tendências de mobile marketing

Tendências de mobile marketing para 2017

Cada vez mais as pessoas dependem do Smartphone para se manterem informadas. Por isso, se quiser ter sucesso confira algumas dicas de mobile marketing!

Cada vez mais é comum as pessoas dependerem do Smartphone para se manterem informadas e realizarem as suas tarefas. Pensando nisso, as empresas utilizam o marketing online para conseguir chegar a seus consumidores.

Esse tipo de propaganda e relacionamento com o cliente deixou de ser uma opção e passou ser quase que obrigatória para quem quer ser visto. Por isso, se quiser ter sucesso em 2017 confira algumas dicas de mobile marketing para 2017.

Tenha um site adequado para dispositivos móveis

O site que é visitado no computador não é o mesmo que no celular e isso pode causar problemas. É preciso que o site esteja todo adaptado para dispositivos móveis, permitindo que a visualização seja perfeita, sem cortar textos e imagens. Se em 3 segundos as imagens não forem carregadas é bem provável que se desista de acessar o site.

Isso torna a navegação muito mais agradável, sem falar que o tempo para carregar a página será bem menor, não testando a paciência do consumidor. Outro ponto que deve ser pensado é em relação ao login. Se possível, utilize o mesmo das redes sociais, pois isso economiza tempo e evita que seja preciso criar uma conta.

Dessa forma, a probabilidade de uma pessoa desistir de realizar uma compra é muito menor, uma vez que todo o processo foi rápido e agradável.

Tenha um aplicativo intuitivo

Não basta apenas ter uma aplicativo ou site adaptado para o uso mobile, ele deve ser simples. Não é preciso receber nenhuma instrução para conseguir utilizar o aplicativo, apenas com as informações que estão na tela a pessoa já deve conseguir navegar.

Utilize notificações de localização

Se possui uma loja física, não deixe seu cliente passar por ela sem saber. Ao se cadastrar no seu site, ele deve autorizar que seja utilizada a geolocalização. Assim, sempre que estiver se aproximando da sua loja, receberá uma notificação, incentivando-o a entrar.

Essa estratégia se chama geotargeting e resume-se, basicamente, em entregar conteúdo ao usuário conforme sua localização. Isso pode se dar por conta de um anúncio ou até mesmo o resultado de uma busca na internet.

Há empresas que trabalham com isso, como a Inlocomedia, que surgiu como um projeto da faculdade em 2011 e, em 2015, já estava entre as 10 startups mais promissoras do mercado publicitário, de acordo com o Cannes Lions.

A empresa trabalha com anúncios geolocalizados, sendo possível que sua empresa atinja o público certo, mesmo à distância.

Aliado a isso pode ser enviado algum outro incentivo, como um cupom de desconto, aumentando a probabilidade de compra. Se tiver um aplicativo para o seu comércio, não deixe de oferecer ofertas mais atrativas quando ele estiver por perto.

Ofereça o pagamento por celular

São poucas as pessoas que andam com dinheiro ou cartão, mas do celular elas não abrem mão. Então, unir isso a forma de pagamento acaba sendo um grande atrativo e facilita a rotina dessas pessoas.

Pesquise por plataformas que oferecem essa facilidade e implemente no seu negócio, melhorando a experiência de compra. As grandes empresas já perceberam essa necessidade e saíram na frente.

Esteja presente nos aplicativos para smartphone

mobile marketing

Estar presente nos aplicativos passou a ser necessário, então crie uma conta no SnapChat, Facebook, Twitter, Instagram, entre outras. Essa é uma maneira de manter a interação com o público e o aproximar da sua marca.

Entretanto é preciso estar atento ao conteúdo, pois ele não pode ser o mesmo para todos os canais. Cada rede possui as suas características e forma de comunicação, sendo sempre preciso se adaptar a ela.

Como as pessoas acabam passando boa parte do tempo conectadas pelo celular, é necessário que os aplicativos se tornem atrativos. Eles podem aproximar os consumidores e os manterem conectados com a sua marca em qualquer lugar.

Utilize os leads

Ficar adivinhando quem está interessando em seu produto é difícil, porém quando se tem os dados de possíveis clientes, tudo fica mais fácil. Utilize recursos, como a distribuição de ebook grátis, pesquisas, informação e outros meios que permitam captar leads qualificados.

Elas fornecem os dados de forma espontânea e a sua empresa consegue fazer uma contato posteriormente, evitando a perda de tempo com quem não está interessado. Entretanto é preciso realizar um filtro nas informações conseguidas para que não sejam desperdiçadas.

Invista nas lojas mobile

Hoje, boa parte das compras feitas online são realizadas por meio de smartphones. Para tornar esse processo mais simples é preciso ter um aplicativo da loja virtual. É necessário investir nesse setor, garantindo que o usuário tenha uma boa experiência enquanto escolhe os produtos e na hora da compra.

Lembre-se de usar o overdelivering a seu favor e ainda entregar tudo antes do prazo.

Preocupe-se com outros tipos de acesso mobile

Quando se fala em acesso mobile, logo se pensa em smartphones e tabletes, porém, a internet das coisas vem modificando esse cenário. Os smartwatch surgem como uma nova demanda, sendo preciso pensar no público que já adotou essa tecnologia.

Com telas ainda menores, é preciso manter a experiência do consumidor no uso de serviços de comunicação instantânea, possibilidades de compra e de obter informações.

Faça vídeos na vertical

mobile marketing

A maior parte dos aparelhos são usados na vertical e o conteúdo precisa acompanhar essa tendência. Por mais que se possa girar a tela e exibir as imagens em outra posição, nem sempre isso acontece, deixando-a distorcida.

Os vídeos têm ganhado muito espaço na internet por serem mais simples na hora de passar as informações e prenderem mais a atenção. Porém, precisam ter uma boa imagem.

Ao invés de fazer vídeos apenas voltados para os computadores e adaptados para equipamentos móveis, é preciso segmentar. Apesar de em um primeiro momento os vídeos verticais causarem estranhamento, acabam sendo mais bem aceitos pelo público.

Crie aplicativos mais leves

A memória dos aparelhos é uma grande preocupação para os usuários, pois os aplicativos podem ocupar muito espaço e deixar o funcionamento do equipamento lento. Agora é hora de fazer o caminho inverso do que vem sendo feito há algum tempo.

É preciso deixar os aplicativos mais leves, ocupando menos espaço na memória e adicionando a ele novas funcionalidades.

Faça aplicativos úteis

O lançamento de aplicativos cresceu 24% de 2015 para 2016. Isso reforça que a tendência é que as pessoas cada vez mais recorrem a eles. Porém, é necessário que eles tenham alguma utilidade para o consumidor, não apenas ocupar espaço no telefone.

Pense no objetivo que pretende atingir com o app e de que forma ele pode auxiliar o consumidor. Atraia os consumidores, mas, acima de tudo, faça com que eles percebam que o seu app pode resolver problemas.

Invista na pesquisa por voz

Cerca de 20% das pesquisas realizadas no Google por meio de aplicativos móveis são feitas por voz. Por conta disso, o conteúdo deverá ser otimizado para atender essa nova demanda.

Viu como não é tão impossível se adaptar ao mobile marketing em 2017? Então comece agora mesmo e não se esqueça de ficar atento a outras estratégias de marketing que podem ser usadas em conjunto com essas.

Gostou do do conteúdo? Então confira nosso post sobre: Veja como evitar os 5 erros mais comuns do Mobile marketing

 

Artigo produzido por Jeniffer Elaina.