Vendas: As 5 ferramentas que sua empresa PRECISA ter para vender maisideia para abrir um negócio? Talvez já venha alimentando essa ideia há muito tempo, mas ainda não colocou nada em prática.

">

Vendas: As 5 ferramentas que sua empresa PRECISA ter para vender mais

Como 5 simples ferramentas podem fazer GRANDE diferença no desempenho da sua empresa para vender mais

Como você quer que o seu vendedor (que pode ser você) gaste o seu tempo?

Antes, vamos dar um passo para trás: nós falamos tanto sobre Produtividade por aqui que até lançamos um ebook inteiro falando só sobre isso (Produtividade sem Enrolação – download gratuito aqui).

Uma das principais lições sobre produtividade é saber usar o seu precioso tempo para o que realmente faz a diferença, para aquilo que dá mais resultado. No caso de um vendedor isso é ainda mais crítico: todo o tempo que ele gasta com algo não relacionado, são menos vendas que entrarão na conta da sua empresa.

E como a empresa pode ajudar o vendedor a ser mais produtivo?

Simples: incentivando o trabalho inteligente ao invés do trabalho “duro”.

Ao fornecer ferramentas para que ele consiga aproveitar o tempo ao máximo trazendo mais e mais clientes, ele terá mais cartas na manga e não precisará se preocupar com distrações ou problemas estruturais.

As dicas são de ferramentas que vendedores bem preparados podem utilizar para aumentar seu potencial de vendas – se o que você precisa é aprender os fundamentos sobre vendas, recomendo a apresentação Fundamentos de negociação e vendas.

Vamos às ferramentas:

1- Telefone sempre disponível (para fazer e receber chamadas)

Vendedor sem telefone é igual a meio-campista sem a bola: ele pode até se posicionar bem e ajudar, mas só faz a diferença com a bola no pé.

Aqui precisamos levar em contas dois cenários: fazer ligações e receber ligações.

Vendedores precisam de telefones que funcionem SEMPRE, ou seja, se você tiver mais que um vendedor, não faça um esperar o outro usar – essa quebra de ritmo faz o vendedor perder o foco e gastar tempo se preparando novamente.

Ao mesmo tempo, o cliente pode querer retornar uma ligação. Não corra o risco dele encontrar uma linha ocupada – uma central telefônica/PABX virtual resolve facilmente o seu problema.

2- Celular

Muitos vendedores vivem “na rua”, pois precisam visitar clientes – muitas vezes marcam mais de uma visita por dia.

Enquanto ele está fora do escritório, como um potencial cliente entra em contato com ele? Como o vendedor pode fazer um follow-up sem estar no escritório?

Vamos supor então que seu vendedor fica bastante fora, mas que não vende tanto assim por telefone – então ele deve vender por e-mail, certo? O que melhor do que um smartphone para responder e-mails rapidamente?

Recomendação: com certeza um smartphone – e para mim o mais inteligente e funcional é o iPhone.

3- Notebook + Tablet

O pacote notebook é essencial não só para os vendedores que trabalham de casa, mas também para aqueles que trabalham numa padaria ou café no período entre duas visitas.

Já o Tablet (que também pode ser usado para trabalho na rua) é uma ótima ferramenta em reuniões de vendas. Mostrar apresentações, sites ou qualquer outro material num tablet é mais rápido, eficiente e, vamos admitir, elegante.

Recomendação: para notebook nenhuma específica, mas garanta uma boa bateria; para tablet, o iPad não virou sinônimo de categoria à toa, não é?

4- Sistema de E-mail Marketing

Para diversos tipos de produtos e serviços, ter uma lista de e-mails de potenciais clientes para enviar novidades, promoções ou mesmo conteúdo útil (utilizando técnicas de marketing de conteúdo).

Com isso, caímos na escolha: mandar e-mails na mão, sem organização e segurança (e com uma estética sofrível) ou utilizar um bom sistema de e-mail marketing para personalizar os envios e ainda ter métricas para poder melhorar esse trabalho aos poucos?

Não é uma decisão tão difícil assim 😉

Recomendação: a Locaweb tem um ótimo sistema de criação e envios de e-mail marketing – conheça mais aqui.

5- Sistema de gestão, ou pelo menos um CRM

Para gerar uma boa receita de vendas, cada vendedor precisa gerenciar diversos contatos e clientes. Por isso, um sistema de CRM é essencial para que ele consiga acessar facilmente não só os dados de contato, mas também outras informações relevantes sobre aquela pessoa/empresa para uma negociação mais assertiva.

Ao mesmo tempo, empresas mais bem geridas sabem que ter um sistema de gestão mais completo dá um ganho gigante de produtividade e inteligência para o seu negócio.

Isso não significa que você precisa gastar muito ou mesmo ter um grande trabalho: um sistema completo significa ter as funções básicas num lugar centralizado para organizar os processos da sua empresa. Hoje são diversas as opções online e em conta para micro e pequenas empresas.

Conclusão

Mais do que em qualquer outra área, o que se “gasta” em vendas e com vendedores pode ser muito facilmente visto como um “investimento”, afinal, como faturar mais se não investindo para vender mais?

Abraços,
Luiz Piovesana (por vendedores turbinados com as melhores ferramentas)

Obs.: Esse artigo foi patrocinado pela Locaweb. Isso significa que os recomendamos como referência, mas não há influência em nossa linha editorial nem nossa opinião.

Confira como trabalhamos com artigos patrocinados no post Conteúdo útil para empreendedores em primeiro lugar.

p.S.: Crédito da imagem para Shutterstock.