empresario calculando o ticket médio

Ticket médio: O que é e como calcular

Com o ticket médio é possível avaliar o quanto seus clientes estão comprando de você, além de verificar quais produtos geram maior retorno.

Acompanhar métricas de negócio é essencial para qualquer empreendedor que queira ter sucesso.

Até porque, o mundo dos negócios está cada vez mais dinâmico, além de que todos os mercados exigem que as empresas façam um intenso controle da sua operação a fim de validar se suas estratégias estão sendo executadas da melhor maneira possível. Ou seja, é uma questão de sobrevivência.

Saiba também que acompanhar métricas é essencial para saber se as ações da empresa estão dando o resultado esperado, conforme os seus objetivos e metas que foram traçados. Dessa maneira é possível lidar com um cenário em que é possível fazer correções no meio do caminho.

Por isso, preparamos esse post para falar mais sobre uma das métricas de negócio mais importantes: o ticket médio!

O ticket médio não existe a toa! É com ele que é possível avaliar o quanto seus clientes estão comprando de você, além de verificar quais produtos geram um maior retorno.

Ficou interessado em saber mais? Então, acompanhe a leitura conosco.

O que é o ticket médio?

O ticket médio nada mais é do que o valor médio ou a média de compras que cada cliente faz em seu negócio, seja ele em um estabelecimento físico, um serviço que será prestado ou então no ambiente online.

Essa métrica é muito utilizada pelos segmentos de varejo e tecnologia, mas deve ser aplicada em todos os outros, pois a partir dela é possível avaliar as suas ações e planejar como aumentar as suas vendas, obtendo lucros ainda maiores.

Já deu para entender um pouco o quanto essa métrica é importante, não é mesmo? Em resumo, ela abre os olhos do empreendedor e da empresa para o quanto cada cliente está deixando de dinheiro nesse relacionamento.

No próximo tópico, vamos trazer na prática como calculá-lo.

Como calcular o ticket médio?

O ticket médio é uma das métricas de negócios mais fáceis de serem calculadas, por isso você não pode perder a oportunidade de saber como anda a sua empresa nessa questão.

Para calculá-lo, basta pegar o faturamento bruto da empresa em um certo período de tempo e dividi-lo pelo volume de vendas desse tempo. Ou então, ele pode ser calculado a partir da soma total de vendas dividido pelo número de clientes que fizeram compras nesse período.

Então, temos as seguintes fórmulas para calculá-lo:

Ticket Médio = faturamento bruto / volume de vendas

Ou

Ticket Médio = total de vendas em R$ / número de clientes

Para exemplificar, vamos supor a seguinte situação: em 30 dias uma determinada loja realizou R$10.000,00 em vendas. Sendo que esse total foi comprado por 50 clientes.

Então, temos que o ticket médio desses 30 dias será de R$10.000,00 / 50 = R$200,00

Ou seja, nesse caso o ticket médio indica que cada cliente que entrou na loja, gastou em média R$200,00.

Como aumentar o ticket médio?

Um dos benefícios de conhecer o ticket médio do seu negócio é que dessa maneira é possível focar em ações que possam aumentá-lo cada vez mais.

A lógica para buscar isso é simples: cada vez que o negócio consegue vender mais para seus clientes, mais o ticket médio dele aumentará e assim, é possível aumentar o valor das vendas contando com os mesmos clientes que já estão comprando com você e estão fidelizados de alguma maneira. Isso gera mais lucro!

Portanto, seguem algumas dicas rápidas para aumentá-lo:

1. Ofereça uma boa variedade de produtos

Independente do tipo de produto que você esteja vendendo, quanto maior a quantidade de produtos que sejam interessantes para o seu consumidor, maior será a chance de comprarem e levarem aquela “coisinha a mais”.

Saiba também que aumentar o seu mix de produtos, vai ajudar o cliente a encontrar todos os itens que precisa em um único local. Isso poderá deixá-lo tão feliz que pouco se importará de comprar mais do que o planejado.

2. Disponibilize os produtos de forma estratégica

Disponibilizar os produtos de forma estratégica também é uma ótima maneira de aumentar o ticket médio do seu negócio.

Começar uma estratégia nesse sentido não é difícil. Primeiramente, faça um levantamento dos produtos que possuem um maior número de vendas, feito isso, apresente-os de forma que outros produtos, os quais ele não compraria em situações normais, estejam junto.

Dessa maneira, é possível estimular a compra desses outros produtos e elevar o ticket médio do seu negócio. Mas é claro que não basta colocar um “do lado” do outro, é preciso despertar a atenção do cliente e nesse caso vale utilizar a criatividade para construir esse estímulo.

3. Não deixe o cliente esquecer alguns itens

Muitas vezes, o cliente fará compras com o objetivo de comprar um conjunto de produtos. Então, é super válido ajudá-lo a não esquecer todos os itens que precisa.

Essa é uma ótima estratégia que além de aumentar o seu ticket médio, faz com que o consumidor associe a sua empresa como aquela que facilita a sua vida e não deixa esquecê-lo de nada.

Dessa forma, será possível lucrar mais e ainda fidelizar o cliente de forma natural.

Um bom exemplo disso é quando alguém vai comprar coisas para fazer o churrasco em um supermercado. Se o estabelecimento utilizar dessa estratégia, ele vai fazer de tudo para que ele não compre somente a carne, mas também o carvão, o sal grosso, o gelo, a cerveja, os pratos descartáveis, dentre outros itens.

Perceba que a simplicidade desse exemplo representa muito como é possível aumentar o ticket médio do negócio de forma real e sem muito esforço.

Assim como falamos anteriormente, o ticket médio é uma das métricas mais simples de serem calculadas. Então, não deixe de contar com essa informação para fazer com que a sua empresa possa prosperar ainda mais.

Até porque, vivemos em tempos em que as estratégias de inteligência de negócios estão sendo construídas por meio das informações do próprio negócio. Começar a fazer isso com o ticket médio é uma boa escolha.

Agora que você já sabe calcular o ticket médio, entenda o que é Factoring: Entenda o que é e como funciona!