Trabalhe a habilidade da visão do futuro e antecipe o seu sucesso!

Pense em alguns dos maiores empreendedores que conhece. É provável que eles tenham uma visão muito à frente da sua época, talvez décadas à frente. Isso porque uma das principais características de homens e mulheres de negócios bem-sucedidos é a visão do futuro.

O que fez com que Travis Kalanick, fundador do Uber, investisse na colaboração enquanto todos se preocupavam em ter posses? O que fez com que Marc Randolph, primeiro CEO da Netflix, investisse no* streaming* enquanto a concorrência investia em locação? A visão do futuro é a “fórmula” dos fundadores e CEOs de empresas como Netflix, Uber, Airbnb e Spotify.

Por outro lado, existem empresários que carecem dessa visão e que insistem em manter o status quo do seu empreendimento. Isso é “nadar contra a maré”! Em poucos anos o mundo dos negócios será completamente diferente, afinal, chegou a indústria 4.0.

A grande questão é: essa competência é inata ou pode ser desenvolvida? Pensando nisso criamos um guia para você. Continue e veja como desenvolver sua visão do futuro!

O que é visão do futuro para empreendedores?

Primeiro, é preciso definir o que é visão do futuro para empreendedores. O assunto nada tem a ver com otimismo cego, isto é, aqueles profissionais que acreditam que algo vai dar certo apenas pela intuição, ainda que tudo mostre o contrário.

Visão do futuro é saber antecipar ameaças e oportunidades de um mercado, seja por meio da inteligência contextual ou por meio de análises sistêmicas de um setor. Pessoas dotadas dessa competência, geralmente, estão um passo à frente dos seus concorrentes.

A visão do futuro pode — e deve — ser desenvolvida por qualquer pessoa. Existem algumas técnicas que facilitam esse processo e que serão abordadas em outros tópicos. Dessa maneira, é possível antecipar o sucesso, assim como potencializar o crescimento do seu negócio.

Problema relacionado à falta do visão do futuro

Em 1975 surgiu a primeira câmera digital. Ela foi criada por um engenheiro norte-americano chamado Steve Sasson. Ao apresentar sua criação para os diretores da empresa onde trabalhava, que era a maior do segmento fotográfico na época, foi rejeitado. A companhia não acreditou que essa novidade superaria a câmera analógica e o filme fotográfico, seu business core.

Essa é a história da Kodak, companhia que ocupou cerca de 80% do mercado fotográfico norte-americano. Por conta do pouco avanço e da falta de investimento em inovação, em 2012, a companhia entrou com um pedido de proteção contra falência à justiça dos EUA.

Mesmo os maiores empresários e as maiores empresas do mundo, quando não se atentam às transições do mercado, pegam um breve caminho para o insucesso. Além da Kodak, há várias outras companhias que passaram pelo mesmo processo e faliram.

Uma pesquisa da American Enterprise Institute — EAI afirma que apenas 12% das companhias da Fortune 500 (lista das maiores empresas do mundo) de 1955 continuaram até 2016, ano da pesquisa mais recente. Todo o restante das companhias — 88% — foram vencidas pela falta de tato e visão do futuro os seus fundadores, executivos e líderes.

Técnicas para desenvolver uma visão do futuro

Existem algumas técnicas que podem ser usadas para pelo empreendedor para melhorar sua visão do futuro. São dicas práticas e que fazem toda a diferença. Confira:

Assista palestras e participe de eventos futuristas

Uma ótima dica é participar de palestras mais modernas ou eventos futuristas. Dessa maneira, além de ficar por dentro de tudo o que está acontecendo no mundo, poderá enriquecer sua rede de contatos. Se não der para ir fisicamente ao evento, é possível assistir pela internet.

Os eventos do TED é um bom começo. É comum que falem de coisas mais atuais e entrevistem pessoas relevantes em cada área. É possível começar a aprender com a palestra “O futuro que estamos criando e escavando”, do fundador da Tesla e SpaceX, Elon Musk.

Leia livros que falem sobre oportunidades exponenciais

Existe uma infinidade de livros que podem ser usados para desenvolver uma visão do futuro mais aguçada. Além de oferecer um custo acessível, é uma forma de se desenvolver como pessoa, gestor e empreendedor ao mesmo tempo.

Dentre muitos, é possível começar lendo alguns livros que contam com a participação de Peter Diamandis, Co-fundador da Singularity University. Alguns são: Organizações Exponenciais, Oportunidades Exponenciais e Abundância, todos publicados no Brasil pela HSM.

Desenvolva uma mentalidade elástica

Para desenvolver a visão do futuro é preciso dar um novo significado as coisas, ou melhor, encontrar novas maneiras de usar o que já existe. No livro “O poder do Menos”, Scott Sonenshein chama isso de mentalidade elástica. É preciso desenvolvê-la!

Para que isso aconteça, Scott ensina uma técnica chamada de fragmentação. Ele diz que é preciso olhar para um recurso e pensar “Ele pode ser dividido em duas ou mais partes?”, depois, “A parte fragmentada implicaria em um novo uso?”. Assim, é possível inovar com os atuais recursos, a mesma coisa que os empreendedores visionários fazem.

Encontre um novo círculo de amizade

A visão do futuro também depende das pessoas com as quais se relaciona. Se estiver envolto por pessoas que pensam apensa no “hoje”, dificilmente conseguirá agir de forma diferente. Lembre-se sempre que, segundo a Sociologia, o homem é o produto do meio em que vive.

Por esse motivo, busque fazer contatos com pessoas que também tenham uma visão do futuro. Converse com empresários, executivos e líderes que estão à frente do seu tempo, que investem em novas tecnologias ou soluções para os problemas que existem.

Benefícios de ter uma visão do futuro bem desenvolvida

Ao longo do texto já foram apresentados alguns dos principais benefícios de ter uma visão do futuro, mas existem outros. Pessoas visionárias são inspiradoras, capazes de influenciar outras na mesma direção e assumir uma posição de liderança.

A realidade é que o mundo tem sido moldado por essas pessoas. Elas antecipam o que está por vir e fazem com que o impossível aconteça. Por isso, chegam ao sucesso!

Um ótimo exemplo foi Steve Jobs, o homem à frente do seu tempo. Em palestra ao grupo de formandos em gestão de negócios da Universidade de Stanford, Jobs disse que sempre que precisava tomar uma decisão importante ele pensada “E se hoje fosse o último dia da minha vida?”. Diante disso, todo medo era simplesmente dissipado.

Pense, também, além do hoje e esteja disposto a colocar isso em prática. Existem inúmeros desafios que podem surgir, mas é preciso superá-los. Pense “e se hoje fosse meu último dia” ou faça o que achar mais conveniente, mas desenvolva sua visão do futuro e torne isso realidade.

Gostou do conteúdo? Aproveite para continuar aprendendo. Leia nosso post:aumentar a produtividade e crescer seu negócio 8 técnicas indispensáveis para aumentar a produtividade e crescer seu negócio. Vamos lá!

comments powered by Disqus