segmentação de mercado eficiente: multidão de pessoas!

4 dicas para obter uma segmentação de mercado eficiente

Obter lucratividade é o desejo de toda empresa. Não é mesmo? Veja como fazer uma segmentação de mercado eficiente pode ser primordial para alcançar os objetivos da empresa!

Obter lucratividade é o desejo de toda empresa. Para alcançá-lo, são necessários investimentos na qualidade do produto, estudar a logística de entrega, contratar bons colaboradores etc. No entanto, muitos empresários se esquecem de pensar em algo primordial: a segmentação de mercado.

Para que você descubra a importância da segmentação de mercado vamos lhe mostrar 4 vantagens que ela gera à empresa, mas antes vamos explicar o que é segmentação.

Podemos resumir a segmentação de mercado como uma estratégia de conhecimento do cliente. Isso é importante porque nem todas as pessoas serão clientes da sua empresa.

Quando você dedica tempo e recursos para descobrir qual camada da população pode se tornar freguês, os investimentos em marketing, publicidade e logística, por exemplo, ficam mais certeiros, o que aumenta a lucratividade e diminui gastos.

Mas como fazer uma segmentação de mercado eficiente?

1. Divida seu público geograficamente

A região onde o consumidor vive pode definir seu comportamento de consumo. Questões como o clima influenciam muito os hábitos do consumidor.

Imagine uma fábrica de sorvetes no Sul do Brasil, onde as temperaturas chegam a números negativos no inverno. Esse tipo de situação exige uma estratégia diferente do que a adotada em regiões mais quentes como o Norte e o Nordeste do país.

Por isso, dê valor a essa informação, porque ela também será útil na hora de traçar as estratégias de entrega de produtos e para definir metas de marketing, por exemplo.

2. Divida seu público demograficamente

Saiba quais são as características demográficas do seu público-alvo, como a religião, o sexo, a renda média e a idade. Essas informações serão cruciais para definir o preço e entender como deve ser feita a comunicação com o cliente.

Imagine que você descubra que seu público possui um perfil conservador. Traçar uma campanha de comunicação com uma linguagem mais liberal pode trazer prejuízos à empresa.

3. Divida seu público por critérios socioeconômicos

Durante os estudos de pré-lançamento do produto você percebeu que uma parcela da população tem interesse em adquiri-lo mas não tem dinheiro suficiente. A segmentação de mercado lhe apresentou um novo nicho, que pode aumentar o lucro da sua empresa. Nesse caso, uma possibilidade seria fazer uma versão mais barata do produto final, algo que satisfaça o cliente e que ele possa adquirir.

Claro que o objetivo desse exemplo é apenas mostrar que quando segmentamos o mercado por questões econômicas percebemos qual é o poder — e o objetivo — de compra de uma camada populacional. Essa informação pode revelar um novo mercado ou fazer com que a empresa reinvente sua estratégia do zero para conseguir atingir o público desejado.

4. Divida seu público por aspectos psicológicos

Entender o perfil psicológico do consumidor é fundamental na segmentação de mercado eficiente. Algumas pessoas compram porque precisam do produto, outras por razões emocionais. Percebemos isso em datas especiais, como o Dia dos Namorados.

Pessoas que vivem na mesma região e que têm o mesmo poder de compra podem apresentar razões emocionais completamente diferentes para comprar o mesmo produto.

Realizar uma segmentação de mercado eficiente exige paciência para analisar dados, criar questionários e, dependendo do caso, interagir com profissionais especializados nessa área.

Dados demográficos, geográficos e socioeconômicos podem ser obtidos gerando e analisando leads, por exemplo.

Gostou das nossas dicas? Então que tal aprender como abrir um negócio, mesmo com pouco dinheiro?