Review de produto: Loja virtual

Caro(a) leitor(a),

Tenho uma confissão a fazer.

Apesar de ser co-fundador de uma das empresas de internet mais maneiras do universo e já ter tido vários sites desde os 13 anos, eu não sei programar. Absolutamente tudo que eu coloquei na internet teve auxílio de alguma ferramenta ou a grande ajuda do meu sócio Mauro Ribeiro; programador, designer, ninja e meu freguês no video-game.

Ultimamente, como Mauro anda muito ocupado, decidi testar uma nova ferramenta e elevar meu grau de ninjisse* na internet: a criação de uma loja virtual pela TrayCommerce da Locaweb.

*ninjisse: característica de uma pessoa que a torna ninja; sinistra; aprendiz de Chuck Norris

[![Como criar uma loja virtual](http://files.saiadolugar.com.br/uploads/2011/04/Como-criar-uma-loja-virtual.jpg "Como criar uma loja virtual")](http://saiadolugar.com.br/marketing/review-de-produto-loja-virtual-da-locaweb/attachment/como-criar-uma-loja-virtual/)Eu criando uma loja virtual (e conseguindo!)
**Facilidade e rapidez na criação da loja **Por conhecer diversas ferramentas pra criação de sites, eu sabia que colocar a página no ar não seria muito difícil. Hoje em dia templates prontos e gerenciadores de conteúdo facilitam muito a vida. Mas o que me surpreendeu foi a facilidade na integração com sistemas de pagamento.

Quem já tentou aceitar pagamentos pela internet sabe a dor de cabeça que se passa com homologação, desenvolvimento de protocolos de segurança, contrato com bancos e operadoras de cartão, etc. Na loja virtual que criei, simplesmente identifiquei minha conta no PayPal (eles também aceitam Moip, PagSeguro e diversos outros) e como diria o Beakman:* Barabin, barabum e pronto!* Minha loja estava no ar, aceitando pagamentos!

**Dicas para otimizar o site no Google
**Modéstia a parte, mas eu tenho as manhas de otimizar um site pro Google. Não é a toa que o Saia do Lugar tem posicionamento muito bom pra palavras-chave como: o que é liderança, características do empreendedor e ideias inovadoras.

Justamente por isso que uma das coisas que mais me chamou atenção foi a simplicidade que a loja permite a otimização do site, inclusive dando dicas sobre como deixar o conteúdo mais atrativo pro nosso amigo Google.

**Integração com compra de domínio
**Convenhamos que ter o endereço sualoja.webstorelw.com.br é legal, mas não é a melhor coisa do mundo. Por isso o sistema da Locaweb já tem a opção pra você comprar o domínio www.nomedasualoja.com.br e integrar na loja. Pra quem não sabe, um domínio próprio custa algo em torno de R$30 por ano.

Sim, por ano, só isso!

**Diversos canais de atendimento
**Como entusiasta e defensor ferrenho do bom atendimento, não podia deixar de prestar atenção nessa parte.

Apesar de achar que eles podiam liberar a loja mesmo sem a confirmação do pagamento (um boleto leva em torno de 24 h pra ser confirmado), gostei bastante do fato de serem disponibilizadas diversas possibilidades de atendimento (chat online, e-mail, fórum de discussão, wiki, videoteca, etc.).

Realmente senti que se precisasse de alguma coisa, teria alguém do outro lado pra me dar uma mãozinha.

**Conclusão
**Não conheço todas as ferramentas disponíveis no mercado pra emitir uma opinião absoluta, se é que existe isso, mas tive uma excelente primeira impressão do produto. Inclusive, estamos estudando formas de facilitar a venda dos produtos da Empreendemia e muito provavelmente integraremos a loja virtual com a rede, pra facilitar gerenciamento do portfólio de produtos e organização dos sistemas de pagamento.

Se você quer uma forma rápida e simples de colocar seus produtos na internet e não pode contar com Mauro pra te ajudar, vale muito a pena conferir a TrayCommerce da Locaweb. Clique aqui para mais informações sobre esta ferramenta de loja virtual.

Abraços,
Millor Machado (ninja da internet, mesmo sem saber programar)

Obs.: Esse artigo foi patrocinado pela Locaweb. Isso significa que recomendamos seu sistema de loja virtual como um exemplo, mas não há interferência na nossa linha editorial, muito menos na nossa opinião. Confira nossa forma de trabalhar com posts patrocinados no artigo Conteúdo útil para empreendedores em primeiro lugar.

comments powered by Disqus