no Tesouro?

A resposta é: sim. O Tesouro Direto possui rápida liquidez e é considerado um investimento seguro, pois o Fundo Garantidor de Crédito (FGC) garante o pagamento de até R$250 mil caso algo aconteça, além do mais, ele, na maioria das vezes, renderá mais que a Poupança.

Como investir no Tesouro equivale a emprestar dinheiro ao governo, as chances desse investimento não ser pago são mínimas.  Além disso, é possível começar a investir com apenas R$30. A maioria das corretoras não cobra taxas sobre investimentos no Tesouro.

Tesouro Direto e Previdência Privada

A reforma no sistema previdenciário brasileiro, prevista para ocorrer em 2018, está gerando muitas dúvidas entre a população. Toda essa insegurança fez com que algumas pessoas procurassem informações sobre a previdência privada.

O que a maioria dos investidores desconhece é que quando você contrata um sistema de previdência privada em uma instituição financeira o que esse banco faz com o seu dinheiro é simplesmente investi-lo no Tesouro Direto para você, ou seja, se você deseja usar seu 13º salário para reforçar a sua aposentadoria, você não precisa contratar uma previdência privada, apenas invista no Tesouro Direto.

É importante frisar que hoje, com as taxas como estão (Selic 8,25% a.a.), a Poupança ainda é uma opção viável para aqueles que desejam investir em curto prazo, cerca de três meses, por exemplo.

13º salário: Investindo em CDB

CDB é um empréstimo que o investidor faz a um banco, para que essa instituição financeira sempre tenha lastro para efetuar suas atividades. Nesse tipo de investimento quanto mais dinheiro aplicado melhor.

Por esse motivo, vale a pena somar o 13º salário com outros valores acumulados para poder investir. Alguns CDBs possuem liquidez diária, mas costumam render menos do que aqueles que determinam uma data certa para o resgate, por isso, esse é um investimento interessante para quem está investindo em longo prazo.

Assim como o Tesouro Direto, o CDB possui garantia do FGC no valor de até R$250 mil.

13º salário: onde não investir

A crise política e econômica fez o Dólar atingir picos de até R$4,20 em alguns momentos. Isso levou muitas pessoas a acreditarem que investir na moeda americana seria um bom negócio.

A eleição presidencial no ano que vem, e suas possíveis repercussões na economia, também fizeram algumas pessoas acreditarem que o Dólar é uma boa opção para investir o 13º salário, mas não se deixe enganar, comprar dólares não é um bom negócio.

Para que a moeda americana vença as outras alternativas de investimentos é necessário que ela tenha uma valorização muito grande, pois ela não gera juros ao investidor e possui uma grande desvalorização na hora de revender.

Além disso, o governo age de forma rápida para manter a taxa de câmbio em um patamar aceitável para a economia brasileira e a estabilidade do Real.

O mesmo vale para o ouro, que apesar de ser um investimento seguro para momentos de crise, possui grande volatilidade e não é recomendável para aqueles que desejam investir o 13º salário, mas para aqueles que já possuem capital investido e desejam diversificar suas aplicações.

Agora que você entendeu um pouco mais sobre investimentos financeiros seu 13º salário, com certeza será aplicado para atender uma boa demanda, seja ela pagar as dívidas ou contribuir para uma boa aposentadoria.

Um outro investimento que vem ganhando a atenção das pessoas que querem fazer render o 13º salário  são os bitcoins, uma moeda virtual que não possui regulamentação de nenhuma instituição financeira ou governo. Se você quer saber mais sobre o tema não deixe de ler este artigo.