significado das coresO conhecimento sobre o significado das cores ganhou outras esferas nos últimos anos, uma vez que o impacto das tonalidades sobre o comportamento das pessoas passou a ser tratado como algo relevante. Para que você tenha uma ideia:

">

Quais são os significado das cores no seu ambiente de trabalho?

Imagine o quanto as cores podem auxiliar na sua produtividade no ambiente de trabalho? Veja o significado de cada uma delas.

O conhecimento sobre o significado das cores ganhou outras esferas nos últimos anos, uma vez que o impacto das tonalidades sobre o comportamento das pessoas passou a ser tratado como algo relevante. Para que você tenha uma ideia:

Se as cores também influenciam no comportamento do consumidor, imagine o quanto elas podem auxiliar na produtividade no ambiente de trabalho. Para ajudar você nessa compreensão, preparamos este post. Continue a leitura e saiba mais sobre o assunto!

O que é a psicologia das cores?

Trata-se de um estudo que nos ajuda a interpretar o significado de cada cor. Assim temos a chance de compreender aquilo que aguça os nossos sentidos e nos provoca emoções diversas.

Por que o significado das cores é importante?

Dos 5 sentidos, a visão é o que consegue levar a informação mais rapidamente ao cérebro — por isso podemos dizer que os olhos são os nossos sensores, já que eles são os primeiros a identificar os elementos.

Dessa forma, quando selecionamos alguma tonalidade para decorar a casa, aplicar em algum trabalho ou até mesmo na escolha de uma peça de roupa, devemos saber que estamos lidando com algo de estímulo instantâneo.

Portanto, quando conhecemos o sentido fica mais fácil tornar a aplicabilidade favorável aos nossos propósitos.

Como a decoração pode influenciar no trabalho?

As cores estão ligadas à área cognitiva, portanto, a escolha por essa ou aquela pode estimular ou desestimular os seus colaboradores.

Um ambiente colorido na medida certa passa uma impressão positiva, posiciona a identidade visual e ainda melhora a capacidade de percepção das pessoas.

É normal que os projetos de escritórios foquem mais na iluminação e nas projeções espaciais, no entanto, uma cor empregada incorretamente tende a interferir no desempenho de toda a equipe.

Só para ilustrar o que estamos dizendo, os tons mais quentes como vermelho e laranja tendem a dar a ideia de que o tempo passa devagar.

Ao trocar pelas tonalidades frias como o cinza, a sensação é a das horas estarem estagnadas, pois a impressão é a de uma passagem ainda mais lenta.

Se no marketing os especialistas utilizam as cores como estratégia de posicionamento e vendas, no ambiente empresarial elas podem ser usadas para estimular a produtividade, a criatividade e a harmonia entre os colaboradores. Veja a influência de algumas cores:

Libere o otimismo com o amarelo

O tom é indicado para ambientes frios e com iluminação é restrita, pois a cor é capaz de promover esperança, conhecimento, claridade, relaxamento e receptividade. Além disso, pode provocar a imaginação, proporcionar mais alegria e melhorar a atenção em relação aos detalhes.

Aplicado nas paredes, nos tapetes ou em objetos menores, o amarelo não passa despercebido, por isso é uma cor apropriada quando esperamos um desempenho significativo, concentração e negociações objetivas.

Da mesma forma que os aspectos positivos são considerados, essa tonalidade também é muito usada para demarcar situações de perigo, cansaço, traição, doença, covardia e angústia.

Ou seja, é sempre bom manter o equilíbrio na utilização a fim de não despertar sensações negativas.

Promova a cooperação com o verde

É normal a gente associar essa tonalidade à esperança porque ela passa uma ideia de proteção. O verde é uma cor mais crua e fria, sendo assim é ideal para espaços com pouca ventilação.

A energia emanada desse tom gera mais adaptabilidade, participação, cooperação e generosidade. É a pigmentação que abre as portas para o raciocínio, intensifica as emoções e a compreensão.

Se você espera provocar sensações de segurança, harmonia, liberdade e equilíbrio, essa é a cor ideal.

Mas vá com calma! Em excesso, o efeito do verde é de relaxamento, sonolência, irritabilidade e cansaço.

Desperte a motivação com o vermelho

Tudo que é usado ou praticado além do normal provoca desequilíbrios. Nesse caso, manter a harmonia entre os elementos é o segredo.

Você pode até ter um pouco de receio em relação ao vermelho, mas essa cor, quando aplicada na medida certa, gera mais vontade, persistência, força, gratidão, afetuosidade e perdão.

O vermelho é um grande estimulante e também motivador, por isso é recomendado quando desejamos despertar a competitividade, melhorar a atenção e a energia. Nas doses corretas, você evita a inquietação, a agressividade e a violência.

Trabalhe a confiança com o azul

A força desse tom flui com naturalidade e provoca mais admiração entre as pessoas. É uma cor serena que pode ser interpretada como paz, segurança, honestidade, lealdade, unidade, sinceridade, calma, tradição e independência.

Só evite o excesso porque mesmo sem ser uma cor ameaçadora, a sua ação contribui para as sensações de solidão e depressão.

Combata o cansaço com o laranja

Essa tonalidade é perfeita para os ambientes frios e úmidos porque revigora, estimula e é antidepressiva. É a cor da alegria, da amizade, do entusiasmo, do otimismo, do senso de humor, do dinamismo, da coragem e do zelo.

Normalmente as marcas buscam esse tipo de associação pelo fato da cor transparecer a jovialidade e a criatividade. Use-a na medida certa para evitar excitações demasiadas.

Saiba quais tons devem ser evitados

Vimos que as cores geram um impacto significativo no comportamento, e por isso a aplicação delas deve feita com conhecimento de causa.

Se você usar o amarelo, o laranja e o azul, além do equilíbrio, certamente isso vai impactar na percepção da sua equipe.

O preto, por exemplo, promove a ideia de autoridade, ostentação e luxo. Porém, também remete à negação de luz, morte e penitência.

Contudo, dizer que essa ou aquela tonalidade não é adequada para o ambiente de trabalho é o mesmo que negar os benefícios gerados por elas. Afinal, é importante considerar a proposta, pois nem todas as empresas seguem o mesmo formato.

Para evitar contratempos e percepções negativas, o ideal é buscar a ajuda de um profissional. O especialista é capaz de desenhar o espaço de forma harmoniosa e aproveitar os benefícios de cada cor.

O lado positivo de compreender o significado das cores está ligado ao fato de você poder corrigir ou promover determinadas ações. É o tipo de conhecimento que coloca você à frente da concorrência e ainda transforma os membros da sua equipe em verdadeiros colaboradores.

Agora que você está por dentro da psicologia das cores, conheça algumas dicas para melhorar a comunicação com o cliente!